Guia da Semana

Ampliando o leque

Cursos emergentes de graduação abrem oportunidades para jovens

Fotos: Getty Images

Ser desbravador é uma das características de quem quer cursar carreiras emergentes

As provas do vestibular 2010 já estão marcadas e ainda tem muita gente em dúvida sobre a carreira escolhida. Direito, medicina, administração? Essas escolhas mais tradicionais não dizem nada para vários jovens atraídos por cursos emergentes.

"Sempre quis fazer algo diferente, e na hora da escolha, fiquei em dúvida entre nutrição, marketing e publicidade, as mais comentadas pelas minhas amigas. Uma professora de inglês falou comigo da quiropraxia. Resolvi conhecer mais e me apaixonei", diz Eliana Soares, de 23 anos, aluna do 8º período do curso na Universidade Anhembi Morumbi.

O curso é um dos mais novos reconhecidos pelo MEC e tem tido grande procura por jovens em busca de áreas profissionais emergentes. Além dessa prática médica, obstetrícia, gerontologia e comunicação das artes do corpo são outras. Entre as engenharias, a ambiental e de energia se destacam.

Para Valéria Linard, professora supervisora de aconselhamento profissional da Clínica-Escola da Universidade São Judas, a divulgação na mídia, novas tecnologias e possibilidade direta de inserção no mercado são os principais atrativos desses cursos. "Por serem áreas novas, os jovens não vêem saturação. Já nos cursos tradicionais como medicina e direito, a percepção deles mostra que ter os pais ou um parente direto já nesses ramos ajuda e muito" .


O quiropraxista vai trabalhar a saúde a partir de ajustes na coluna vertebral

Questão de perfil
Por serem recentes, seja como demanda de mercado ou como campo de conhecimento, as novas carreiras acham a atenção de jovens com perfil mais desbravador. Ter essa consciência é fundamental. "Optar por uma profissão diferente é um desafio, pois tem de explicar para todo mundo, dar satisfação. Por outro lado, o jovem está abrindo fronteiras e colocando o seu nome nessas carreiras", destaca Ana Paula Faccinato, coordenadora do curso de quiropraxia.

E foi exatamente assim para Eliana. "A maior dificuldade foi falar com o pai. Para isso, estudei, fiz contato com a coordenação do curso e com uma colega via rede social para saber bem sobre a carreira e explicar a ele", comenta a aluna.

Questões como retorno financeiro e sucesso são outros pontos sempre presentes na cabeça dos jovens na hora da escolha. A segmentação de mercado, típica nessas carreiras emergentes, é um facilitador. "Aproveitar essas oportunidades dão maior possibilidade de abrir campo no mercado profissional", destaca a coordenadora Ana Paula.

Ao mesmo tempo, muitos profissionais questionam a tendência quando a acham excessiva. "A especialidade é importante por conta da demanda da sociedade. No entanto, ter o conhecimento-base é importante para dar as respostas diante dos desafios profissionais. A tendência é a segmentação, mas é imprescindível o conhecimento do todo de campo de atuação", destaca a psicóloga Valéria Linard.


Engenharia de Energia é uma das carreiras emergentes entre os jovens

Independente da carreira, conhecer a si mesmo, entender as habilidades exigidas pela profissão e saber o tipo de vida que se quer no futuro são as questões centrais para a escolha. Saber das exigências de inscrições em conselhos profissionais e reconhecimento dos cursos pelo Ministério da Educação também é uma forma de saber dos reais campos de trabalho da profissão. Saiba mais sobre elas.

Obstetrícia:
Recentemente reformulado para ampliação das competências, o curso de obstetrícia capacita o formando a acompanhar todo o período da gestação até os 40 dias após o nascimento do bebê. A formação inclui noções em enfermagem e desenvolvimento psicológico.

Duração: mínimo de quatro anos e meio
Locais de trabalho: hospitais-maternidade, ambulatórios, consultórios, postos de saúde e até diretamente nas residências.
Quem oferece: USP (SP)

Quiropraxia:
A cura do corpo a partir da coluna e pelas mãos. Essa é a proposta dessa técnica médica, reconhecida como curso de graduação desde 2007. Ao contrário do fisioterapeuta, o quiropraxista não trabalha com reabilitação, mas sim com ajustes nas terminações do sistema neuro-musculo-esquelético.

Duração: mínima de quatro anos e meio
Locais de trabalho: clínicas especializadas
Quem oferece: Universidade Anhembi Morumbi (SP) e FEEVALE (RS)

Comunicação das artes do corpo:

Apesar de pouco conhecido, o curso já possui mais de 10 anos de existência. Seu diferencial é propor o cruzamento das artes com a comunicação, utilizando o corpo como suporte. Ao final da graduação, o profissional está apto a realizar associações teórico-práticas e projetos nas habilitações dança, teatro e performance.

Duração: mínima de quatro anos
Locais de trabalho: escolas de dança, teatros e instituições de pesquisa e ensino em dança e teatro
Quem oferece: PUC-SP (SP)

Engenharia de Energia e Ambiental:
Ambos cursos vão trabalhar com os recursos naturais, propondo adequações e formas mais inteligentes de aproveitá-los em prol do projeto e da sociedade. Enquanto o engenheiro ambiental trabalhará com sistemas para o processamento de resíduos (como esgotos, lixo, resíduos industriais), aproveitamento e conservação de recursos naturais. Já o curso de Engenharia de Energia, o trabalho é mais direto com tecnologias dirigidas à conversão de energias renováveis (hídrica, eólica) e não-renováveis (petróleo, carvão, entre outras) .

Duração: mínima de cinco anos
Locais de trabalho: de grandes a pequenas empresas, sejam públicas ou privadas
Quem oferece: UnB (Brasília); UFPE (PE); Fumec (MG); Uergs (RS); Federal do ABC (SP) entre outras

Atualizado em 25 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte