Guia da Semana

As princesas de hoje

Elas estudaram e trabalharam antes de fazer parte da realeza - mas o relacionamento delas com os súditos continua o mesmo

Foto: AFP


Você já deve ter ouvido falar da nova princesa do Reino Unido, a plebeia Kate, que se tornou uma princesa ao se casar com o príncipe William. Ela poderá, inclusive, vir a ser rainha. Neste mês, não vou falar só dela, mas das princesas e rainhas jovens que temos hoje. Também dos príncipes com quem elas se casaram.   

O casamento foi televisionado para o mundo inteiro. Só se falou nos vestidos, cerimônia, e outras atrações. Até leitores labiais foram contratados para saber o que os noivos e os convidados estavam falando entre si.

Eu quero conversar com você sobre as mulheres que estão por trás dessas roupas lindas e maquiagem. Todas estudaram. Eram profissionais antes de casar. Aí, você pode se perguntar: onde ficam as histórias de casamentos com príncipes? Afinal, casar com um príncipe quer dizer que não precisaremos trabalhar mais? Não. Hoje os contos de fadas mudaram e as mulheres mudaram de atitude.

As necessidades da vida moderna exigiram uma adaptação de todos. Mesmo as princesas precisam continuar a trabalhar depois de casadas. Por serem assediadas pela mídia, elas precisam sempre estar sorridentes. A curiosidade das pessoas sobre a vida delas é muito grande. Querem saber: "O que pensam? Como agem? Como se relacionam? Onde vão?"

John Kennedy Jr., quando era recém-casado, saiu para passear com o cachorro e a esposa no Central Park. O casal teve uma discussão e tinha um fotógrafo observando. Uma discussão que poderia ter passado despercebida virou notícia por se tratar de um casal famoso - e a cerimônia do casamento deles foi escondida para evitar o assédio de jornalistas e curiosos. 

Podemos transferir essa ideia para a nossa vida. O conto de fadas deu lugar a pessoas com defeitos e qualidades. Os relacionamentos das histórias deram lugar a relacionamentos como de todos nós. Com altos e baixos.

Todo o luxo traz também responsabilidade. Isto quer dizer que elas também têm responsabilidade de estar sempre bem. Elas não podem ter nenhum tipo de comportamento que dê margem a qualquer fofoca. Por isso que estas pessoas são bem treinadas.

Fomos criados para acreditar que, na hora que conhecermos o homem ou a mulher certos, tudo se resolverá. Na verdade, não é bem assim que acontece. Todos os relacionamentos precisam ser trabalhados, mesmo tendo príncipes e princesas envolvidos.

Precisamos ter vida própria para que, depois, possamos criar um relacionamento com alguém. Pense nisso quando vierem te contar sobre os casos dos outros.  Todas essas pessoas que estão muito na mídia pagam um preço que nós não percebemos e não vemos - e que pode ser muito caro.  


Leia as colunas anteriores de Betina Serson:

Redes sociais

O relacionamento acabou...

Um novo começo de ano...

Quem é a colunista: Betina Serson.

O que faz: Psicopedagoga.

Pecado gastronômico: Adorar chocolate.

Melhor lugar do mundo: Minha casa com chocolate e assistindo um DVD que eu gosto.

O que está ouvindo no carro, rádio, mp3: Musicas do Glee.

Fale com ela: betinaserson@yahoo.com

        


             
     

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte