Guia da Semana

Batalha épica

Para os amantes de games, StarCraft II: Wings of Liberty já está em terras brasileiras

Foto: Reprodução

Acabou a espera por um dos jogos mais aguardados dos últimos anos. Na última semana, foi lançado mundialmente o game de estratégia em tempo real, StarCraft II: Wings of Liberty. Para o Brasil, o fato é ainda mais relevante, já que o produto marca a chegada oficial da Blizzard Entertainment, de World of Warcraft e Diablo, por essas bandas.

O lançamento movimentou várias regiões do mundo, como Paris, Moscou e Seul, que abriram lojas de madrugada para vender o game. Aqui no Brasil, São Paulo, Curitiba e Campo Grande também entraram no esquema e abriram suas lojas no meio da noite para a venda do game.

Wings of Liberty é a sequência para o sucesso de 1998 da Blizzard, StarCraft, considerado como um dos melhores jogos de estratégia de todos os tempos. No título, o centro de batalha desenrola-se entre as raças protoss, terrano e zerg, cada lado com legiões de novos tipos de unidades.

Antes de mais nada, para jogar o produto, é necessário criar uma conta no site do jogo, na rede on-line daBlizzard. Por isso, é obrigatória a conexão com a internet. Assim como o game, o site foi traduzido para o português.

A jogabilidade do game pode ser vista como um jogo de xadrez. O mapa de ação é o tabuleiro e o jogador precisa pensar rapidamente em uma estratégia para derrotar as tropas adversárias. Para criar soldados e médicos, por exemplo, é necessário ter fontes de alimento para determinada quantidade de guerreiros. Tudo funciona de forma eficaz e divertida.

No início, é de se estranhar um pouco a dublagem em português, com frases repetitivas como "Tá afim de treta moleque?" ou "Quem quer levar porrada". No final, se acostuma. O que ficou devendo mesmo são os gráficos. As cenas de animação poderiam ser melhores desenvolvidas para a geração atual.

StarCraft II: Wings of Liberty tem uma trama densa, bem entrelaçada e divertida ao máximo. Em algumas ocasiões, também é possível jogar fliperama, por exemplo, em uma aventura de naves espaciais. Por tudo isso, o game deverá se tornar um épico e é altamente recomendado.

Game: StarCraft II: Wings of Liberty
Preço: R$ 49 (com direito a 180 dias de jogo)
Gênero: Estratégia
Empresa: Blizzard
Plataformas: PC e Mac
Dica: O segredo da vitória está na velocidade dos cliques no mouse e no equilíbrio das tropas. Ao atacar com exterminadores ou soldados, por exemplo, é necessário ter  médicos para curar os machucados.

Avaliação
Gráfico: Bom
Som: Bom
Jogabilidade: Ótimo
Diversão: Ótimo
Inovação: Bom

Leia as colunas anteriores de Diego Guichard:

Sempre Super

Última geração

Copa do mundo virtual

Quem é o colunista: Diego Guichard.

O que faz: Colunista de games de Zero Hora, A Notícia e clicRBS. Jornalista do clicEsportes.

Pecado Gastronômico: Viciado em Sushi e Coca-Cola.

Melhor lugar do mundo: O aconchego do lar, sempre conectado. Mas todo ano, sempre separo finais de semana para a Serra Gaúcha.

Fale com ele: diego.guichard@zerohora.com.br Twitter: @diegoguichard. Ou acesse seus blogs:  Canal dos Games ou Zerohora 

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte