Guia da Semana

Bicho pra que te quero!

Ter um animal de estimação pode dar trabalho, mas também é um presente diário, um amor incondicional que não tem preço



Energia pura! É assim que classifico todo e qualquer animal de estimação. Não há quem resista a um filhotinho, peludinho e brincalhão. Mesmo porque, quando este crescer, com certeza, irá mudar sua vida!

Sim, os animais modificam humores, ensinam a arte de ser companheiro, amigo, de dar amor, carinho, atenção e, principalmente, ensinam a cuidar de alguém. Esteja certo de que ao adquirir um animal de estimação, você deve estar disposto a cuidar desse bichinho, pois todos eles, sem exceção, exigem de cuidados específicos.

O cão, por exemplo, é super dependente do dono, no caso você! Ele precisa, além de ser alimentado, penteado, banhado, sair para passear pelo menos duas vezes ao dia se você morar em apartamento, implora por afagos, brincadeiras etc. Fique sabendo que seu tempo diário no computador ou no vídeo game começa a diminuir aqui, a partir do momento que você opta por ter um companheiro animal.

Neste momento começa também a, digamos, perseguição dos pais pela sua responsabilidade para com o animal escolhido. "João, já levou o Totó pra passear? Não esquece a sacolinha para recolher o cocô hein!" É, vai ter que aturar. E, mais que isso, vai ter que obedecer. Eu aviso que ter um animal dava trabalho! Mas, qualquer esforço vale a pena, acredite! A troca de sentimentos, emoções e aprendizados que um animal pode nos dar é infinita.

Agora, convencer pai e mãe de ter um animal é um assunto a parte. Sem dúvida, o maior medo deles é de que a responsabilidade sobre o bichinho sobre, pelo menos, para um deles. Assim, fica mais fácil dizer "não". E tem a outra parte que envolve o financeiro, claro, comprar ração, acessórios, veterinário, vacinas em dia, cuidados com a higiene, não é barato não.

Bom, além de disposto a ter um bicho e cuidar dele, você precisa mostrar confiança aos seus pais. Mostrar que você é um adolescente maduro, responsável, que não pode arcar com todas as despesas, mas que promete dar o melhor de si para cuidar diretinho do animal, sem reclamar das partes chatas (limpar cocô, dar banho, pentear, levar ao veterinário etc).

Aqui em casa, por exemplo, as tarefas são divididas. Moro com a minha mãe e tenho cinco gatos e um cão. Todos castrados, para que não saiam por aí aumentando a população, vacinados e deliciosos. Desculpem pelo ´deliciosos´, mas sou completamente apaixonada por todos eles! Voltando, minha mãe paga a ração dos gatos e pedrinhas que eles utilizam como banheiro e eu pago tudo o que é do cachorro. É, os que latem dão muito mais prejuízo do que os que miam. Mas, procuramos dividir as despesas... E os cuidados também.

Eu dou banho no cachorro, limpo a bandeja de pedrinhas e alimento os gatos que dormem no meu quarto. Já minha mãe, quase sempre, é quem passeia com o cão, troca a água diariamente, e também limpa a bandeja e alimenta os gatos que dormem com ela. Aqui só o cachorro não dorme na cama, mas olha que foi por pouco, talvez tenha faltado estratégia. Ah, os afagos dos nossos vira-latas nós dividimos, às vezes até brigamos por eles. Essa é a parte mais gostosa!

Uma outra coisa que considero importante. Sei que aquele cachorro peludo, com pedigree, todo perfeitinho, que custa R$ 2.000,00 é muito mais bonito que o vira-lata colorido que apareceu na sua rua, mas... Se você tiver condições, adote um animal de rua. Eles são triplamente especiais! E se sua casa for pequena e não puder ter mais de um animal, mas já estiver na energia do "mais um, mais um", procure uma ONG de apoio, você pode ajudar sendo padrinho ou madrinha de um bichinho, indo visitar, dando atenção etc. Bom, mas isso é assunto para uma outra coluna.

Ah, se você leitor precisar de outras dicas ou quiser conversar sobre como é ter cães e gatos, pode me chamar! Lambeijos =^..^=

Para saber muito mais:
? Cobasi
? Pet Center Marginal
? Adote um Gatinho
? Vira-Lata é DEZ
? Projeto Cel
? Bicho no Parque

Leia também:

? Limpando a Alma

? Ciúme além do amor

? Nós temos a força!



Quem é a colunista: Tatiana Carboni

O que faz: Jornalista, Diretora da C+L Comunicação em Negócios e apaixonada por gatos.

Pecado gastronômico: Massas, Mc Donald´s e Io-Iô Cream (nossa, que gorda!)

Melhor lugar do Brasil: Minha cama, seja onde ela estiver, com meus dois gatos - Elga Maria e Bred Pit Augusto. Confesso que gostaria que minha cama estivesse em algum lugar entre Recife, Fortaleza e Salvador.

Fale com ela: tatianacarboni@gmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte