Guia da Semana

Brincadeira é coisa séria

Sozinha ou em grupo, a criança precisa brincar para se conhecer e aprender a se socializar

Foto: Getty Images


Brincadeira para criança é lição de casa! É nesse mundo do faz de conta e da imaginação que os pequenos experimentarão o mundo. No início, o bebê brinca sozinho, coloca a mão na boca, pega o pezinho e explora o seu próprio corpo, até mesmo para se conhecer melhor. Nessa fase, os pais devem massagear e brincar bastante com o filhote.

Conforme a criança cresce, ela precisa de mais informação, e nada melhor do que brincar com um amiguinho e se socializar. Claro que, no início, as crianças podem se estranhar na hora de dividir um brinquedo. É nesse momento que trabalhamos esse conceito de grupo. Só o fato das crianças estarem em um mesmo ambiente, mesmo não sabendo brincar juntas, é importante. Logo elas passarão essa fase e a troca na brincadeira será aprendizado e diversão.

É no brincar em grupo que a criança aprenderá melhor e se estimulará mais. Crescerá emocionalmente aprendendo a lidar com as frustrações, aprenderá regras e ajudará a se organizar para buscar soluções. Dividindo um mesmo espaço, a criança aprende a interagir com o outro, a ganhar e perder. Desafia seus limites, trabalha com o corpo estimulando a coordenação motora, corre, pula e sente-se mais motivada e confiante.

Vale lembrar que cada faixa etária tem interesses diferentes no brincar. Portanto, misturar os maiores com os pequenos pode não dar certo. O ideal é que sejam de idade próxima e que aprendam juntos os desafios da brincadeira.

Cada vez menos as crianças têm tempo para brincar. São tantas as atividades impostas pelos pais que o brincar, o melhor estímulo e mais saudável, tem ficado em segundo plano. Claro que fazemos isso pensando ser o melhor para elas, tentamos preparar as crianças para serem futuros adultos, mas nos esquecemos que os princípios da brincadeira também são uma forma de educar esse pequeno cidadão.

Que tal deixar o seu filho convidar alguns amiguinhos para brincar no quintal da sua casa? Faça um lanchinho gostoso e se divirta assistindo o seu pequeno, ou melhor, participe e volte a ser criança também!

Leia as colunas anteriores de Denise Gurgel:

Interação mãe-filho


Filho de peixe, peixinho é

Boa Noite!


Quem é a colunista: Denise Gurgel.

O que faz: Fisioterapeuta atuante na área materno-infantil e especialista em shantala

Pecado gastronômico: Pães - todos os tipos, formas e sabores!

Melhor lugar do Brasil: Parece clichê, mas é a minha casa.

Fale com ela: contato@cursoshantala.com.br ou acesse seu site.


Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte