Guia da Semana

Brincar também é educar!

Saiba como uma simples brincadeira pode ser útil para a educação das crianças

Foto: Getty Images


O que é brincadeira? Brincadeira é a ação de brincar, de entreter, de distrair ( Wikipédia). Para favorecer a brincadeira, os pais devem oferecer um entorno rico à criança, no qual ela possa testar suas habilidades físicas, motoras, cognitivas, aprender regras, buscar soluções, despertar curiosidade, criatividade e motivação.

Dessa forma, o sistema de busca cerebral desenvolverá ideias e potencialidades de forma criativa. A partir do momento em que o sistema de busca do cérebro da criança é explorado na criatividade de uma brincadeira, num outro momento o cérebro fará o caminho sozinho e descobrirá novas formas.

A pergunta é: como buscar essa forma, se as brincadeiras limitam-se ao computador e à TV? Para mudar esse hábito, você deve participar, por meio de brincadeiras nas quais a criança possa se explorar, explorar o ambiente e usar a criatividade. Muitos brinquedos não exigem do sistema de busca da criança, pois ela já sabe a resposta!

Para criar esse entorno rico, não é necessário gastar, há formas caseiras. Veja algumas dicas simples, que não só ajudarão os pequenos, como também a proximidade deles com os pais!

- Regar o jardim, lavar o carro ou o quintal juntos, pode se tornar uma brincadeira estimulante. Objetos simples de casa, como lençol, caixa de sapato vazia e cadeiras, podem se tornar um tanque de guerra ou uma casinha. Um regador faz a chuva, o pote plástico é o barco, enfim basta deixar a fantasia tomar conta da brincadeira e permitir que a criança construa;

- Estimule o acesso da criança à natureza, chuva (claro que com proteção), árvores, plantas, flores, areia, grama, de forma que ela possa interagir com o meio;

- Contar histórias no qual um vai acrescentando uma informação, e depois o outro. Dessa forma, estimula-se a ideia e a história ganha estrutura. Os temas podem ser variados, como uma visita a uma fazenda, ou os pais podem até mesmo usar temas que desejam abordar/inserir no cotidiano da criança;

- Fazer desenho livre é uma ótima forma de usar a imaginação.

Os pais também devem prestar atenção, pois muitas vezes inibem o sistema de busca da criança. Veja alguns exemplos:

- Dar bronca no momento da brincadeira, porque a criança está fazendo barulho, correndo pela casa e espalhando brinquedos, ou simplesmente ser censurá-la por não estar brincando da forma que você acha que seria a "correta" poderá inibir o desejo de inventar e explorar;

- Muitas vezes, a criança possui inúmeras atividades durante o dia (escola, inglês, natação, aula de violão...) menos brincadeira = diversão;

- Usar a televisão como babá, permitindo que seja fonte de diversão. Uma pesquisa revela que as crianças passam, em média, 21 horas semanais em frente à TV, e só 38 minutos de tempo de qualidade com seus pais.

Permita-se e deixe a espontaneidade tomar conta da brincadeira!


Quem é a colunista: Denise Gurgel.

O que faz: Fisioterapeuta atuante na área materno-infantil e especialista em Shantala

Pecado gastronômico: Pães, todos os tipos, formas e sabores!

Melhor lugar do Brasil: Parece clichê, mas é a minha casa!.

Fale com ela: contato@cursoshantala.com.br

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte