Guia da Semana

Caminho para a faculdade

Com objetivo de diminuir a decoreba e democratizar as provas do vestibular, o MEC passa a apostar no Enem como processo seletivo para cursos superiores



Fórmulas, equações, gramática, história... Para quem está prestando vestibular, parece que não dá para deixar nenhum detalhe de lado. Nessa hora, além da expectativa e ansiedade, qualquer estudante sofre com o cansaço e as despesas. Afinal de contas, a bateria de exames é intensa e inclui provas que chegam a durar semanas, realizadas em diferentes lugares do País.

Para amenizar essa situação, o Ministério da Educação já começou a implantar um novo sistema de avaliação para substituir o vestibular tradicional, através da reformulação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), que deve se transformar em um método mais enxuto. Utilizando tecnologia e apoio da rede de ensino pública e particular, a avaliação poderá servir como critério de entrada nos cursos superiores. Ou seja, ao que tudo indica, o Enem deverá se tornar o novo vestibular.

Mais regular

Apenas este ano, mais de 5 milhões de jovens estão em fase preparatória para as provas do vestibular. No sistema convencional e pulverizado, cada um tem o direito de escolher quantas universidades e cursos pretende concorrer, desde que arque com as despesas de cada processo seletivo. "Fiz a inscrição na Federal do Paraná, USP e UNESP, mas não consegui chegar a tempo em Curitiba, por causa do atraso do avião. Gastei R$ 700 à toa. Ainda bem que passei na UNESP", aponta Aline Ribeiro, estudante de comunicação social.



O objetivo agora é justamente evitar casos como os de Aline, concentrando as provas em apenas um método de avaliação. O Governo já obteve apoio de pelo menos 35 universidades federais (de um total de 55), que devem substituir o vestibular pelo Enem ainda neste ano, equilibrando a disputa de vagas entre alunos nos grandes centros e no interior. "O Enem possibilita alunos do Brasil inteiro concorrerem sem sair de casa. Trata-se de um sistema integrado, que pode ser adaptado de acordo com a nota de corte da instituição", explica Vera Lúcia Antunes, coordenadora do cursinho Objetivo.

Diferente de suas 10 edições anteriores, além da redação, o exame agora terá 180 questões (em vez de 63) e será realizado em dois dias. O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) pretende organizar o teste, graduando-o em três níveis de dificuldade: fácil, médio e difícil. Desse modo, o Enem terá validade mesmo após edições posteriores, evitando as antigas polêmicas, como a falta de parâmetro e as oscilações de dificuldade entre os anos.



Sem decoreba

A prova agora será dividida em quatro áreas de conhecimento: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza e matemática. Caso bem executado, o novo formato deve possibilitar o foco em habilidades e conteúdos mais relevantes e específicos para cada curso. Para atingir tal fim, os tópicos prováveis do teste estão sendo divulgados, para ajudar as escolas na transmissão do conteúdo e orientar o aluno a estudar com mais segurança e tranquilidade.

A ideia é explorar cada vez mais a interpretação de texto e raciocínio lógico, aderindo às cobranças atuais dos vestibulares, que estão deixando de lado a memorização de conteúdos como datas, fórmulas e teorias. "Quem pensa que será uma prova difícil está equivocado, pois vai pedir o que é realmente importante, em vez de um rodapé de livro. Estou confiante com o novo método, que é mais elaborado e avalia a habilidade real de cada aluno", completa Vera.

Para fazer uma simulação do Enem, clique aqui

Fotos: Getty Images

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte