Guia da Semana

Com elas e para elas

Viajar com a criançada exige alguns cuidados para que a diversão seja garantida

Fotos: Getty Images


Planejar uma viagem em família é adorável, principalmente quando todos conseguem aproveitar juntos. Depois de escolher o destino, pensar em como ir, o que levar e como fazer para que os pequenos se comportem pode levar algum tempo, mas sair de casa com um esquema pronto pode facilitar a vida de qualquer um.

O primeiro passo é saber o que os baixinhos preferem. Segundo Magdalena Ramos, psicóloga especializada em família e autora do livro E agora, o que fazer? A difícil arte de criar os filhos, viajar desorganiza a vida da criança, então, é preciso tomar cuidado. "Elas estão adaptadas à rotina normal. Quando saem, alteram o sono, se alimentam mal e ficam perturbadas. O ideal é que a viagem seja curta, e o destino tenha muitas atrações, cores e divertimento", explica a terapeuta.

Para o consultor de viagem Sérgio Luis da Silveira, os destinos brasileiros que incluem mais diversão para a garotada são cidades que tenham um grande parque, como o Beto Carreiro World, em Santa Catarina, e o Beach Park, no Ceará. "Criança tem que se divertir, e os pais devem acompanhá-la em tudo". Se você pensa em descansar, melhor mudar os planos. Magdalena é categórica ao afirmar que "os pais devem perceber que viajar com os pequenos não vai fazer com que eles descansem. Então, entendê-los e se divertir com eles é a melhor saída".

O que cada faixa etária prefere na hora de viajar

0 a 2 anos
Andar na areia, lugar que tenha água, desde que tenha cuidado e a criança faça atividades de acordo com as possibilidades dela. É uma fase de apresentações, e é normal que elas fique mais afoita.

3 a 5 anos
É uma criança que já se comunica verbalmente, tolera melhor as viagens e sabe fazer mais brincadeiras. O adulto deve estar sempre brincando com ela. Ela adora praia e campo, com atividades direcionadas, como caminhadas curtas ensinando sobre plantas e animais. Essa é a idade de introduzi-las no mundo. O importante é que a criança não saia da rotina dela. Se está acostumada a almoçar ao meio-dia, assim também deve ser na viagem.

6 e 7 anos
É mais madura, acostuma com viagens mais longas. Cuidado com mudanças de clima, porque ela não se adapta bem. Ouvi-la sobre a viagem é uma saída. Nessa fase, ela já tem opinião própria e pode escolher, em conjunto com os pais, para onde quer ir. Nesta idade, ela precisa do contato com os pais, dedicando-se e brincando com ela.


O que levar



A mala deve ser a segunda preocupação da família antes da viagem. Não adianta levar a bagagem abarrotada de coisas que ninguém vai usar. O importante é colocar roupas e sapatos confortáveis (nada de levar muitas saias e vestidos para meninas), não esquecer de agasalhos - mesmo em destinos mais quentes, o frio pode chegar - e não esqueça a farmacinha com protetor solar, repelente, medicamentos e o telefone do pediatra. Para Magdalena, o conforto deve ser o principal item da bagagem. "Criança irritada é sinônimo de viagem chata", enfatiza.

Como distrair o pequeno viajante

A última preocupação dos pais para um planejamento perfeito de viagem é como conter os pequenos até chegar ao destino escolhido. Mas, acredite, isso é mais simples do que parece. Algumas dicas podem fazer toda a diferença.

De um ano e meio a dois anos, as crianças estão na fase de engatinhar e andar, então precisam se movimentar. Essa criança não pode ficar seis horas em um carro, por exemplo. Portanto, os pais devem aproveitar o horário de sono para fazer a viagem. Além disso, fazer paradas constantes é importante.

Se a viagem for de ônibus não deixe de levar almofadas pequenas, para que ela possa se encostar para dormir, e cobertor para cobri-la. Para distrair o pequeno, leve alguns de seus brinquedos prediletos. É uma excelente solução para driblar o tempo. No caso de destinos mais longos e demorados, leve passatempos de vários tipos. Os pais também podem comprar um brinquedo novo e dar a ela no meio daviagem. Isso pode contê-la por mais tempo.

Não esqueça!

Fique atento com os documentos para viajar com crianças. As empresas de ônibus pedem autorização para menores de 12 anos. Se a viagem for internacional, os pequenos precisam de passaporte e visto, assim como os adultos. Em qualquer caso, não esqueça de levar a certidão de nascimento.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte