Guia da Semana

Com o amiguinho

Um dos momentos mágicos e sempre lembrados da infância de muita gente

Foto: Sxc.Hu
A cumplicidade de poder ficar brincando e conversando até tarde, as novidades da rotina de uma família com um jeito diferente de ser. E, ao mesmo tempo, descobertas de um mundo inusitado e divertido, além de sentimentos de alegria, excitação, ansiedade...

Quem dormiu na casa de amiguinhos na infância, reconhece esses sentimentos. E deve, ainda, lembra-se da importante sensação de independência. Qual seria a idade certa para começar a dormir fora de casa? Que cuidados tomar? Vamos ver os principais itens a serem pensados abaixo:

 Cada criança tem seu próprio "tempo", mas podemos falar em uma idade em torno dos 4 anos, quando já existe o domínio de habilidades básicas como fazer xixi sozinho, mesmo que no meio da noite, ou o término da fase do medo de dormir sozinha. Se notar que a criança ainda não está pronta, não force.

 Antes de dormir na casa de um amiguinho da escola, é melhor iniciar o processo na casa de um parente, com quem seu filho já tenha bastante intimidade. Algumas famílias já mantêm esse hábito desde os primeiros meses de vida da criança, apoiando-se na relação de confiança entre familiares.

 Nas primeiras vezes, é importante que o local seja perto de sua casa, facilitando um rápido "resgate" caso haja desistência. E nunca critique caso isso aconteça. Às vezes, a aquisição desta independência pode levar um pouco mais de tempo e as críticas poderão piorar a situação.

 Evite comparações entre irmãos, primos ou amigos que já estejam nesta fase. Cada um tem seu tempo.

 Combine com os pais do amiguinho alguma brincadeira ou atividade diferente para ser feita à noite e deixe que as crianças participem deste planejamento e deem suas sugestões.
 Demonstre segurança. Se você demonstrar estar muito inseguro, com recomendações exageradas e ligações contínuas na casa do amiguinho, pode transmitir o sentimento para o seu filho. É melhor combinar um horário, um pouco antes da hora de dormir, ligar e bater um papo rápido e gostoso!

 A confiança na família que receberá seu filho também é fundamental. Se o pequeno insiste em dormir na casa de um amigo que você ainda não conheça direito, procure convidar a família para uma pizza em casa, depois convidar o amiguinho para passar uma tarde com vocês.

 Dependendo da idade, mandar um brinquedo ou objeto que tenha valor sentimental e que possa trazer segurança na hora de dormir, como um brinquedo preferido, pode funcionar.

E não esqueça de fazer uma "Festa do pijama" também em sua casa. Seu filho vai adorar receber o amigo (ou dois, ou três) para compartilhar de seu quarto, seus brinquedos, sua família, seu café da manhã e muitas guerrinhas de travesseiros!

Leia a coluna anterior da Profa. Cláudia Razuk

Educar é mais que discurso...

Quem é a colunista: Cláudia Fernanda Venelli Razuk.

O que faz: Pedagoga e coordenadora do colégio Itatiaia.

Pecado gastronômico: Se é pecado, melhor não comer! Saborear o que eu gosto com prazer e sem culpa, é essencial.

Melhor lugar do Mundo: Minha casa, com meu marido e filhos e em qualquer lugar rodeada dos verdadeiros amigos.

Fale com ela: itatiaiaed.infantil@terra.com.br

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte