Guia da Semana

Cuidados com bebês prematuros

O sistema imunológico debilitado pode levar a criança à morte. Saiba quais são os cuidados necessários com um bebê nessas condições

Foto:sxc.hu
Freya, nascida com oito semanas de antecedência, pesando 1,7kg


São considerados prematuros os bebês que nascem antes da 37ª semana de gestação. Eles têm estrutura menor e delicada e chegam sem estar totalmente preparados. De acordo com o pediatra Dr. Roger Brock, "Atualmente, devido à tecnologia na medicina, os prematuros nascem bem imaturos, podendo ter 25 cm e pesar até 300g"- normalmente um bebê pesa entre 3 kg e 3,5 kg e mede de 48 cm a 50 cm.

O organismo ainda não está forte o bastante para enfrentar as dificuldades do mundo, "o bebê demora um tempo para desenvolver características que permitam sobreviver à vida fora do útero", por isto, precisa de cuidados especiais, de acordo com Dr. Brock, a principal preocupação relacionada à saúde do prematuro é com os pulmões. Por não estarem totalmente desenvolvidos, não conseguem oxigenar todos os tecidos e precisam da ajuda de um aparelho para respirar que injeta ar dentro dos pulmões.

Por ter chegado antes da hora, o desenvolvimento do bebê pode ser diferenciado, por isto, a medicina usa a idade gestacional corrigida, o que quer dizer que, se a criança nasceu no sexto mês de gestação, pode apresentar um atraso de três meses em seu desenvolvimento psicomotor. Isto ocorre, pois, até o bebê ter um ano e meio, os médicos levam em conta a idade que ela teria se tivesse uma gestação completa, com cerca de 40 semanas.

Assim que o pequeno fica mais encorpado, a agenda das vacinas segue sem diferença, é o que diz a Dra. Clery Gallacci, "após atingirem 2.000g (os bebês) podem ser vacinados normalmente, necessitam apenas de uma dose reforço da hepatite b e em alguns casos é indicada imunoglobulina para virus sincicial respiratório". Aliás, o peso do bebê é um modo de acompanhar a evolução de seu corpo. Segundo recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), nenéns com menos de 1,5 kg devem ficar no hospital, os que estiverem entre este peso e 2,3 kg já podem ficar em casa, porém, contando com cuidados especiais. Se o bebê apresentar complicações de saúde, deve passar mais tempo na incubadora, claro.

A chegada ao lar é um momento muito especial para a família, mas o pequeno ainda tem o sistema imunológico debilitado e é preciso tomar cautela. O pediatra Dr. Éden Arentes alerta, "É necessário evitar o contato com adultos doentes, a presença de fumantes no ambiente, aquecer discretamente a criança, arejar e manter limpo o ambiente onde a criança for ficar e fazer um controle médico regular".

Nesta questão, o cigarro merece atenção, pois, grávidas que fumam ou são fumantes passivas têm mais chances de ter um parto prematuro. Aliás, outros fatores podem interferir no tempo de gestação, como estresse, tensão pressão alta, problemas na base do útero, diabetes e pancadas fortes, por isto, é essencial seguir direitinho as orientações do obstetra e fazer o acompanhamento pré-natal.

A escolha do médico e do hospital é uma decisão importante, uma dica que Dr. Roger Brock, dá para as futuras mamães é "ter um bom planejamento, procurar um local que dê o suporte adequado para a chegada do filho", é fundamental escolher um hospital que tenha U.T.I. neonatal para tratar o bebê caso ocorram complicações.

Aliás, nestes casos o dinheiro tem um papel fundamental para o destino do bebê, já que o avanço da tecnologia hospitalar envolve altos custos. Dois terços das mortes de recém-nascidos acontecem nos países que estão em desenvolvimento, como Índia, Etiópia, Afeganistão e Indonésia. Esta triste estatística acontece devido a pobreza, falta de ensino e descaso dos políticos.

O Brasil não figura no topo deste triste ranking, de acordo com Dr. Roger Brock, temos acesso à modernização da medicina para cuidar bem dos recém-nascidos, porém, dados mostram que as regiões mais pobres ainda precisam de atenção especial do governo.



Fontes:

Dr. Roger Brock
Pediatra
Hospital e Maternidade Neomater
Telefone: (11) 4366-4170

Dr. Eden Douglas Arantes, médico pediatra
Pediatra
Diretor da Clínica Médica Uni-Neo
Telefone: (11) 5575-7413.

Dra. Clery Gallacci
Pediatra
Maternidades Santa Joana e Pro Matre Paulista

Dr. Yechiel Moises Chencinski
Pediatra
Colunista do Guia da Semana e homeopata. www.doutormoises.com.br
Telefone: (11) 3285-2105

Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte