Guia da Semana

Decisão importante

Como cidadão, você tem o direito e o dever de escolher um candidato para votar nas eleições. No entanto, é preciso pensar direitinho antes de decidir de vez



Estamos, mais uma vez, em ano de eleição. Sei que a maioria dos jovens (e dos adultos) considera esse um tópico chatíssimo, mas não há como escapar dele. Você pode tentar ignorar esse fato, mas são os políticos que administram diversos aspectos de nossa vida. Eles - pelo menos na teoria - têm que cuidar dos buracos nas ruas, da segurança pública, da saúde e de inúmeras outras coisas importantes do nosso dia-a-dia. Por isso nada mais justo do que dar um pouquinho de atenção a esse assunto.

Hoje, no Brasil, quem tem 16 anos já pode ir às urnas. Isso é um enorme privilégio se você levar em conta que, há 76 anos, nem as mulheres votavam em nosso País. Esse direito, aliás, foi retirado de nossas mãos durante os 30 anos de regime militar e só foi restabelecido depois de muita luta. Sim, gente morreu para que pudéssemos colocar o Clodovil no Congresso Nacional.

Como Bem Parker, o tio do Homem-Aranha já cansou de dizer, "grandes poderes trazem grandes responsabilidades". Assim, tudo de ruim que acontece no âmbito da política também é um pouquinho culpa nossa, já que nós é que escolhemos quem nos governa. Por tudo isso, não custa nada tentar entender como as coisas funcionam e saber mais sobre a vida e as idéias das pessoas em quem você pretende votar.

Na época da faculdade, li um livrinho muito bacana do João Ubaldo Ribeiro chamado Política - Quem Manda, Porque Manda, Como Manda que me ajudou a entender melhor como funcionam diferentes sistemas eleitorais e políticos. Recomendo. Mas, se você não quiser ir tão fundo, uma consulta a Wikipédia já ajuda a saber com mais exatidão o que faz um vereador ou um prefeito, cargos que serão disputados na eleição deste ano.

É importante também conhecer a história de seu candidato. Isso não significa votar no Netinho de Paula porque você é fã das músicas do Negritude Júnior ou adorava o programa Domingo da Gente. Pode parecer brincadeira, mas muita gente usa esse tipo de critério para decidir quem vai ganhar o seu voto. Hoje, com a internet, buscar informações sobre uma pessoa pública é fácil, fácil. Basta gastar alguns minutinhos no Google e... voilà! Você descobre as idéias, as propostas e até os processos criminais que o cidadão em que você pensava em votar tem nas coisas.

Acho até que abstenções, votos brancos ou nulos podem ser opções, desde que sejam feitas de maneira consciente. Se você quiser protestar ou ser anarquista, a escolha é sua. O mais importante é entender o que acontece a sua volta e não se deixar influenciar de maneira inocente pelos políticos com seus santinhos, comícios e musiquinhas. Temos que ficar espertos, pois, como dizem aquelas propagandinhas bacanas que estão passando agora, quatro anos é muito tempo.

Leia também:

? Cultura na Web

? Quadrinhos nas Telonas

? O Japão é Aqui

? Brinquedos que Viraram Games

Quem é o colunista: : Robinson Melgar, 29, não estudou e por isso ganha a vida escrevendo sobre informática. Seu sonho é virar a maior autoridade em cinema de sua rua.

O que faz: é jornalista.

Pecado gastronômico: x-calabresa.

Melhor lugar de São Paulo: Rua Augusta.

Acesse o site dele: www.morfina.com.br.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte