Guia da Semana

Depois dos 15 minutos

Os grupos teen surgem no cenário musical, fazem sucesso e conquistam muitos fãs. Mas alguns sonhos não se concretizam e os ex-integrantes nem sempre permanecem no auge. Veja o que aconteceu com algumas bandas que já foram famosas

A cada geração surgem novas bandas e novos hits, que conquistam os fãs adolescentes que fazem de tudo para ter todos os discos, comprar camisetas, ir aos shows e pegar autógrafos de seus ídolos. Muitas bandas fizeram sucesso entre os teens se desfizeram e cada integrante seguiu sua carreira na música ou até mesmo no teatro. Você sabe onde estão os ex-integrantes do RBD? E Rouge ou Br'oz? A Equipe do Guia da Semana foi atrás e descobriu o que eles andam aprontando.

Só de meninas

Foto: Reprodução

As meninas do Rouge. Sucesso que rendeu quatro discos em poucos anos

Fruto do reality show Popstars, exibido pelo SBT, o grupo Rouge foi formado por cinco cantoras, que passaram por diversos testes até serem escolhidas por um júri, formado na época por Rick Bonadio, Alexandre Schiavo, Iara Negrete, Ivan Santos e Liminha. As escolhidas foram Aline Silva, Patrícia Lissa, Karin Hils, Fantine Thó e Luciana Andrade. O quinteto lançou, ao todo, quatro discos e, depois da saída de Luciana Andrade, o restante começou a se desestruturar. Em pouco tempo, anunciaram o término do grupo.

Patrícia, que hoje é conhecida pelo nome de Lissah Martins, investiu na carreira de teatro, e foi escolhida para atuar em Miss Saigon; tempos depois, foi a protagonista de A Bela e A Fera. Ela foi elogiada pela crítica especializada, por sua voz e presença de palco. Outra ex-Rouge que também foi para os palcos foi Karin Hils, que esteve no também musical Hairspray, com direção de Miguel Falabella e Edson Celulari no elenco. 

Aline Silva continuou fazendo shows e chegou a lançar um disco, Saudade do Samba, em 2009. Uma de suas canções fez parte da trama Promessas de Amor, exibida pela Rede Record na época. Já Fantine não mora mais no Brasil e vive na Holanda, ao lado da filha Christiane. A mineira Luciana Andrade, que sumiu dos palcos depois de sua saída do grupo, voltou dar as caras este ano, no musical Into The Woods, traduzido para o Brasil com Era Uma Vez, que está em cartaz no Teatro Brigadeiro, em São Paulo.

Já os meninos...

Foto: Reprodução

Quatro integrantes da antiga Br'os tentam seguir a carreira na música. Somente Jhean estudou fora e trabalha com o pai

A segunda temporada de Popstars, na mesma emissora, montou um grupo só de garotos. O Br'oz surgiu com Matheus Herriez, Filipe Duarte, Jhean Marcell, Oscar Tintel e André Marinho. O primeiro disco, que levava o mesmo nome da boy band, estourou com a venda de 350 mil cópias em menos de um ano. Em 2004, lançaram Segundo Ato, com os hits Vem Pra Minha Vida e Se Você Não Está Aqui. No ano seguinte, anunciaram o término da banda por motivos internos - eles são muito amigos, mas tocam projetos paralelos.

Matheus Herriez, por exemplo, além de ter se casado com a ex-Rouge Lissah Martins, voltou a tocar em sua antiga banda KM7NOVE e chegou até a lançar um disco solo (Ser O Que Sou). Já Filipe Duarte e André Marinho, hoje, estão no comando das bandas de pagode Os Travessos e Cupim na Mesa, respectivamente. Oscar Tintel também seguiu para o mesmo gênero dos dois companheiros e hoje está na carioca Eterno Astral. Antes disso, ele se lançou como compositor, tendo uma canção gravada pelo grupo Exaltasamba (Um Minuto).

Somente Jhean Marcell não seguiu a carreira artística. Ele estudou fora do país e, ao retornar para o Brasil, abriu um negócio com seu pai, na área de tecnologia, com foco em educação e treinamento. Mas ele não deixou o sonho musical de lado e tem vontade de voltar a cantar; afinal, tem um estúdio em sua casa, em Uberlândia, Minas Gerais.

E os mexicanos?

Foto: Wikipedia.org

O RBD anunciou o fim em 2009, mas todos ainda continuam com a carreira de cantor ou ator

A novela teen Rebeldes conquistou muitos fãs quando foi exibida em 2005 pelo SBT. O grupo, que veio ao Brasil fazer diversas apresentações, lotou casas e se apaixonou pelos fãs brasileiros. Em 2009, o sexteto anunciou seu fim com uma turnê de despedida, passando novamente por aqui. Sabe-se que Anahí, Dulce Maria, Maite Perroni e Christian Chavez continuaram com a carreira musical, lançando projetos solo e se apresentando em diversas cidades brasileiras.

Christopher Uckermann também se lançou na carreira solo e se apresentou no Brasil, mas voltou para as telinhas estrelando a série Kdabra, exibida pela Fox. Seu personagem era Lucas que, a partir do momento em que foge de uma comunidade, passa por acontecimentos inexplicáveis. Kdabra foi gravado no México e o Brasil foi o primeiro país em que houve a divulgação deste trabalho.

Alfonso Herrera, apelidado de Poncho, tentou seguir a carreira musical, mas seu destaque é mesmo a atuação. Após o fim do RBD, ele participou de um filme (Volverte a Ver), além de atuar em espetáculos teatrais e também nas telinhas, trabalhando em novelas e séries. Ele até atacou como repórter para a revista latina Quien, quando cobriu a Copa do Mundo da África do Sul este ano.
 


Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte