Guia da Semana

Dia da Toalha - O Dia do Orgulho Nerd

O dia 25 de maio celebra a tribo mais cool do momento, os nerds, que se encontram numa encruzilhada: conquistar o mundo ou compartilhar conhecimento?

O Dia da Toalha (ou o Dia do Orgulho Nerd) é uma homenagem a Douglas Adams, escritor e roteirista que criou um dos maiores livros de fição científica: O Guia do Mochileiro das Galáxias. 

Resumo da trilogia, (que na verdade é composta por cinco livros): Arthur Dent, um típico inglês jovem descobre que a Terra será explodida. O portador da notícia é seu amigo Ford Prefect, um extraterrestre por aqui de passagem. Juntos, eles fogem para viver diversas aventuras pela galáxia portando suas toalhas. Sim. Toalhas. 

"O mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha (...) vai pensar que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito", explica Douglas Adams em certa parte do primeiro livro.

Porém, seguindo o clima nonsense da obra, o não existe um porquê o Dia da Toalha cair no dia 25 de maio. Alguns dizem que a homenagem nerd cai nesse dia para coincidir com a data do lançamento do primeiro filme do Star Wars, em 1974, mas para muitos nerds a não obviedade é opção mais engraçada. O Dia da Toalha cai no dia 25 porquê sim. Simples assim.

Mas o estereótipo nerd mudou e muito. Quem embarcou nesse mundo de tecnologia, fantasia e ficção científica na década de 70 era de fato muito estranho. Vivia enfiado em garagens, descobrindo e criando linguagens de computador, comendo pizzas frias e sem pegar ninguém.

O tempo passou e muitos desses caras viraram peixes grandes, como Steve Jobs e Bill Gates. Hoje, eles surgem já como jovens gênios da internet e dos negócios, como Larry Page e Mark Zuckerber, o que ajudou, e muito, a disseminar o orgulho do momento e difundir o Dia da Toalha e do Orgulho Nerd.

"Se foi o próprio Gates quem disse que é importante ser legal com os nerds, já que provavelmente eles serão os chefes de amanhã, quem pode contradizer? Gates, Jobs e Zuckerberg são o cúmulo do sucesso para as novas gerações, mais um motivo para a onda nerd pegar de vez", explica a blogueira da revista Superinteressante Claudia Fusco Oliveira. 

Além das chefias das maiores empresas de tecnologia do século 21, os nerds alcançaram a fama de estrelas do cinema e da TV. Os personagens Sheldon Cooper, Leonard Hofstadter e cia. de The Big Ben Theory são adorados e causam verdadeiras loucuras quando estão em ações de promoção da série.

Antes, os nerds eram representados por bobalhões como os meninos do grupo Trilambda de A Vingança dos Nerds (1984), por exemplo."Eles viraram personagens principais no cinema, ganharam rostos de atores de Hollywood, o que facilitou a se tornar essa figura carismática e digna de admiração", completa Claudia. 

Outra característica do atual boom nerd foi a explosão desse universo em mil partes, como no nascimento de estrelas novas. "Hoje, geeks, dorks, otakus, gamers e um sem fim de grupos e subgrupos compreendem a grande nerdosfera, e fica difícil, para quem não acompanha os assuntos da cultura pop identificar quem é o que", comenta Rodrigo Menezes, 30 anos, professor de filosofia e nerd assumido.

A estudante de publicidade Giovana Oneig, 20 anos, concorda. "Somos bem mais aceitos do que seríamos na época dos meus pais, principalmente pela disseminação da mãe-internet. Só que o conceito ampliou muito. Tem gente só porque assiste The Big Bang Theory se diz nerd, mas pensa que Triforce é geometria".

Com tanta pompa e circunstância, o que se esperar do futuro? O Dia da Toalha se tornar um feriado nacional? Uma dominação de todas as cadeiras de CEOs e de outros cargos diretivos? Uma grande parada da diversidade, bem ao estilo Campus Party? "Não quero que todos sejam iguais, pois gosto das diferenças sem julgamentos. O nerd é alguém que, visando ao seu desenvolvimento tecnológico ou cultural, ajuda a sociedade, mas isso é uma consequência, não objetivo", argumenta Rhuann. 

Já para a blogueira Claudia, os nerds do futuro serão ainda mais multimídias, curiosos e inteligentes. "Eles poderão até ocupar o centro de operações corporativas e livrar-se, pelo menos em parte, do embaraço social que lhes é típico. Acima de tudo, vão continuar a transformar suas paixões e seu modo de vida em trabalho. Só espero que não fiquem ocupados demais ao ponto de terem de abandonar os videogames".

Atualizado em 12 Jul 2013.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte