Guia da Semana

Doenças de inverno

Saiba como prevenir e tratar adequadamente as gripes, resfriados e alergias que atingem principalmente as crianças com a chegada do frio

Foto: Thinckstock

As crianças alérgicas devem ser tratadas antecipadamente, durante o outono

Todo ano é a mesma coisa: entre maio e junho, a temperatura baixa bruscamente e os indesejáveis espirros, tosses e dores de garganta aparecem, como num passe de mágica. A chegada do friozinho é propícia ao desenvolvimento de vírus atingindo a todos os que não estiverem preparados. Mas quem sofre mais com a mudança rápida de clima são os pequenos, mais vulneráveis a contrair doenças.

"Até os dois anos de idade, a criança ainda está formando seu sistema imunológico, e uma virose pode se tornar uma pneumonia, sinusite ou uma otite média e aguda", ressalta a otorrinolaringologista Mônica Verzugo. Além dessas complicações, os mais novos estão suscetíveis também às chamadas enteroviroses e infecções gastrointestinais, que podem causar diarréia e vômitos.

E é justamente nessa época do ano que as crises de rinite e outras alergias também se manifestam principalmente nas grandes cidades. "A poluição e o tabaco interferem diretamente no sistema respiratório, que tem um revestimento ciliar e funciona como se fosse um campo de feno, 'varrendo' o que está entrando, desde o nariz até as últimas estruturas do pulmão", explica o pediatra do Hospital Balbino, Antonio Carlos Turner. O contato com a fumaça lesa toda essa estrutura e faz com que esse sistema pare e produza muco como defesa.

Como evitar

Foto: Thinckstock

A vacina é a única forma de prevenção contra as viroses comuns no inverno

Escapar das gripes e resfriados é quase inevitável nesses meses, já que, com o friozinho, a tendência é nos manter em ambientes fechados, o que facilita o contágio. Ambos os especialistas concordam que a melhor forma de prevenção é a vacina contra a gripe que, desde abril, foi distribuída gratuitamente em postos de saúde para as crianças de seis meses a dois anos, além de grávidas e idosos - em algumas capitais a data de vacinação foi, inclusive, prorrogada.

De acordo com Mônica Verzugo, a vacina não evita 100% das viroses, mas diminui bastante a possibilidade de contraí-las. Quem for alérgico também deve fazer tratamento antecipado para não ter crises com a chegada do inverno. Uma visita ao alergista agora no outono pode prevenir rinites e sinusites.

Mas se a saúde do seu pequeno não conseguiu resistir a essa amostra inicial de dias frios, a primeira atitude a ser tomada é deixá-lo em casa para impedir o contato com outras crianças na escolinha. As viroses comuns como gripes e resfriados são altamente contagiosas em lugares fechados.

E se um ficar doente, como evitar que o irmãozinho também fique? Segundo o pediatra, é uam missão quase impossível. "A maioria desses germes tem um período de incubação de sete a dez dias e, durante esse período, ele também pode ser transmitido. Ou seja, muitas vezes a criança ainda não manifesta a doença, mas já está incubada e, nesse momento, o irmão já pode ter sido contaminado", explica.

Como cuidar

Foto: Thinckstock

O repouso é essencial para melhorar logo e evitar o contágio de outras crianças

Os sintomas da gripe são quase sempre os mesmos: indisposição, tosse, dores no corpo, garganta ou de cabeça, coriza, respiração difícil, febre, falta de apetite, distúrbios do sono, olhos vermelhos ou lacrimejamento e até diarreia. O tratamento deve ser sintomático, cuidando para diminuir cada um desses sintomas. As indicações de repouso, boa alimentação e muita hidratação são sempre essenciais para se curar mais rápido da infecção.

"A água é o melhor fortificante natural. Hoje em dia, não se dá mais remédio sedativo. O ideal é fortificar esse catarro com água, mel, alho ou folhas que ajudam a combater a gripe", afirma Antonio. O especialista não aconselha o uso de descongestionantes nasais à base de mentol e cânfora no peito - como aquele que vem tradicionalmente numa latinha redonda de tampa azul - por seu cheiro ser irritante à mucosa respiratória.

Tomar friagem, bebida gelada e andar descalço realmente são prejudiciais a quem está gripado? "Depende do organismo. Tudo está relacionado ao choque térmico, quem tem tendência a ficar doente com qualquer mudança de temperatura vai piorar, sim. O nariz vai começar a escorrer e os espirros serão inevitáveis", conclui Mônica.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte