Guia da Semana

Em busca da perfeição

Fase crítica da adolescência

Foto: Sxc.Hu

A adolescência é uma fase de mudanças, sejam elas na nossa mente ou no nosso corpo. Acredito que essa é a época em que mais nos olhamos no espelho, e por incrível que pareça, sempre encontramos algo de errado. Essas mudanças nos deixam preocupados e envergonhados. Aí surgem muitas dúvidas: Será que ficarei baixo para sempre? Meu nariz não vai parar de crescer?  Estou engordando? Se você acha que é a única pessoa que faz tantas perguntas a respeito do seu corpo, se enganou.

Todos adolescentes ficam nessa paranoia com o corpo. É também nessa fase que queremos ser parecidos com alguém, seja uma personalidade famosa que tem um lindo corpo, ou algum dos nossos amigos. Parece que se você não tiver um corpo igual ao daquela pessoa, ninguém vai querer nada com você.

Nós vivemos na era dos belos corpos. Revistas mostram pessoas esbeltas, magras e lindas. Mas, você já encontrou alguém em uma revista que se pareça com você? Bem, é meio difícil, já que antes de uma foto ser divulgada, ela passa por inúmeros tratamentos, que tiram de algumas pessoas suas verdadeiras características. Existem modelos que ficaram até sem umbigo!

Muitas meninas acreditam que para ficarem mais bonitas devem perder peso, então apostam nas famosas dietas. As revistas ensinam várias e ainda prometem o corpo igual de a alguma celebridade. "Faça a dieta da alface e fique linda igual a fulana!" É claro que essa celebridade já passou da adolescência e, para chegar a tal corpo, não foi somente a dieta que ajudou, foram vários outros procedimentos e até cirurgias plásticas.

Os meninos querem parecer altos e fortes. Então, apelam para academias e abusam dos exercícios. Fazem de tudo para criar músculos de maneira rápida, alguns usam até anabolizantes, o que é extremamente prejudicial à saúde e pode até levar a morte. Ficar sem comer ou praticar exercícios de forma exagerada, não vai ajudar o seu corpo nessas mudanças, pelo contrário, pode atrapalhar o seu desenvolvimento e trazer péssimas consequências.

Todas essas transformações são naturais. E tudo vai passar. Lembre-se de que todos atravessam a adolescência, então não tenha vergonha do seu corpo. Tentar ser parecido com alguém não é a melhor maneira de ser atraente, afinal o que nos faz únicos são as nossas diferenças. E com certeza existem muitas pessoas que irão gostar de você do jeito que você realmente é.

Leia as colunas anteriores de Diego Aquino:

O primeiro beijo

Castigos em tempos modernos

Meu ídolo e eu


Quem é o colunista: Diego Aquino.

O que faz: Estudante de Jornalismo.

Pecado Gastronômico: Pizza.

Melhor Lugar do Brasil: Porto Seguro.

Para Falar com ele: aquino.live@hotmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte