Guia da Semana

Espelho, espelho meu

Conheça dez séries teens que marcaram a cabeça, a moda e o comportamento de jovens e adolescentes dos anos 80 até os dias de hoje.

Fotos: IMDb

Claire Danes, aos 15 anos, numa das cenas de Minha Vida de Cão

Ser jovem não é fácil. De uma hora para outra, seu corpo começa a mudar, e brinquedos, revistinhas e programas preferidos até então se tornam insuportavelmente chatos. O interesse pelo sexo começa a surgir, e, junto, as cobranças da família e da escola - 'agora você já é quase um homem', 'uma menina decente não pode se comportar mais assim', e por aí vai.

Ainda bem que, para ajudar nessa complicada fase, há inúmeras séries cujo universo teen é o centro das atenções. Mesmo com toda a ficção e os exageros típicos dos enlatados americanos, dramas, questões e situações engraçadas comuns da idade estão lá.

A juventude sempre esteve na tevê, mas começou a ganhar espaço a partir da década de 80. Primeiro, em filmes como Gatinhas e Gatões (1984), Clube dos Cinco e Garota de Rosa Shocking (ambos de 1985), Curtindo a Vida Adoidado e De volta Para o Futuro (de 1986). Mathew Broderick, Molly Grindwald e Michael James Fox foram os grandes astros desse período. Garoto doFuturo (Teen Wolf, em inglês) será um dos primeiros seriados adolescentes no modelo atual (temporadas de 22 episódios), originado com base no filme homônimo, mas sem Fox no papel principal. Assim como o filme, a série, de 1987, mostra a diferente transformação da puberdade vivida pelo personagem Scott Howard. Os pelos nascem em excesso e ele passa a uivar para a lua, virando um lobisomem.

No mesmo ano, Anjos da Lei será uma das primeiras séries voltadas para o mundo jovem e adolescente do início ao fim. De lá para cá, várias foram lançadas, e, cada uma a seu modo, alargaram pouco a pouco temáticas como adaptação social, homossexualidade, gravidez precoce, drogas, traição e relacionamentos abertos. Atualmente, Glee é a grande referência teen, com personagens marcadamente freaks e inaugurando o modelo de série-musical, com vários CDs nas lojas reais e virtuais (saiba mais sobre a onda Glee aqui)

O Guia da Semana destacou dez séries fundamentais do universo teen, todas com boxes de DVD e facilmente encontradas em sites especializados da Internet. Veja-se como num espelho para entender as mudanças que acontecem na sua vida e as que atingiram a juventude dos últimos 30 anos.

Veja a seleção dos mais importantes seriados jovens da TV

Anjos da Lei (21 Jump Street)

Produzida de 1987 a 1991, a série conta a história de um grupo de jovens policiais que trabalham infiltrados em escolas, bares e academias para combater crimes de gangues juvenis. Com uma edição rápida e temas espinhosos, como drogas, estupro, gravidez precoce, entre outros, Anjos da Lei fez sucesso, ganhou cinco temporadas e lançou Johnny Depp no mundo das celebridades, além de apresentar os atores Holly Robinson Peete, Peter De Luise e Steven Williams.


Anos Incríveis (The Wonder Years)

Kevin Arnold é um menino do subúrbio de uma pequena cidade americana que vive as mudanças típicas da idade junto com as transformações da sociedade na década de 60: a Guerra do Vietnã, hippies e beatnicks, a explosão do rock e as mudanças do comportamento sexual. Produzida de 1988 a 1993, é uma das principais referências de séries teens até hoje, marcada eternamente pela versão de With a little help from my friends, cantada por Joe Cocker na abertura. Com Fred Savage, Danica McKellar, Josh Saviano, Dan Lauria e outros. Uma abordagem parecida, bem mais leve e divertida, é a série That 70's Show (1998), com Ashton Kutcher.

Barrados no baile (Beverly Hills, 90201)

Febre nos EUA e no Brasil, a série é uma das primeiras a abordar o entediado e sofisticado mundo dos jovens ricos, mostrando o choque e o processo de adaptação dos irmãos Brandon e Brenda (Jason Priestley e Shannen Doherty, respectivamente), vindos da fria Minneapolis para o calor da Califórnia. Conquista de espaço e disputa de amigos, namoros mil e muitas externas em belas praias são o recheio da série, que se estendeu por dez anos, de 1990 a 2000. Por lá, passaram também Luke Perry, Tori Spelling, Jennie Garth e até Hilary Swank. Beverly Hills, 90201 (ó código postal da cidade) rendeu frutos como Melrose Place (1992) e um remake em 2008.

Confissões de Adolescente

Yes, apesar de não ser o forte na teledramaturgia brasileira, nós também temos séries teens. Em 1990, Maria Mariana entrou com tudo na vida de uma geração ao contar em livro sobre suas iniciações juvenis: a primeira transa, o primeiro baseado, o primeiro contato com a morte. Confissões de adolescente virou best-seller, peça de teatro e foi adaptado para a televisão, abordando o cotidiano de Diana, Barbara, Natália e Carol, quatro irmãs que vivem com o pai Paulo (Luis Gustavo) na zona sul carioca. Exibido pela TV Cultura de 1994 a 1996, a série também fez sucesso e foi estrelada pela própria Maria Mariana junto com Georgiana Góes, Daniele Valente, Deborah Secco, e mais tarde, Camila Capucci.

Minha Vida de Cão (My so-called life)

Também de 1994, a série conta as confusões e alegrias de Angela Chase, sua família e amigos como Rayanne, Ricky, Jordan Catalano e Sharon. Foi apenas uma temporada com 19 episódios. No entanto, sua linguagem inteligente e a jovial interpretação de Claire Danes e Jared Leto (Angela e Jordan, respectivamente) deixaram fãs pelo mundo afora. Três anos antes, a série Blossom (1991-1995) mostrava situações parecidas vivenciadas pela personagem-título, interpretada pela atriz Mayim Bialik.

Dawson's Creek

Se virar adolescente não é fácil em lugar nenhum do mundo, imagine na pequena Capside, balneário próximo a Boston, na Carolina do Norte? Nesse cenário que se passa Dawson's Creek, exibida de 1998 a 2003. A série traz as histórias de Dawson Leery (interpretado por James Van Der Beck), inspiradas na vida do roteirista Kevin Willianson. Além de Van Der Beck, apresentou ao mundo Katie Holmes (que interpretava a melhor amiga do protagonista e foi a única personagem em aparecer em todos os 128 episódios das seis temporadas do seriado), Joshua Jackson, Michelle Willians e Kerr Smith. Assim como Barrados no Baile, Dawson's Creek fez a cabeça da juventude americana da época, fazendo o estilo navy das roupas da marca J. Crew, patrocinadora do seriado, virarem o 'uniforme' da galera.

Gilmore Girls

A relação entre a jovem mãe Lorelai Gilmore e a filha Lorelai 'Rory' é o tema central do seriado, exibido de 2000 a 2007. Com uma diferença de idade de 16 anos, a série foca nas difíceis escolhas da mãe, interpretada por Lauren Graham, na criação da filha, vivida por Alexis Bledel, numa pequena cidade de interior. Junte ainda a interferência autoritária dos avós Richard e Emily, os conturbados relacionamentos da mãe e o envolvimento da jovem com o bad boy Jess Mariano (Milo Ventimiglia), e, já na faculdade, com o escroque milionário Logan Huntzberger (Matt Czuchry).

Gossip Girl

Amada por poucos e odiada por muitos, Serena van der Woodsen volta a frequentar as aulas em Constance Billard, tradicional colégio de elite de Nova Iorque, após uma repentina viagem que esconde seu envolvimento com drogas, bebidas e sexo. Ao voltar, tenta ser a boa aluna da escola, entrando em conflito com a melhor amiga Blair Waldorf, tudo narrado pela anônima autora do blog Gossip Girl. No ar desde 2007, alçou a jovem Blake Liverly como uma das namoradinhas da América do momento. Conta ainda com as atuações dos atores Leighton Meester, Penn Badgley, Chace Crawford, Taylor Momsen, Ed Westwick e Jessica Szohr. O livro de Cecily von Ziegesar já conta com 13 volumes, mostrando que a série homônima, atualmente na quarta temporada, ainda tem muito o que render. Na mesma linha (com variações, é claro), seguiu a série The O.C, em exibição de 2003 a 2007.

Greek

As fraternidades estudantis comandam as relações sociais nas universidades americanas. Suas festas, rivalidades e rituais de iniciação são as passagens de Greek. Na fictícia cidade universitária de Cyprus-Rhodes, a loirinha Casey (Spencer Grammer) é a líder da fraternidade Zeta Beta Zeta e vive a complicada situação de ser ex-namorada de Cappie (Scott Michael Foster), presidente da Kappa Tau Gamma, e se envolver com Evan Chambers (Jake McDorman), presidente da Omega Chi Delta, arquirrival da Kapa Tau. Além do triângulo, a série destaca também a adaptação do nerd Rusty (Jacob Zachar) ao competitivo universo masculino, a homossexualidade de Calvin (Paul James) e as divertidas confusões vividas pelas ZBZs Ashleigh (Amber Stevens) e Frannie (Tiffany Dupont). Com quatro temporadas, a série foi encerrada no início deste ano, trazendo o desfecho dos personagens no último semestre da faculdade.

Glee

O que pode reunir um cadeirante, um homossexual, uma gorda e um ex-capitão de time de futebol? A música. Os integrantes do coral New Directions são considerados os losers da escola William McKinley, mas levam as dificuldades da fase e o dia a dia da escola no gogó, reinterpretando grandes sucessos do cancioneiro popular anglo-americano, indo de Elton John a Madonna, passando por Lady Gaga e Queen, e disputando competições com demais corais escolares. Inegavelmente, Glee é a série teen mais bombada do momento, dentre outras coisas por ser pioneira em trabalhar com eixos temáticos e apresentar de três a quatro músicas por episódio. Com Lea Michele, Cory Monteith, Matthew Morrison, Jane Lynch, Dianna Agron, Mark Salling, Chris Colfer, Amber Riley, entre outros. A série, iniciada em 2007, já está na sua segunda temporada.

Atualizado em 11 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte