Guia da Semana

Hoje é dia de circo!

A arte circense faz malabarismo para se adaptar aos novos tempos

Foto:Circo Fiesta


O circo é uma das artes mais antigas, há registros de atividades circenses até nas paredes de pirâmides do Egito, onde desenhos representam malabaristas e domadores. Mas, seu nome tem origem na época do Império Romano, porque as atrações eram apresentadas no Circo Máximo de Roma, onde é o Coliseu.

Mas, de lá para cá mais de mil anos se passaram e muita coisa mudou. Hoje em dia, para atrair a atenção do público, as companhias precisam investir em infra-estrutura e novos formatos de espetáculos. O chão, que antes era de terra batida, agora é asfaltado e as companhias têm estratégias de marketing e o auxílio de publicitários. As apresentações contam com iluminadores e sonoplastas, mas o foco principal do show ainda é dos artistas.

César Guimarães tem 45 anos, é palhaço e diretor artístico do Tradicional Circo Fiesta . Está neste meio desde seu nascimento, para ele a competição não é um grande problema, "primeiro foi com rádio, televisão, talvez até o teatro, agora, temos que competir com shopping e internet. Mas, o circo sempre consegue sobreviver, acho que por causa do lúdico, da fantasia."

Internacionais

O circo está voltando a ganhar espaço entre o público. A cidade de São Paulo tem duas companhias com endereço fixo, Circo Spacial e Circo Vox, e também recebe festivais como o anual Panorama Paulista de Circo.

Ao redor do planeta grandes trupes ganham a cena mundial, como o canadense Cirque du Soleil e o russo Slava´s Snowshow , que apresentaram seus espetáculos em algumas capitais brasileiras.

A atenção dada aos shows internacionais gera polêmica entre os circenses brasileiros. Segundo César, "O circo agora, depois do Cirque du Soleil, virou uma empresa. A tecnologia tomou conta, você vai assistir a um espetáculo desses e aplaude ao maquinário, não ao artista.", ele completa "Lá, o ingresso mais barato custa R$200, aqui no Fiesta, o mais barato é R$5. Claro que a estrutura do espetáculo é diferente, mas a paixão em fazer, se a nossa não é igual, é maior".

Para Rody Jardim, do Circo Spacial , as grandes produções que chegam ao país ajudam a divulgar a arte circense e não ameaçam as trupes brasileiras. "O Cique du Soleil não compete com a gente. Os dois espetáculos que eles trouxeram para não eram voltados ao público infantil. Aqui no Brasil o circo é mais voltado para as crianças."

No Brasil

Há leis que proíbem o uso de animais em apresentações. Elas estão em vigor na capital de São Paulo, bem como em algumas cidades interioranas e no litoral, em todo o estado do Rio de Janeiro, na Paraíba e em municípios da região sul.

Sobre a proibição, Rody Jardim, diz ser contra, "A gente, como a UBCI (União Brasileira de Circos), é a favor da regulamentação, como existiam as portarias do IBAMA, só que não eram fiscalizadas. Só tem animais quem tem condições de cuidar, os que não têm condições, não têm animais. É mais fácil proibir do que pensar um pouco".

Por amar os animais, Elena Cerântola, sócia do circo Circo Vox afirma ser a favor da lei, "Sou contra o uso de animais no circo. Acho que não é certo, mas entendo porque os circos têm. Antigamente, quanto mais animais você tivesse, mais status tinha".

Encantados

Música, luzes e imagens estimulam os sentidos dos pequenos e mostram que o impossível é pode ser real. A figura do palhaço com olhos marcados, boca e nariz vermelhos e grandes parece fascinar as crianças. Durante todo o espetáculo, elas se divertem, riem, interagem com os números e ficam admiradas com as proezas exibidas no palco.

Segundo freqüentadores Fiesta, a maior vantagem do picadeiro com relação a outras opções de entretenimento é a união entre artes. Os espetáculos trazem técnicas diversas, como ilusionismo, dança, malabarismo, equilíbrio e teatro. Assim, se tornam atividades divertidas e enriquecedoras para as crianças. Mas, a diversão não é só para os pequenos, este é um programa para toda a família, os pais lembram de sua infância e chegam a se emocionar.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte