Guia da Semana

Limpo, mas nem tanto

Deixe a criança se sujar também!

Foto: Morguefile.com


A criança precisa se sujar até mesmo para poder aprender a se limpar! Já está mais do que provado que a criança aprende por meio das sensações e se ela não colocar a "mão na massa" fica apenas como espectadora da vida. Vivenciar e experimentar todas as sensações disponíveis no ambiente em que vive faz com que a criança adquira um repertório que lhe permite amadurecer.

Experimentar e testar estas sensações são importantes para o equilíbrio da saúde física e emocional.

Recente estudo feito por cientistas britânicos comprova que o contato e a exposição à terra estimulam a felicidade, além de melhorar o humor. Pesquisas comprovam que pacientes tratados com bactérias, normalmente encontradas no solo e não prejudiciais à saúde, sentem significativa melhoria na qualidade de vida.

Experiências com ratos, expostos a essas mesmas bactérias, detectaram aumento da produção da substância que provoca a sensação de felicidade: a serotonina. Estes dados são de um estudo realizado na Universidade de Bristol e publicados na revista Neuroscience.

Existe ainda a hipótese de que os fatores ambientais e as condições sócio-econômicas possam interferir na capacidade de defesa do organismo infantil ao impedir que as crianças entrem em contato direto com esses micro-organismos que encontramos no solo.

Isto não significa que os cuidados com a higiene devam ser ignorados, mas devemos salientar que não devem ser supervalorizados para permitir que a criança entre em contato com esse mundo tão rico.

A criança precisa viver com liberdade para experimentar o mundo que a cerca. É importante que tenha o seu momento de se lambuzar com um sorvete; de botar os pés no chão para sentir aquela gostosa sensação de pisar no chão de terra, de grama ou cheio de pedrinhas que lhe provocarão os sentidos, desafiarão o seu equilíbrio de tal forma que esta estranheza lhe permita aprender e olhar por "onde pisa" literalmente.

Há colégios onde é respeitado esse momento das crianças ficarem à vontade. A criança pinta o próprio corpo, sentindo a textura da tinta; há momentos para ficar descalça, brincar com a sensação da grama macia sob os seus pés delicados ou desviar das pedrinhas que encontra em seu caminho. Afinal, estamos preparando pessoas capazes de enfrentar desafios constantes ao longo da vida e a escola é uma microsociedade, um "mundinho", onde a criança pode arriscar para errar e, desta forma, aprender.

O bom senso é sempre um bom caminho na busca do equilíbrio. A criança precisa ser protegida, mas merece ter preservado o direito de brincar com a terra, com o barro, com a areia. Ela precisa se sujar até mesmo para poder aprender a se limpar!

Um bom começo é partir do princípio de que tudo pode ser limpo com água e sabão, então por quê não? A Roupa suja, podemos lavar; os pés ficam encardidos e o rosto se lambuza, mas podemos lavar. Enfim, não é justo lhes roubar este prazer de se sentir, de se explorar.

Proponho uma reflexão, pois é uma das boas coisas que podemos fazer por nossos filhos.

Quem é a colunista: Eliana de Barros Santos.

O que faz: Psicóloga, pedagoga e diretora pedagógica do Colégio Global/Escola Globinho em São Paulo.

Pecado gastronômico: Um bom vinho tinto.

Melhor lugar do Mundo: Vancouver, Canadá.

Como falar com ela: ou colegioglobal@uol.com.br


Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte