Guia da Semana

Mesada invisível

Instituição lança cartão de crédito para crianças e adolescentes: cabe aos pais decidirem se a idéia vale a pena ou não

Foto: Morguefile


O Banco Real, preparado para atender as necessidades de consumo da criança e do adolescente entre 12 e 17 anos, lançou no mês passado, o "Real Primeiro Cartão". O produto direcionado a um perfil e uma faixa etária, que é hoje o público-alvo das grandes marcas, promete conquistar os pais dos jovens.

A princípio, a idéia parece estranha, mas o consultor financeiro e autor do best-seller Casais Inteligentes Enriquecem Juntos Gustavo Cerbasi afirma que esta é a tendência do mundo das finanças e que o cartão de crédito faz parte da modernidade. "É um instrumento de organização e excelente auxiliar na mesada". Na opinião dele, ganhar um cartão não significa que a criança vá perder o controle, muito pelo contrário, "É uma forma dos pais estipularem uma cota, e no fim do mês, junto com a chegada da fatura, sentarem para uma reunião e discutirem os gastos". O grande problema da novidade, é que as famílias, geralmente, falam muito pouco sobre dinheiro. O tema ainda é considerado um tabu dentro das casas. Isso é errado, se as crianças já crescerem entendendo como funciona será mais fácil economizar e lidar com ele para o resto da vida.

Foto: Morguefile
Para Cerbasi, os pequenos devem participar do orçamento doméstico. Ele confessa que aos 12 anos é um pouco cedo para já adquirir o cartão, porém acha fundamental que antes do vestibular os jovens (acima de 14 anos) já tenham noção e saibam administrar o dinheiro porque esta é uma missão que devem aprender para a vida adulta.

O cartão permite compras de no mínimo R$ 100,00 por mês, e os pais determinam o limite na agência bancária. O Guia da Semana fez uma pesquisa nos Shoppings Penha, Ibirapuera e Iguatemi em São Paulo e todos os comerciantes entrevistados já estão habilitados (apesar de ainda não ter acontecido) a aceitar compras de crianças ou adolescentes acima de 12 anos, desde que eles apresentem o documento de identidade. A resposta foi unânime: "Independente do valor".

De qualquer maneira, a mesada é importante, em dinheiro ou (agora) em cartão

Para Ricardo Rocha e Rodney Vertille autores de Esticando a Mesada, na infância e adolescência, a fonte de renda mais importante é a mesada, ou a "semanada", em alguns casos. Ela tem duas funções principais. A primeira é a que percebe-se mais facilmente: uma graninha que recebem para gastos do dia-a-dia. A segunda é fazer com que desde cedo se perceba a importância do dinheiro, entenda a dificuldade de ganhá-lo e aprenda a administrá-lo da melhor forma possível, poupando inclusive.

Foto: Morguefile


Os pais devem ter em mente que a mesada não pode ser, em hipótese alguma, uma maneira de compensação por alguma questão que eles não estão conseguindo resolver. E muito menos trocar o dinheirinho da semana ou do mês por ajudas domésticas, ou aumentar o valor em troca de algum outro trabalho.

Cerbasi explica que os pais devem acertar com os filhos, o que será pago por eles e o que os pequenos devem consumir com a mesada: "Por exemplo, cinema, guloseimas e figurinhas serão pagas com o dinheiro do filho e o resto fica por conta do pai. Ele aconselha que as crianças, ao receberem o dinheiro vivo (quando a mesada não for estabelecida em cartão de crédito), devem separar algumas quantias em envelopes, colocar com caneta qual é o destino de cada valor e sempre tentar poupar um desse envelopes. É sempre bom lembrar que a maior função da mesada é transmitir para a criança um poder de decisão.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte