Guia da Semana

Na estrada sem apuros

Viajar com a família é o momento mais esperado do ano. Para evitar sufoco durante o trajeto, separamos dicas de como distrair as crianças e deixar o caminho - que poderia ser maçante - divertido e prazeroso

Fotos: Getty Images


Com as férias escolares chegando, as crianças só querem saber de arrumar as malas e curtir momentos de muita diversão. Ficar em casa nem pensar!  Viajar para o interior ou litoral, é o que está nos planos da maioria e em alguns casos, sendo planejado há muito tempo.

Muitos pais encaram uma viagem de carro com os filhos como um grande pesadelo e alguns até desistem de roteiros que dariam para ser feitos com o veiculo, para não precisar passar por estresse.



Viagens longas acarretam desconforto, tédio e desgaste nas crianças. Se mal preparado, o passeio pode se transformar em um caos bem nos primeiros quilômetros. As cenas se repetem: crianças chorando, irritadas com a demora e com pressa de chegar ao destino. Quando são mais de um, os pequenos ficam brigando, reclamando um do outro e chamando pela atenção dos pais.

Mas nada disso é motivo para desânimo. Bem programada, toda aventura pode ser divertida e passar mais rápido do que o esperado. O Guia da Semana separou algumas dicas para que nada atrapalhe a alegria durante esse momento. Arrume as bagagens, coloque as crianças no carro e boa viagem!

Preparando as malas



Ninguém gosta de fazer as malas. Além de ser um trabalho chato e complicado, sempre se esquece algo. O ideal para viagem com crianças é fazer uma mochila somente para elas. Para quem tem filhos pequenos é indispensável uma sacola com itens necessários como fraldas, lencinhos umedecidos, pomadas, remédios, mamadeira e chupeta.

Já para os mais crescidos, uma conversa na hora de escolher o que levar é de grande ajuda. "As crianças podem e devem auxiliar nessa tarefa. Enquanto arruma a bagagem vá conversando com ela sobre cada item que vão levar e para que ele servirá", aconselha a educadora Antoniele Fagundes.

 A profissional lembra que mesmo que o destino seja uma praia, é sempre válido levar agasalhos, já que as mudanças climáticas são instáveis. Incluir um travesseiro e cobertor no carro para a criança se sentir confortável quando quiser dormir, também é importante.

Pensar em um lanche, mesmo que paradas durante o trajeto estejam programadas, evitam reclamações de fome. Prepare "marmitinhas" que ofereçam comidas saudáveis e leves. No caso dos bebês, papinhas e leite em pó já reservados em porções são as opções. "Levar alimentos e algumas guloseimas leves é importante. Não esquecer de uma garrafa térmica com muito líquido", lembra a psicopedagoga Cláudia Razuk.



Organizar uma "farmacinha" contendo antitérmicos, anticépticos, medicamentos para náuseas de vômitos, termômetro, repelentes, protetor solar, hidratantes para pele, álcool gel e curativos pode ajudar em qualquer emergência. É importante não esquecer de checar se as vacinas dos pequenos estão em dia, principalmente se o destino tiver passado por surtos de algumas doenças, como febre amarela, cólera, meningite, malária, entre outras.

Garantia de distração durante a viagem, os brinquedos não podem faltar. Mas nada de levar todos que existem em casa. "Os pais devem negociar com as crianças para que escolham pelo menos um que mais gostam", dá a dica, a psicóloga Any Bicego.

Diversão durante a viagem

Manter as crianças distraídas durante o percurso pode não ser uma tarefa fácil, mas não é impossível. Com jogos, brinquedos, livros e música, é possível mantê-los entretidos e fazer com que a estrada não pareça tão longa nem para você, nem para eles. Confira algumas práticas que podem ser bem úteis nesse momento:

*Jogo da contagem
Brinque de contar quantos carros pretos irão passar durante os próximos 10 minutos. Contar quantos animais encontram na paisagem no trecho que estão passando. Jogos para estimular o cálculo mental: uma pessoa propõe contas matemáticas e quem souber responde primeiro.

*Jogo da aposta
Façam apostas de qual a cor do carro irá aparecer primeiro; qual o sexo do motorista; qual o modelo do carro; qual a primeira letra da placa do carro.

*Jogo dos talentos
Faça um concurso de talentos. Pode ser concurso de piada, de histórias ou de música. O importante é cada um mostrar seu talento e apresentar um número diferente para cada opção.

*Jogo da continuação
Brincadeiras do tipo "Adivinhe quem é", nas quais uma pessoa fala características de uma pessoa ou um animal e os demais tentam adivinhar. "Lá vai uma barquinha carregada de ...", onde uma pessoa escolhe uma categoria (animais, cores ou objetos) e cada um repete a frase inicial, completando-a com uma palavra do grupo. Perde quem não conseguir mais respostas ou quem repetir uma resposta dada. "Se eu fosse..." (um astronauta, um animal especifico, um médico, etc) e completar a frase de maneiras bem diferentes. Brincar de "Quem lembra da música que tenha a palavra...", alguém diz uma palavra específica e os demais devem cantar a música que contenha tal palavra.

Mesmo com as brincadeiras vale lembrar que paradas durante o caminho são essenciais. Viagens acima de três horas, com crianças, necessitam de intervalos. "Essas paradas revigoram e tornam a viagem menos cansativa", destaca Antoniele Fagundes.

Atualizado em 26 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte