Guia da Semana

Namastê!

Ioga ajuda a controlar a ansiedade das crianças, traz benefícios à saúde e ainda ensina valores morais e éticos

Por Marjorie Ribeiro

Há mais de cinco mil anos, a prática tradicional indiana trabalha o equilíbrio do corpo e da mente. Em tempos em que a correria e o estresse fazem parte do dia a dia, a prática do ioga ganha cada vez mais adeptos, de diferentes idades e perfis.

Os novos simpatizantes da onda zen têm começado cedo e ensaiam os primeiros passos de mantras e meditação ainda na infância. A procura é tanta que os Centros convencionais e as escolas de educação infantil já oferecem cursos especiais para meninos e meninas, já a partir dos três anos.

"Além de tranquilizar, melhorar a respiração e aumentar a capacidade de concentração, a técnica estimula a consciência corporal da criançada", explica Ângela Martinez, professora do Centro de Estudos Nãrãyãna.

Fazer os pequenos agitados se concentrarem em exercícios de postura e respiração parece uma tarefa difícil. Mas ao contrário do que se pensa, Martinez, que dá aulas de ioga infantil há 13 anos, acredita que eles têm mais facilidades do que os adultos. "A criança tem uma leveza própria, que só se modifica com o tempo", afirma.

As turmas são divididas por faixa etária e os movimento se voltam, principalmente, à respiração, respeitando os limites de cada idade. Para atrair a atenção dos alunos, são elaboradas atividades lúdicas, por meio de histórias com personagens que fazem alusão às posições clássicas, que levam nomes da flora e da fauna, como árvore e cachorro.

É dessa forma que se estimula também a criatividade dos alunos. "Hoje em dia, eles têm poucas oportunidades de desenvolver a imaginação, a maioria dos brinquedos já estão prontos", afirma Martinez.

Segundo a professora, as mudanças são percebidas já nos primeiros meses. Como aprendem a trabalhar melhor a ansiedade, as crianças ficam naturalmente mais calmas. As outras transformações influenciam o comportamento e o crescimento, e são sentidas com o passar do tempo. Assim como nas aulas para adultos, ensinamentos, valores morais e éticos inerentes à filosofia oriental são também passados aos baixinhos. 

Bom para a saúde

Como a técnica zen aumenta a capacidade de concentração, é altamente indicada para crianças com desvios como a hiperatividade. Além disso, é comprovado que a prática traz melhorias também aos portadores de distrofixia muscular - doença sem cura, que provoca degeneração progressiva dos músculos.

Marcos Rojo, professor de educação física com formação em ioga, coordenou por dois anos um projeto no Hospital das Clínicas, em São Paulo, em que a modalidade foi aplicada em cerca de 80 crianças. Uma vez por semana, elas aprenderam, em aulas individuais, a realizar três diferentes exercícios de respiração.

"Em três meses, apresentaram avanços na função respiratória, medidas pelo expirômetro", explica Marcos Rojo. As mães dos meninos e meninas relataram também a diminuição de incidências de gripe e de bronquite, além da melhoria do sono nos filhos tratados.

Seguindo os passos da mãe

A arte-educadora Kátia Canton aderiu à técnica indiana enquanto estava grávida de João, que hoje tem 12 anos. Depois de concluir o curso de formação em ioga, passou a introduzir movimentos simples ao filho ainda pequeno."A minha prática acabou influenciando a dele, quando ele me via meditando, queria aprender também", conta.

Passou então a reunir crianças conhecidas e a ensinar alguns exercícios a elas. Em menos de um mês, a garotada se mostrava empolgada com a quantidade de movimentos que já conseguia fazer. Foi assim que surgiu a ideia de escrever o livro Yoga para crianças, lançado pela editora Cosac Naif. Com outras conhecidas publicações no currículo, ela introduz os fundamentos da arte milenar aos pequenos, por meio de uma linguagem simples e lúdica.

Hoje em dia, a prática incorporou a rotina de Kátia e João, mostrando que ela pode ser também trazida ao ambiente doméstico. "O mundo contemporâneo é extremamente disperso e agitado, por isso, o ioga é tão necessário e sua filosofia deve entrar nas casas", acredita.

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte