Guia da Semana

O fascinante mundo da leitura

Ler para os pequenos, levá-los a bibliotecas e livrarias, deixá-los manusear os livros ajuda a criar a curiosidade pelas histórias contadas no papel

Foto: Getty Images


Apesar de existir há mais de três mil anos, a literatura ainda conquista novas mentes no mundo moderno. Engana-se quem pensa que ler é um hábito cujos dias estão contados: as vendas de livros juvenis aumentaram seis vezes nos últimos cinco anos e os jovens têm consciência da importância que a leitura tem em suas vidas.
 

O grande desafio dos pais e dos educadores é fazer com que a criança dê os primeiros passos no universo dos livros. A princípio, alternativas de entretenimento passivas, como televisão e videogame, parecem muito mais interessantes. Contudo, se a prática é estimulada desde cedo, a criança pode descobrir que o esforço para a leitura é recompensado com histórias fantásticas e personagens muito mais atraentes do que os do desenho animado.

É importante que as crianças tenham contato com livros desde cedo, mesmo antes de aprenderem a falar. O objeto estimula a curiosidade e, conforme as histórias são contadas, aumenta o interesse em descobrir o que tem ali dentro. Contar histórias é uma atividade que deve ser rotina na vida de quem tem filhos pequenos, pois é um momento importante tanto para o aprendizado quanto para a consolidação da relação entre pai e filho.

Levar os filhos para livrarias e bibliotecas também estimula a curiosidade e ajuda a motivar a leitura. Nesse momento, deixar a criança escolher o livro é essencial. Contudo, devemos ficar atentos para o conteúdo, que deve ser adequado à faixa etária. Se não houver ressalvas, os pais podem levar a obra com tranquilidade e deixar que a criança saboreie a leitura.

A criança que lê tem contato com informações de diversas partes do mundo, conhece novas culturas e aprende melhor a sua própria língua. Nas páginas do livro, ela entra em contato com novas emoções e sentimentos, essenciais para construir sua identidade.


O hábito da leitura não vai morrer. Apesar do entretenimento passivo que a TV oferece parecer muito mais interessante, o prazer de descobrir um universo novo feito de tinta sobre o papel ainda é insuperável. Estimular o hábito, servindo inclusive como modelo de leitor voraz, é essencial para que as crianças quebrem a barreira da preguiça e descubram as maravilhas que a literatura oferece.

Quem é a colunista: Uma pessoa curiosa e interessada em tudo que pode fazer diferença para um mundo melhor.

O que faz: Pedagoga, é coordenadora pedagógica da Escola Manacá.

Pecado gastronômico: Pizza e chiclete de canela.

Melhor lugar do mundo: Qualquer um com minhas filhas.

O que está ouvindo no carro, iPod, mp3: MPB, rock, pop... tudo misturado...

Fale com ela: www.escolamanaca.com.br.


 


Atualizado em 11 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte