Guia da Semana

O Pequeno Príncipe

Exposição no Shopping Iguatemi leva adultos e crianças ao mundo dos personagens de Antoine de Saint-Exupéry

Foto: Divulgação


Passaportes carimbados e passagem liberada para a viagem por uma das mais clássicas histórias infantis de todos os tempos. Em um espaço de 300m² montado na Praça Erico Verissimo do Shopping Iguatemi, em Porto Alegre, a exposição O Pequeno Príncipe faz com que o universo mágico criado pelo escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, em 1943, fique um pouco mais perto da realidade dos adultos que guardam a obra na memória e dos pequenos que acabaram de conhecer o livro que ocupa o lugar de terceiro mais vendido do mundo, com cerca de 134 milhões de cópias.


Dividida em seis módulos, a mostra foi criada por uma designer apaixonada pelo conto do aviador que, perdido no deserto após um acidente, é resgatado por um misterioso menino que lhe ensina a encarar a vida a partir de um novo olhar. Responsável pelos direitos do livro O Pequeno Príncipe no Brasil, a curadora da mostra homônima e amiga da família de Exupéry, Sheila Dryzun, montou a exposição com o objetivo de compartilhar as histórias do autor com o público e convidar crianças e adultos a conhecerem ou relembrarem o livro.


- Meu desejo é que as pessoas se sintam dentro da história, que tenham a chance de chegar perto do campo de trigo, ver a raposa em sua toca, desenhar um carneiro para o Pequeno Príncipe... A exposição é um convite para que o público explore o livro e se descubra nele, pois trata-se de uma obra que, a cada leitura, revela novos detalhes e novas histórias.


Além de recuperar o clássico infantil, a exposição busca despertar sentimentos e valores nobres nos visitantes, a partir de temas como amizade, tolerância, sustentabilidade e solidariedade.


Em cartaz até o dia 7 de agosto, a mostra pode ser visitada de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 11h30min às 22h. As novas experiências com O Pequeno Príncipe, porém, não terminam por aí. No hotsite www.iguatemiportoalegre.com.br/pequenoprincipe é possível acessar mais informações sobre o livro e sobre a exposição, além de participar de um concurso cultural e brincar com o personagem. No Guia da Semana (www.guiadasemana.com.br) os internautas também podem conferir mais fotos e todas as informações sobre a mostra.


Foto: Divulgação


Avião no Deserto - Exupéry foi um experiente aviador e aventureiro. Em 1935, ao tentar fazer a rota que ligaria Paris a Saigon, o piloto-poeta sofreu um acidente que o fez ficar três dias perdido no deserto do Saara, sem comida nem água, até ser resgatado por um beduíno. Foi nesse momento que o escritor criou O Pequeno Príncipe. No início da exposição, o público encontra uma miniatura do avião de Exupéry e descobre um pouco mais sobre a aventura que deu origem ao livro.


Revoada de Pássaros - Em um ambiente fechado, imagens das aquarelas do livro são projetadas em tecido por meio da tecnologia wii, para reproduzir a revoada de pássaros que levou o Pequeno Príncipe até o local onde estava o corajoso aviador.


Foto: Divulgação


Asteroide B612 - Parte do minúsculo planeta onde vive o protagonista da história vira refúgio para as crianças que visitam a exposição. De cima da instalação, os pequenos assistem a um vídeo sobre a vida de Exupéry e participam da leitura de uma edição interativa da obra, com ajuda das monitoras do evento.


Foto: Divulgação


Torre Eiffel - Uma réplica de 10m de altura da famosa torre francesa faz parte da exposição para relembrar os anos em que Exupéry viveu em Paris. Junto dela, o Pequeno Príncipe se vê rodeado por dúzias de rosas como aquela que se torna sua grande amiga no conto do autor francês.


Foto: Divulgação


Caixa de Desenhos - A frase "Por favor, desenha-me um carneiro" é a ordem nesse espaço interativo da mostra. Diariamente, uma nova "caixa" com paredes brancas é montada no local para que os visitantes desenhem, rabisquem e esbocem seus próprios carneiros (ou o que mais a imaginação da criançada ousar), assim como o piloto perdido fez ao atender o pedido do frágil príncipe.


Toca da Raposa - Importante personagem da história de Exupéry, a raposa é um símbolo da amizade. Em meio a um campo de trigo (que lembra os cabelos do Pequeno Príncipe), a raposa dispara uma série de frases clássicas do conto, entre elas, a que diz que "Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas".

 

Atualizado em 18 Dez 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte