Guia da Semana

O prazer é meu, sogrinha

Se conhecer os pais do(a) namorado(a) é difícil, pode ser ainda pior se eles não forem com a sua cara - e fizerem questão de expressar isso

Foto: Getty Images

Na minha última coluna, falei sobre conhecer os pais do(a) namorado(a) e da possibilidade de você não gostar deles. Lidar com família, a sua ou de outra pessoa, tem suas complicações e chateações, ainda mais quando a relação com os integrantes precisa ser boa por uma questão de sobrevivência. Sim, porque os pais do(a) namorado(a) podem dificultar a sua vida, especialmente quando acontecer (e acontece!) de eles não gostarem de você.

São diversos motivos que fazem isto acontecer, desde simples ciúme do(a) filho(a), até por pura falta de afinidade. Os adultos costumam formar opiniões bem fundamentadas e falar aquilo que lhes vem à cabeça, ainda mais porque são as autoridades em casa e têm o poder de dizer: "Não quero esse(a) fulano(a) aqui!". É claro que nem todos são assim. Meus pais sempre foram tranquilos e, ainda que não simpatizassem com alguns ex-namorados, nunca se opuseram a nada e muito menos complicaram meus relacionamentos.

Com algumas das minhas amigas era bem diferente. Muitas tiveram problemas ao apresentar o namorado para a família e algumas chegaram a namorar escondido! Nunca fui a favor de mentir nesse nível para os pais e acho até agora que estou mais para adulta do que para adolescente! Comecei a namorar muito cedo, motivo para muitos pais se oporem a um relacionamento. E, às vezes, nós não sabemos ainda distinguir um bom caráter de um mau caráter - já os pais, por incrível que pareça, sim.

Se for só implicância dos "sogrinhos" com você, tente mostrar suas qualidades, mas também respeite o espaço deles. Não adianta forçar a barra ou tentar ser simpático demais, isso só vai deixá-los mais irritados. Converse com o(a) namorado(a) para entender os porquês de eles não irem com a sua cara e, se for algo ao seu alcance, trabalhe para melhorar. Evitar o contato com eles por um tempo e ficar bem na sua quando encontrá-los, pode ajudar. Na maioria das vezes, os pais só estão tentando proteger os seus filhos e precisam saber se podem confiar em você. Por isso, não se desespere! Conquiste-os aos poucos e aceite que a relação de vocês precisa ser boa, independente de se gostarem ou não - os "sogros" podem ser ótimos aliados ou os piores inimigos.

Leia as colunas anteriores de Fernanda Carpegiani:

Muito prazer, sogrinha!

Amor Compartilhado

Amizade Colorida

Quem é o colunista: Fernanda Carpegiani - Uma jovem cheia de energia,  que aproveita a vida de uma forma intensa e particular.

O que faz: Jornalista apaixonada.

Pecado gastronômico: Batata frita.

Melhor lugar do Brasil: Ubatuba - São Paulo.

Fale com ela: fecarpe@gmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte