Guia da Semana

Pequenos notáveis

Nintendo DS x PSP? Veja o comparativo e descubra qual console de bolso tem a sua cara

Arte: Fernando Kazuo


Quem nunca ficou em dúvida na hora de comprar um game portátil que atire a primeira pedra! Exceto para os gamemanícos que, junto com seu tipo sanguíneo já nascem com uma marca favorita - e nunca o abandonam - muitas dúvidas pairam nas cabeças dos simples mortais quando decidem adquirir aquele console de mão que serve de companhia para onde quer que vá. Desde o surgimento do Game Boy, em 1989, esse tipo de aparelho que roda jogos eletrônicos se popularizou pelo mundo inteiro e até hoje oferece entretenimento, diversão e, principalmente, mobilidade.

Para ajudar na escolha, selecionamos atualmente os dois melhores do mercado - Nintendo DS e PSP - com vantagens e desvantagens que cada um apresenta. De quebra, você ainda vê os principais jogos da plataforma. Oriente-se!

Console

O Nintendo DS ( Dual Screen) possui um design abre e fecha (similar ao Game Boy Advance), apresenta duas telas, aproveitando a inferior que age com o sistema touch screen para criar jogos inovadores e intuitivos. O aparelho possui gráficos semelhantes ao Nintendo 64, conexão sem-fio via Wireless local ou pelo Nintendo Wi-Fi Connection - que permite batalhas multiplayer pela internet com jogadores de todo o mundo. Além disso, conta com o flashcard, onde é possível rodar mp3, vídeos, programas como MSN, ebook, Word e jogos.

Foto: divulgação

Fight Night: Round 3, para console PSP

Já o PSP ( Playstation Portable) é a versão portátil do console da Sony. O gráfico é semelhante ao do Playstation 2 e o destaque vai para a sua tela widescreen com alta luminosidade e definição. Seguindo a família Sony, acumula além das funções de jogos, leitor de áudio, vídeo, acesso a internet através da rede Wi-Fi. A empresa aposta na ponte com o Play 3, no fato de servir de suporte a alguns jogos do Play 2 e no mérito do cliente poder acessar a loja virtual para fazer downloads.

Emulador

Item fundamental para um portátil, quando maior é a capacidade do console de emular outros sistemas, melhor o leque de opções para se divertir. Nesse quesito, o PSP leva vantagem por rodar jogos baixados através da rede da Sony e 'rodar' jogos de consolos pré-Playstation (Arcade, Mega Drive, Master System, Super Nintendo, Game Boy Advance, Atari, NeoGeo, entre outros). O Nintendo DS até consegue emular alguns sistemas, mas com qualidade, somente o NES, Master System e Game Boy Advance.

Jogabilidade

Foto: divulgação

Game Kirby: Canvas Curse, para Nintendo DS

Como aspecto positivo, o Nintendo DS conta com a caneta stilus para usar na tela touch screen. Um dos aspectos negativos é a dificuldade para segurar o aparelho; o outro é que, em determinados jogos, a caneta vira uma dependência que impossibilita a diversão sem o seu uso. O PSP decepciona com o desconforto na hora de segurar o aparelho, além de ter o botão analógico e digital, que dificulta a jogabilidade.

Dimensões, baterias e aplicativos

Aqui, quanto menor, melhor! Assim, o Nintendo DS leva vantagem em relação ao tamanho para as primeiras versões do PSP, por ser mais discreto, pode passar facilmente como uma carteira normal. O modelo da Sony tem maiores dimensões e não pode ser enfiado em qualquer bolso. O quesito bateria acompanha. Enquanto o DS oferece de 8 a 10 horas de diversão no brilho alto, o PSP chega apenas à metade disso, com um nível de brilho mediano. Caso fique muito tempo longe da tomada, a dica é você optar pelo portátil da Nintendo ou adquirir uma bateria sobressalente de PSP.

Apesar de poder visualizar no DS vídeos, ler textos, ver imagens, fotos ou ouvir músicas, a dificuldade de converter arquivos em softwares específicos e a falta de compatibilidade de visualização na tela oferecem mais dor de cabeça do que diversão para quem quer usar esses aplicativos. Fora isso, o console tira fotos com uma resolução VGA (0,4 megapixel), inferior a muitos celulares de hoje em dia. No PSP a conversão é menos trabalhosa e o resultado é bem superior ao concorrente. Se você quiser, dá até para ver aquela série favorita enquanto está em um ônibus coletivo.

Como você viu, não existe o portátil perfeito. Mas agora que mostramos as características de cada um, escolha o ideal para você, - se não puder ter os dois - compre seus jogos favoritos e comece a batalha!

Arte: Fernando Kazuo




Preço:

Playstation Portátil: em média R$ 900,00

Nintendo DS: em média R$ 850,00

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte