Guia da Semana

Primeiro check-up

Os exames que detectam possíveis distúrbios em recém-nascidos

www.sxc.hu

A hora do nascimento de um bebê é aguardada com ansiedade e expectativa por toda a família. Já parou para pensar por que é necessário que os recém-nascidos fiquem no hospital por três ou quatro dias? Eles devem ser acompanhados por especialistas durante os primeiros momentos de vida e passar por uma série de exames que indicam se há algum problema com sua saúde. Estes exames auxiliam na detecção e no tratamento precoce de possíveis doenças que começam a se manifestar após o nascimento.

www.sxc.hu

Os principais procedimentos são: o reflexo vermelho, a triagem neonatal e a avaliação audiométrica. Acompanhe o objetivo de cada um deles:

O Exame do Reflexo Vermelho - geralmente feito nas primeiras 24 horas de vida - possibilita aos médicos perceber se a criança tem algum problema de visão. Por meio da incidência de uma luz vermelha (oftalmoscópio) sobre a pupila do bebê, é possível visualizar sua retina e detectar doenças graves, como o glaucoma congênito, a catarata e a retinopatia da prematuridade.

www.sxc.hu

Se a retina do examinado apresentar uma coloração variável entre o alaranjado e o vermelho, a situação visual é considerada normal. Caso essa coloração fuja do convencional, exames mais específicos são exigidos para afastar possíveis riscos.

O Exame de Triagem Neonatal, mais conhecido como teste do pezinho, tem a função de detectar precocemente a presença de doenças metabólicas que, se não tratadas podem resultar em problemas neurológicos graves.

www.sxc.hu

Segundo o pediatra e neonatologista do Hospital e Maternidade Neomater, Roger Brock, uma simples picada no calcanhar do recém-nascido - a partir de 48 horas após a primeira alimentação deste - pode detectar erros inatos do metabolismo, infecções congênitas, hemoglobinopatias e alterações genéticas.

A Avaliação Audiométrica, conhecida popularmente como exame do ouvidinho, é feita, geralmente, no segundo dia do bebê no berçário. O teste realizado recebe o nome de Emissões Evocadas Otoacústicas e não é invasivo. "É suficientemente sensível para permitir o diagnóstico da deficiência auditiva já nos primeiros dias de vida", diz Roger Brock.

www.sxc.hu

A presença de problemas auditivos pode afetar cerca de 5% dos recém-nascidos. Se o exame do ouvido não for feito, os pais podem começar a acreditar que seu filho tem distúrbios mentais, quando, na verdade, o pequeno apenas não escuta parcial ou completamente.

Passando por esse três procedimentos, o bebê fica livre de possíveis complicações de saúde e, caso algum problema mais grave seja detectado no check-up, ele já pode iniciar o tratamento adequado e solucionar a dificuldade precocemente. Faça os exames básicos e nunca deixe seu filho sem acompanhamento pediátrico; o melhor remédio para qualquer moléstia é a prevenção!

Profissional consultado:

  • Doutor Roger Brock - Pediatra e neonatologista do Hospital e Maternidade Neomater

    Foto de capa: www.morguefile.com

  • Atualizado em 6 Set 2011.

    Compartilhe

    Comentários

    Outras notícias recomendadas

    Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

    Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

    Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

    Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

    Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

    Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

    Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

    Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

    4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

    Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

    Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

    Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte