Guia da Semana

Programas infantis que marcaram época na TV brasileira

O Guia da Semana listou 11 atrações que deixaram saudades

Quem foi criança ou adolescente nas décadas de 80 e 90 com certeza sente saudades de alguns programas infantis produzidos pela televisão brasileira. “Castelo Rá-Tim-Bum”, “Xou da Xuxa” e “TV Colosso” são alguns dos exemplos de atrações que animavam o dia a dia da criançada. 

+ Músicas clássicas que conhecemos graças aos desenhos
Veja toda a programação infantil de SP
+ Filmes infantis em cartaz

Em clima de nostalgia, o Guia da Semana listou alguns programas infantis que marcaram época. Confira:

Rá-Tim-Bum

O programa, dirigido por ninguém menos que Fernando Meirelles, eternizou o bordão “Senta, que lá vem a história”, que também era um dos quadros da atração. A produção marcou o gênero infantil por apostar no lado lúdico – o programa passava às crianças noções de ecologia, cidadania e matérias como Português e Matemática. Ganhou medalha de ouro no Festival de TV de Nova Iorque. O elenco contava com veteranos como Marcelo Tas (hoje no CQC), que interpretava o Professor Tibúrcio, e Carlos Moreno (o “garoto” Bom-Bril), o Detetive Máscara.

Glub-Glub

O programa se destacou na história da televisão brasileira por exibir desenhos e animações alternativos, vindos de países como Alemanha, Bélgica, França e Inglaterra.Na abertura da atração, uma TV cai no fundo do mar e é alimentada por um peixe-elétrico. O funcionamento do objeto faz a alegria dos peixes Glub (Carlos Mariano) e Glub (Gisela Arantes), além da caranguejinha Carol (Andréa Pozzi).

Mundo da Lua

A criatividade era o ponto principal do programa, que discutia temas familiares e educacionais de maneira bem divertida. O bordão “Planeta Terra chamando, Planeta Terra chamando”, do personagem Lucas Silva e Silva (Luciano Amaral), era o start para as mais divertidas aventuras do garoto de dez anos. Em meio aos problemas que passa a viver devido à passagem da infância para a adolescência, Lucas usa um gravador para criar histórias e situações de como ele gostaria que fossem as coisas.

X-Tudo 

Voltado principalmente aos pré-adolescentes, o programa X-Tudo era bastante educativo, apresentando bons conteúdos de ciências, literatura e cotidiano. O ator Gersón de Abreu e o simpático boneco X conseguiam entreter com maestria os pequenos telespectadores. 

Castelo Rá-Tim-Bum

Voltado para o público infanto-juvenil, Castelo Rá-Tim-Bum, da TV Cultura é um programa divertido e educativo. Tudo começa quando Biba, Pedro e Zequinha vão parar dentro de um enorme castelo mágico. Lá, eles conhecem Nino e os outros habitantes do castelo, como a cobra Celeste, o mostro Mau, o gato da biblioteca, entre outros.  A partir daí, o castelo vira ponto de encontro das crianças, que vivem muitas aventuras e situações engraçadas.

TV Colosso

Em abril de 1993 as manhãs dos pequenos era dominada pelo programa TV Colosso, uma emissora administrada somente por cachorros, comandados pela produtora Priscila, que sonhava com a fama. Além da Sheep Dog, a atração contava com outros personagens engraçados, como o operador Borges, o diretor de imagem que ficava na cabine de controle da programação chamando os desenhos animados.

Disney Club - Disney CRUJ 

A atração, que de 1997 a 2001 se chamava Disney Club e depois passou a se chamar Disney Cruj, exibia a transmissão "ilegal" de um programa feito por crianças. Na época, o ator Diego Ramiro interpretava o personagem Caju, que liderava a turma de ultra jovens composta por Chiclé, Macaco e Maluca. Os grandes bordões do programa são as frases "Não somos crianças. Somos ultra-jovens e merecemos respeito!" e "CRUJ, CRUJ, CRUJ, Tchau!".

Angel Mix

Angélica foi responsável por entreter a criançada a partir de 1996. Seu programa, intitulado “Angel Mix”, contava com diversas brincadeiras no auditório e desenhos animados. A parte final da atração era o momento mais esperado pelos pequenos, já que esse tempo era dedicado à novelinha “Caça-Talentos”, protagonizada pela própria Angélica. A partir de 1998 a novelinha passou a ser a “Flora Encantada”.

Xou da Xuxa

Apresentado por Xuxa Meneghel de 1986 a 1992, o Xou da Xuxa se tornou o programa infantil de maior sucesso da história da televisão brasileira. A atração, que ocupava as manhãs da Rede Globo de segunda a sábado, apresentava quadros de auditório (principalmente competições e números musicais) intercalados com desenhos animados.  

Oradukapeta

Comandado pelo apresentador Sérgio Mallandro, o programa fazia sucesso entre a criançada. Exibida pelo SBT de 1987 a 1990, a atração apresentava brincadeiras com as crianças da platéia, quadros humorísticos e muitos desenhos animados. Um dos quadros de sucesso do programa foi “A porta dos desesperados”, que era uma sátira da “Porta da Esperança”, atração do Programa Silvio Santos.

Show Maravilha

Com estreia em 1987, o programa de auditório foi um dos grandes sucessos do SBT. Mara Maravilha era quem comandava a atração, que era recheada de brincadeiras com o auditório, apresentações de músicos e bandas, e exibição de videoclipes e desenhos animados.

Atualizado em 15 Jan 2015.

Por Anna Thereza de Almeida
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte