Guia da Semana

Quando retirar a fralda?

Aos poucos, os pais devem desacostumar o bebê do uso da fralda e ensiná-lo a ir ao banheiro

Foto: Getty Images


Quando chega a hora de retirar a fralda, a criança percebe que está crescendo e que não vai mais depender dos pais para se limpar. Por isso, esse é um momento importante, que exige muita paciência.

Aos dois anos, a criança já está pronta para a retirada das fraldas, mas a idade não é uma regra, pois cada uma tem o seu tempo de desenvolvimento, que precisa ser respeitado.


Quando o pequeno começar a se sentir incomodado com a fralda suja, é um sinal de que está preparado para se desfazer dela, gradativamente. Para iniciar o processo, o diálogo entre pais e filho é fundamental. É necessário ser bem claro e explicar (de forma que ele entenda) por que a fralda não será mais necessária daquele momento em diante.


O assustador vaso sanitário pode ser um desafio para alguns pequenos. Nestes casos, o penico é um grande aliado. Naturalmente, algumas crianças têm medo de ir ao banheiro e recorrem a ele desde o começo.


Estrategicamente, os pais podem deixar o penico no lugar em que o filho costuma brincar. Assim, o estímulo virá através do contato que a criança vai ter sentando nele, mesmo com roupa e brincando, enquanto os pais explicam como e quando ele deve ser usado.


Meninos e meninas aprendem da mesma maneira, ou seja, primeiramente sentados. Com o tempo, os meninos devem ser estimulados a fazer xixi em pé como o papai, depois de já ter adquirido o controle de ir ao banheiro sozinho.


A palavra de ordem nesta fase é calma, pois as crianças às vezes não assimilam que estão sem fralda e podem urinar nas calças, principalmente enquanto dormem. Por isso, a despedida da fralda precisa ser gradual, usando-a primeiramente durante a noite, por exemplo.


Outro ponto que precisa de atenção é quando a criança pede para ir ao banheiro. Adiar pode prejudicá-la tanto no novo hábito que ela está desenvolvendo quanto na sua saúde, podendo gerar até uma incontinência urinária ou outros males em seu organismo ainda em desenvolvimento. Geralmente, quando pedem para ir ao banheiro ou ao penico, significa que já seguraram bastante e estão bem apertados.

Elogie cada etapa que a criança conquistar, mas sem exageros. Muitas vezes, ela poderá ficar sentada no penico e no vaso sanitário sem fazer nada e assim que sair, urinar ou fazer cocô na roupa. Isso é normal, pois o controle esfincteriano está começando. Limpe a criança e faça tudo de modo natural.


Cada aprendizado do filho, inclusive sair das fraldas, é um período de troca com os pais. Crie condições para que o processo de aprendizado seja o mais descontraído possível e sem medos, até porque o segredo está na dedicação de toda a família e muita paciência nesse início de independência que os pequenos experimentam.

 


Quem é a colunista: Regina Célia Rizzo, apaixonada por crianças.

O que faz: Assistente de direção do Colégio Itatiaia.

Pecado gastronômico: Apreciar uma boa comida e um lugar agradável.

Melhor lugar do mundo: A minha casa com minha família reunida.

Fale com ela: campobelo@colegioitatiaia.com.br



Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte