Guia da Semana

Realidade alternativa

Sósias de famosos são fotografados em momentos pessoais para mostrar ao público como poderia ser a intimidade das estrelas

Foto: www.alisonjackson.com
Será essa a maior ambição do príncipe?

Políticos posando apenas com roupas de baixo, rainhas utilizando o sanitário em um momento solene ou celebridades em instantes extremamente íntimos são os favoritos da fotógrafa britânica Alison Jackson, especialista em retratar a privacidade das pessoas mais importantes do planeta, porém, como a tarefa de concluir tal desafio é no mínimo complicada, a artista abusou da criatividade e recorreu aos sósias para conseguir captar a imagem perfeita, formando um vínculo entre a realidade e o imaginário. Ninguém em evidencia internacional é poupado do ataque de sua afiada lente, atores e atrizes de Hollywood, como Angelina Jolie e seu marido Brad Pitty, o ex-primeiro-ministro do Reino Unido, Tony Blair, e o presidente norte americano George W. Bush são alvos sempre cogitados.

Alison Jackson, amada por uns e
odiada por outros
Foto: www.bbc.co.uk
Polêmica desde o início de sua carreira, começou a ganhar destaque quando publicou, em 1999, duas pessoas idênticas a princesa Diana e seu amante Dodi Al-Fayed com um bebê mestiço nos braços, supostamente filho do casal. A cena foi considerada chocante para os mais conservadores por evidenciar ainda mais o adultério cometido contra seu marido, o príncipe Charles, e gerou um quiprocó na época de sua divulgação.

Mesmo com o circo formado, as imagens serviram perfeitamente para que a artista alcançasse o sucesso dentro de sua área. Considerada uma excelente profissional, também trabalhou na televisão e assinou diversas séries humorísticas para o canal BBC, NBC e Channel 4, na maioria das vezes, buscando inspiração no parlamento inglês para discorrer à sagaz sátira. Suas obras já viajaram por todos os cantos do planeta e foram cultuadas pelo público em diversas exposições, realizadas em oito anos de trabalho.

Em uma das filmagens criadas, feita de maneira a parecer que realmente foi colocada uma câmera escondida no lugar, Michael Jackson está sentado no banco de trás de uma luxuosa limusine, aparentemente acompanhado por um assessor. O veículo prossegue de maneira normal, mas quando o destino do rei do pop é alcançado e uma multidão de pessoas tenta invadir o carro de modo selvagem, o desespero do cantor ao brutal assédio é no mínimo hilariante. A tentativa inútil de fugir o joga no outro assento e o faz tapar os ouvidos enquanto grita histericamente, mantendo os olhos fechados pelo pavor. Outro momento interessante é o astro pintando a boca de uma criança com batom.

Banquinho amigo
Foto: www.alisonjackson.com
Na visita da família real do Reino Unido aos Estados Unidos, um curta-metragem evidência a calorosa recepção dada pelos americanos aos ingleses. Os integrantes da comissão são obrigados a passar pelo detector de metais e são revistados por dois grandes seguranças, colocados em seguida em posições cômicas. Nem mesmo a rainha é poupada, um deles não hesita em vasculhar dentro de sua saia para verificar se há algo suspeito. Tony Blair é considerado um dos personagens mais queridos, pois aparece de cueca em comemorações de feriado, dançando em cima de sua cama com uma guitarra ou abaixado para dar as costas como apoio para que Bush consiga subir em seu cavalo.

E os limites da brincadeira?

Mesmo com a divulgação constante sobre a utilização de sósias para a produção das imagens, os principais personagens utilizados para a criação das montagens podem se sentir incomodados com as semelhanças e as situações constrangedoras forjadas pelo registro da câmera. Um bom exemplo para ilustrar o caso é uma foto divulgada no site de Alison que mostra celebridades usando cocaína. O advogado Luís Agnaldo Pereira Dionisio, ao analisar os fatos, discursa sobre os processos aplicados à situação em defesa do ofendido: "Caso já tenha se consumado e mesmo que não venha se repetindo, a vítima poderá ingressar com uma Medida Cautelar pedindo para que o ofensor não mais repita o ato. Esta ação poderá ou não ser seguida de uma Ação Reparadora de Danos Morais e Materiais, de acordo com a vontade da pessoa".

Ataque explicito a família real
Foto: www.alisonjackson.com
"A lei brasileira não veda a utilização de sósias. Existe um ditado romano que estabelece que "tudo o que não está proibido é permitido", todavia, a Constituição Federal considera que "são invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação" (Artigo 5º, inciso X). Portanto, todo aquele que se sentir lesado poderá ajuizar a ação competente", afirma o profissional. Os instrumentos jurídicos aplicados ao tema são divididos em duas partes: o preventivo visa evitar a realização de um determinado ato, o reparador é recorrido quando já houve ou vem se repetindo determinada prática que desagrada terceiros.

O fotógrafo da Editora Segmento, Paulo Uras Neto, afirma que quando faz as fotos os direitos autorais sobre as mesmas passam a pertencer a empresa contratante. Se, por ventura, alguma gera polêmica e desagrada, na maioria das vezes quem responde ao possível processo é o órgão responsável pela veiculação da mesma, "As mídias impressas nos contratam e determinam qual tipo de trabalho precisa ser realizado. Para chamar a atenção dos leitores e ganhar mais destaque, muitas delas procuram os profissionais para flagrarem celebridades ou políticos em situações constrangedoras, momentos íntimos ou qualquer outro instante válido para a divulgação".

Pessoas públicas necessitam vincular sua imagem nos meios de comunicação para se promover perante o público, porém a privacidade alheia precisa ser preservada e é um direito de todo indivíduo. A divulgação de uma informação que não é considerada de interesse público pode gerar processos por parte dos lesados. Outro fator importante também é a falta de sensatez de muitas celebridades, que não se importam em ter relações sexuais em praias, mesmo com muitas pessoas presentes no local, ou quando colocam micro vestidos, não vestem as peças íntimas e vão para festas, reclamando no dia seguinte do assédio da imprensa. "Trabalhemos para que a sociedade se conscientize e aja dentro do bom senso, como ensina o Apóstolo Paulo: Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém", concluí Luís Agnaldo.

Serviço:

www.alisonjackson.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte