Guia da Semana

Reflexos de uma infância

Um trauma de infância pode proporcionar certos transtornos psiquícos no menor, como distúrbios emocionais, fobia social e suicídio


Uma briga entre os pais, uma agressão física ou verbal, insultos e provocações constantes sobre a criança são fatores suficientes para desencadear um trauma em qualquer menor com histórico de uma infância conturbada. Especialistas afirmam que o trauma na infância é uma particularidade que não pode ser definida facilmente.

De acordo com a psiquiatra do Ambulatório de Estudos de Transtornos de Ansiedade do Hospital das Clínicas, Carolina da Costa, um trauma pode ser gerado por diversos tipos de situações que provoquem um grau de estresse muito grande na criança e, assim, desencadear um transtorno psiquiátrico. "Cada criança tem um limite para reagir a um determinado acontecimento, por isso varia a forma de como ela se comportará no momento pós-traumático", indica.

Mas existem acontecimentos que são estressantes e devastadores por si só. Momentos que têm a capacidade de marcar efetivamente a vida de uma criança, como abusos sexuais, violência doméstica, falecimento de um ente querido e seqüestros. Nestes casos, o menor tende a desenvolver episódios depressivos, assim como explica o psiquiatra infantil Gustavo Teixeira, que foi o primeiro especialista a desenvolver um guia sobre Transtornos Comportamentais na Infância e na Adolescência. "Na fase da adolescência e adulta, a criança apresentará quadros de depressão, uso e abuso de drogas, atitudes de infração de regras e leis, como roubo, além de tentativas de suicídio e homicídio", acrescenta. Dados de pesquisas na área da infância e adolescência apontam que o suicídio é a quinta causa de morte entre crianças de 5 e 14 anos.

Há também menores que apresentam transtornos psíquicos mesmo tendo vivido em condições favoráveis a uma infância normal e saudável. "Há pessoas que nascem com uma pré-disposição genética a ter uma alteração de comportamentos. Com elas é comum que uma atitude não tão significativa se torne um trauma", explica o psiquiatra da Infância e Adolescência do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas, Enio Roberto de Andrade.

E não são as atitudes manifestadas dentro de casa que podem causar traumas na criança. O bullying é um comportamento caracterizado pela agressão feita de um colega para outro, seja na escola, na rua ou em grupos de amigos. Segundo Gustavo Teixeira, a criança que é vítima de bullying pode apresentar problemas comportamentais, como fobia social, distúrbio emocional ou transtornos invasivos do desenvolvimento. "O bullying na infância ainda pode provocar na idade adulta o work place bullying, um comportamento agressivo no ambiente de trabalho, o chamado assédio moral. A pessoa tem atos constantes de ridicularização sobre um outro companheiro", afirma.

Os tratamentos para os transtornos psíquicos gerados por um trauma podem ser realizados por uma combinação de terapia e medicamentos, que são determinadas de acordo com o grau do transtorno e avaliação do paciente.

SERVIÇO

Dra. Carolina da Costa - Psiquiatra especialista em Transtornos de Ansiedade
Tel: (11) 3081-5050.

Dr. Enio Roberto de Andrade - Psiquiatra especialista em criança e adolescente
Tel: (11) 3045-3502.

Dr. Gustavo Teixeira Psiquiatra especialista em criança e adolescente
www.comportamentoinfantil.com

(*) Fotos ilustrativas

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte