Guia da Semana

Relacionamento depois dos filhos

Sempre mantenha a chama do relacionamento acesa, seja com um jantar ou uma demonstração de carinho

Foto: Getty Images


Em um relacionamento, muitas coisas podem acontecer e as mudanças que surgem podem ser vividas de forma otimista ou não - depende de como o casal irá olhar cada acontecimento.

É necessário saber administrar cada conflito e mudança para evitar traumas que poderão complicar a vida a dois. Desde o início do relacionamento, estas adaptações são necessárias, pois são dois estilos de vida diferentes que se juntam e deve-se abrir mão de alguns desejos e vontades para que o convívio tenha uma duração.

A vinda dos filhos é uma outra mudança que pode gerar muito estresse e ansiedade, por ser um momento muito esperado, capaz de modificar toda uma rotina.

O relacionamento se modifica completamente e a vida a dois fica de lado em prol das necessidades dos filhos. O amor dos pais fica, por muito tempo, concentrado apenas na criança, e o casal acaba se esquecendo de alimentar a relação conjugal. 

Quando os filhos crescem e deixam de depender dos pais, nem sempre a rotina do casal volta, e a vida a dois deixa de existir completamente. Se antes o casal não enfrentava problemas no relacionamento, agora deverá enfrentar o "que restou" deste.

Ao contrário do que muitos acreditam, este investimento no parceiro deve existir desde a chegada do bebê. O cultivo dos momentos a dois deve ser mantido, assim como os resgates e investimentos românticos, a fim de mostrar a importância do outro em sua vida.

Afinal de contas, os filhos um dia irão crescer e criar sua individualidade, e o que restará será o convívio com o seu parceiro. É a qualidade deste convívio que definirá o quão duradouro e feliz esta vida a dois será.

Quem é a colunista: Psicóloga e pós graduada em Psicopatologia e Saúde Pública.

O que faz: Psicóloga clínica e apaixonada pela área de saúde mental.

Pecado gastronômico: Comida japonesa e uma boa massa italiana.

Melhor lugar do mundo: Onde não há preconceito, nem exclusão social por conta das diferenças.

O que está ouvindo no carro, rádio, mp3: Rock clássico sempre.

Fale com ela: vanessa.caramelo@uol.com.br, visite seu site e blog.



Atualizado em 12 Fev 2014.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte