Guia da Semana

Revelação pop

Começa a despontar no cenário musical teen a cantora mineira Lu Alone, que abriu os shows da Demi Lovato no Brasil e estudou com Jonas Brothers na infância

Fotos: Divulgação

Quem não queria ver por aqui uma cantora do estilo da Demi Lovato? Apesar de esbanjar autenticidade, é impossível deixar de comparar Lu Alone, a mais nova artista musical teen brasileira, com a musa pop da Disney. Quem ainda não a conhece já deve ter ouvido o hit Not The Right Day na novela Ti Ti Ti, da Rede Globo. Sim, a garota de 17 anos também canta e compõe em inglês, pois morou dos dois aos quatros anos de idade em Dallas, nos Estados Unidos, e, na volta, estudou em escola americana.

Com um talento precoce, a música sempre fez parte da vida da menina que nasceu em Belo Horizonte. Desde criança, sempre costumava a cantarolar para os pais. Quando tinha apenas cinco anos, começou a compor. Ela ainda nem sabia escrever, mas pedia para que colocassem no papel suas composições. Aos seis anos, estreou em um coral infantil e lançou um disco. "Meus pais costumam a dizer que não lembram minhas primeiras palavras, só das minhas primeiras canções", conta.

Ao longo dos anos, sua paixão pela música só foi aumentando. O rock entrou na vida de Luciana por intermédio do irmão, Ian, que é um pouco mais velho e é fascinado pelo ritmo. No aniversário de 15 anos de Lu, foi gravado um single com o hit Seguirei, que foi distribuído como convite da festa. "Coloquei a música em todos os sites que pude com o intuito de divulgá-la ao máximo. E deu certo. Em pouco tempo consegui, que alcançasse 145 mil views no Youtube", diz.

Foto: Divulgação


Primeiras dificuldades

Mas nem tudo são flores. No início, seu pai tinha muito medo que ela seguisse a carreira artística. "Insistia para que eu fosse médica, advogada, engenheira, qualquer coisa, menos cantora. Dizia que cantar poderia ser um hobby, mas como profissão era muito arriscado", lembra. Para mostrar que a música era muito importante para ela, começou a compor todos os dias. "Quando meu pai chegava do trabalho, eu entrava direto no quarto dele para cantar minhas novas composições", revela.

Quando seus pais perceberam a música fazia parte de Lu e que não poderiam impedi-la de realizar seu sonho, passaram a apoiá-la. "Desde então, eles vêm lutando e sonhando comigo", afirma. Em 2009, ela entrou no estúdio com a ideia de gravar um CD independente. E foi no meio das gravações que tudo deixou de ser uma fantasia para virar realidade. "Recebemos a ligação do diretor da Sony Music que estava interessado no trabalho. Então, começaram a aparecer outras gravadoras também", fala.

Princesinha do rock

O CD Lu Alone foi gravado em BH pela Som Livre e traz canções que contam suas histórias do colégio e suas observações sobre o mundo, sempre com estilo rock pop. O sucesso Change The World, por exemplo, possui uma batida pesada com ecos de bandas como Garbage e Cardigans. Já na dançante e heavy I'm Not a Little Girl há o som de guitarras invocadas. Para compor, a cantora se inspira em vários artistas e bandas pop, como Katy Perry, Miley Cyrus, John Mayer, Maroon 5, Taylor Swift, Beyoncé, Lady Gaga, Jota Quest, Tianastácia e Skank.

É claro que Demi Lovato também está entre os seus principais ícones e, inclusive, Lu fez a abertura dos shows da diva teen no Brasil. "Vejo a comparação que fazem entre mim e a Demi como um elogio, pois ela está entre as minhas cantoras preferidas e sempre foi uma referência pra mim", afirma. Além de ter subido no mesmo palco que a estrela da Disney, também foi vizinha dos Jonas Brothers quando morava nos Estados Unidos. "Fomos amigos quando éramos pequenos. Ano passado acompanhei a tour dos meninos pelo Brasil e aprendi muita coisa", revela.

Foto: Divulgação



Artista versátil

Além de mandar super bem nos palcos, Lu também mostrou que tem familiaridade com o vídeo nas participações que fez no Verão Nick, do canal Nickleodeon, e em um reality show no Multishow. Mas com tantos trabalhos, sua maior dificuldade é conciliar escola com carreira. "Isso é algo muito difícil e eu jurava que fosse mais fácil. Acabo tendo que estudar o dobro em casa, fazer aulas particulares e arranjar tempo para estudar no meio de viagens, entrevistas e shows. É a coisa mais louca que já fiz na vida, mas é possível".
 
Mesmo com muita correria, ela pretende voltar em breve para as aulas de piano e guitarra que teve que interromper por causa dos shows. Mas, no momento, todas suas atenções estão voltadas para o seu disco Lu Alone. "Estou no meio de um projeto e tenho muito que fazer para ele dar certo. Então, agora, o meu foco é o CD. Entro na sala de aula às 7h45 da manhã e saio às 15h45. Viajo no mínimo uma vez por semana. Também continuo compondo e ensaiando com a banda", diz.

Ainda neste ano, a cantora participa da abertura de shows da banda Restart, da turnê College Rock Nick Festival Show, em Belo Horizonte, e faz apresentações em Brasília e em Goiânia. Para alegria dos fãs, já existe uma turnê confirmada para o verão 2011 e muitos projetos ainda estão no forno e prometem surpreender o público.

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte