Guia da Semana

Rocker fashion

Descubra todos os truques para fazer uma produção da cabeça aos pés com o melhor do estilo Rockabilly

Você já foi para alguma balada em que as meninas estavam vestidas com saia rodada e blusa bem justinha - normalmente com estampa de bolinha-, e os meninos trajavam jaqueta de couro preta e abusavam de um grande topete, dançando freneticamente ao som de clássicos de Elvis Presley, Bill Halley e Chuck Berry? Fique tranquilo, pois não é necessário voltar no tempo para entrar nessa onda.

A influência dos anos 50 está cada vez mais ganhando destaque na moda atual, como uma opção retrô e, ao mesmo tempo, elegante para se vestir bem. Katy Perry já veio à cena várias vezes com um visual influenciado pelo estilo pin up e também pelo Rockabilly, que foi um movimento musical do início da década de 50, cuja base era a mistura do rock and roll com a música country, conhecida como hillbily.

Uma das grandes referências do que é ser rocker - como são chamados os adeptos ao estilo Rockabilly - é a cantora irlandesa Imelda May. Ela usa e abusa de peças cinquentistas e inspira suas fãs na hora de compor o visual. Se essa atmosfera vintage despertou-lhe a vontade de aderir o estilo, veja as dicas que o Guia da Semana conseguiu com duas rockers inveteradas. Elas contaram tudo o que as meninas e os meninos precisam saber para fazer uma produção perfeita a la Bettie Page e Elvis Presley.

Foto: Reprodução/Site Little Cure

Os vestidos retrô vendidos no site littlecure.com, por R$ 85,00, podem compor o visual Rockabilly para as garotas

Roupas 50´s

A estudante de jornalismo Rafaela de Sena literalmente respira Rockabilly. Ela enveredou no estilo a partir das músicas do Elvis que sua mãe escutava. A paixão foi tomando grandes proporções que acabaram levando-a a montar um blog, vestir-se com peças típicas e a fazer tatuagens pelo corpo sobre o tema, como uma pin up no estilo do pintor Gil Elvgren, cerejinhas e lacinhos.

Rafaela destaca que a inspiração do Rockabilly na moda é baseada nos modelitos de colegial mais comportados, como a combinação de saia godê de cintura alta e bem marcada com o suéter ou tubinhos mais provocantes, clássicos pelas divas Marilyn Monroe e Rita Hayworth. Ela completa que há várias referências do navy - estilo marinheiro - dentro da moda dos anos 50. As estampas também são essenciais para caracterizá-la. "Cerejas, cupcakes, polka dolt e poá - ou de bolinhas - são as mais usadas", explica.

Outra adepta ao estilo é Verônica Vanzo, que elege a estampa de bolinha como uma das marcas do Rockabilly, ao lado de vestidos com saias amplas e calças bem justas para mulheres. "A calça coladinha não era o mais tradicional, mas também era presente nesse universo. Esse look fica muito legal e pode ser visto no clipe Candyman, da cantora Christina Aguilera, que faz referências ao estilo", conta (o vídeo pode ser assistido ao final do texto). A estudante do segundo ano do Ensino Médio também se tornou uma rocker por influência dos pais. Hoje, ela frequenta casas noturnas que tocam Rockabilly e chegou até a realizar seu aniversário de 15 anos, em 2010, em uma delas: a The Clock, situada em São Paulo.

Já a moda rocker masculina é caracterizada principalmente por alguns acessórios marcantes como a jaqueta de couro preta e lenços colocados nos bolsos das calças, de acordo com Verônica. "Fora os acessórios, os meninos usavam calça jeans e camiseta, nada muito diferente de hoje em dia", completa a estudante. Rafaela sugere que os rapazes inspirem-se no visual de Marlon Brando no filme O selvagem e de James Dean no Juventude Transviada, que completavam o clássico calça jeans e camiseta branca com uma boina e camisa xadrez.

Foto: TV Globo/Estevam Avellar

O novo look do Fiuk possui inspiração no topete de Elvis Presley

Para completar o visual

Nos embalos dos anos 50, tanto os homens como as mulheres faziam produções nos cabelos característicos da época. O topete bem alto como o do Elvis Presley é a grande marca para os homens. Atualmente, releituras desse estilo de cabelo são exclusividades de rapazes bem descolados ou que frequentam o universo Rockabilly. Quem cortou os fios recentemente inspirado no ar retrô com topete foi o ator e cantor Fiuk.

Para as meninas que prezam pela praticidade, o rabo de cavalo bem alto com a franja de lado é o penteado ideal para entrar no estilo rocker, segundo Verônica. O cabelo da modelo estadunidense Bettie Page, com a famosa franja mais volumosa é uma das inspirações para as pin ups modernas. Rafaela acrescenta que o topete e o cabelo cacheado, feito com o uso de bobe e fixador, também são referências da época.

Quando assunto é maquiagem, a estudante de jornalismo revela que "não pode faltar o famoso 'olho gatinho', feito com delineador e muito rímel". Já nos lábios, o batom vermelho é regra. Para completar o look retrô da cabeça aos pés, as garotas podem optar por usar sapatos bonecas - com ou sem salto - ou modelos peep toe.

Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte