Guia da Semana

Sim, eles são populares!

Amados ou odiados, eles ainda são os mais comentados da escola

Foto: Getty Images

É fato que nós vivemos em um mundo capitalista, onde as pessoas que tem mais dinheiro são as mais assediadas, comentadas e amadas. Pode parecer exagero, mas tenho certeza de que você conhece alguém que adora se exibir com roupas ou coisas de valor e deixam os outros morrendo de inveja. Sei que você já se perguntou: "Será que se eu tivesse aquele tênis ela iria gostar de mim?" ou "se eu tivesse um celular mais caro elas seriam minhas amigas?". Bom, isso é normal. Eu também já me fiz algumas dessas perguntas.

Na turma sempre existem as patricinhas (patys) e os mauricinhos (boys), odiados ou amados, eles existem. Sempre estão bem vestidos, tem celular de ultima geração, frequentam lugares caros, etc. Muitos jovens se aproximam desses "riquinhos" por interesse, querem conhecer suas casas, compartilhar das suas roupas ou mesmo fingir que é um deles. São verdadeiros amigos comprados, que nem ao menos tem uma personalidade própria.

Agora, será que todas as "patys" e  "boys" são sempre chatos e exibidos? Acredito que não. Conheço muitos "riquinhos" que são super legais, não são exibidos e nem metidos. São pessoas que também têm defeitos e virtudes como qualquer outro ser humano. Além do mais, ninguém pede para nascer rico ou pobre! Ter dinheiro não é um defeito e ninguém é obrigado a viver fazendo votos de pobreza. Muitos deles até trabalham para poder comprar todas essas coisas ou seus pais deram duro para que pudessem desfrutar do dinheiro.

Talvez tenham essa fama porque nós mesmos os colocamos nesse patamar, tratando-os como se fossem superiores. Se todos os tratassem como pessoas "normais", não existiria essa diferença. Os jovens deveriam se ligar mais no que as pessoas são e não no que elas possuem.

Se você ficar chateado porque não tem aquele tênis ou não pode usar roupas de marca, pense que estilo não tem a ver com dinheiro. Conheço várias pessoas que abusam tanto das marcas que acabam parecendo um cartaz ambulante! Além do mais, nem sempre as roupas caras são as mais bonitas; uma combinação bem feita e que tem a sua cara pode fazer um baita sucesso. E quando sua grana estiver curta e você estiver a fim de se divertir, faça programas mais baratos. Sessão de filme com os amigos é super legal, será muito divertido e todos irão rir muito. Eu garanto!

Lembre-se: pessoas que dão muito valor às coisas materiais, nem sempre são legais e verdadeiras, pois grana desperta interesse. Tenho certeza de que ninguém quer ter amigos comprados.  Dinheiro é ótimo, traz benefícios e conforto, porém não é
tudo na vida e nem é sinônimo de completa felicidade.

Quem é o colunista: Diego Aquino.

O que faz: Estudante de Jornalismo.

Pecado Gastronômico: Pizza.

Melhor Lugar do Brasil: Porto Seguro.

Para Falar com ele: aquino.live@hotmail.com

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte