Guia da Semana

Tentando de Novo

Depois de tanta pesquisa e visitação, você percebeu que seu filho não está feliz na escola. O que fazer?


Foto: Getty Images

Problemas na adaptação, dificuldade de aprendizagem, tropeços na socialização. Muitos fatores podem tornar o dia a dia na escola tenso e pouco proveitoso. Se, ao sair de casa, seu filho mostra resistência e ao voltar não está eufórico para contar sobre a aula, a professora e os amigos, certamente algo não vai bem.

De acordo com Paula Fontana Fonseca, psicóloga do serviço de Psicologia Escolar da USP, os pais precisam prestar atenção em sinais sutis, como a vontade que a criança tem de ir à escola, e saber diferenciar problemas mais sérios de simples manha ou cansaço. "Os pais também têm que respeitar o tempo dos filhos, pois há crianças que demoram mais para se adaptar à nova rotina e ao afastamento dos pais", explica.

Paula ressalta ainda que os pais devem ficar atentos ao comportamento do filho no ambiente escolar. "Às vezes, a criança não quer ir para a escola, mas quando a mãe vai buscá-la a encontra brincando, integrada com os colegas. É preciso ter em mente que nem todos os dias são bons e momentos ruins não são necessariamente sinal de algo maior", orienta.

Independente da dificuldade, as especialistas são unânimes: trocar de escola não é o primeiro passo. "Antes de tirar o filho da escola, os pais têm que tentar resolver os problemas em parceria com o colégio. Tirar os filhos das dificuldades que encontram não é o melhor caminho, eles têm que aprender a lidar com isso. Mas, se existe uma inadequação, os pais devem, sim, procurar outra escola", afirma Maria Martinez Lima, psicopedagogoa e diretora pedagógica do Colégio Batista Brasileiro.

Para Neide Noffs, doutora na área de educação e coordenadora do curso de Psicopedagogia da PUC -SP, os pais sempre devem tentar alinhar filhos e escola e, se a mudança for necessária, deve ser feita no semestre seguinte. "A troca pode esperar, excetuando-se os casos de não aprendizagem e violência. O caminho deve ser sempre o diálogo e a escola tem que ajudar nesse alinhamento. Caso contrário, o filho cria o pensamento de 'se vou mal, mudo, se não gosto, mudo' ", alerta.

Sem Cobranças

Foto: Getty Images

Embora os pais sempre queiram acertar logo na primeira escola, às vezes o feeling falha e é preciso fazer a troca. "A escolha certa é muito subjetiva, baseada nos valores dos pais e no momento da criança. A educação deve ser pensada em ciclos e o que os pais querem para os filhos pode mudar ao longo do tempo", destaca Paula Fonseca.

A psicóloga ressalta que a escola não precisa ser para a vida toda e que não é o único lugar de formação da criança. "A escola é importante, mas os pais não devem tê-la como o lugar mais importante. A criança não vai ser educada na escola, a família tem papel fundamental na transmissão de princípios, valores e respeito", reforça.

Para Neide Noffs, eventuais erros na escolha dos colégios devem ser encarados como uma construção necessária para o papel de mãe. "Ela também vai aprender com a escolarização da criança, com a instituição escola. É novo para o filho e para ela. A mãe é passível de erro, não pode acertar sempre. E o filho, por mais adaptável que seja, poderá ter situações de insatisfação, importantes para o seu crescimento. Não estar sempre contente não é sinal de falta de adaptação nem de infelicidade", completa.
 








Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte