Guia da Semana

Ver, ouvir e brincar

Artistas consagrados mesclam trabalho e diversão em projetos voltados ao público infantil

Foto: Nino Andrés

Lulu Camargo, John Ulhoa, Fernanda Takai, Ricardo Koctus e Xande Tamietti com seus brinquedinhos que fazem o som de verdade do novo álbum do Pato Fu

Tendência ou coincidência? Essa é a questão para o público sobre a nova onda de grandes artistas apresentando projetos com e para as crianças. A mais nova a enveredar por esse segmento foi a banda Pato Fu. O quinteto mineiro ganhou integrantes-mirins nos vocais, que são bem pequenos em tamanho e grandes no talento. O grupo lançou, neste mês, seu álbum mais recente: Música de Brinquedo. O grande plus desse trabalho é ter todos os arranjos e melodias produzidos em instrumentos de brinquedo ou miniaturas.

Fernanda Takai, vocalista da banda, revela que reuniram os instrumentos que tinham -alguns ganhados-, compraram outros e até pediram outros emprestado. Tudo para escolher os que mais se encaixavam nos arranjos de cada música. "Alguns tinham um som muito bom, mas a afinação não dava. Outros tinham escalas transpostas e tivemos de aprender a lidar com eles. A limitação foi a palavra-chave para montarmos o quebra-cabeça", explica. Flauta, xilofone, kalimba, escaleta, metalofone, glockenspiel, kazoos, apitos, tecladinho-calculadora, saxofone de plástico, pianinho, minibateria e os brinquedos Drawdio, que é um lápis-instrumento, e Genius, que emitia sons através de botões coloridos, foram alguns dos itens utilizados para dar uma releitura infantil a grandes clássicos da música nacional e internacional. Os destaques ficam para Primavera, imortalizada na voz de Tim Maia, Todos Estão Surdos, de Roberto Carlos e Erasmo, Live and Let Die, cantada por Paul McCartney e Love Me Tender, de Elvis Presley.

A banda justifica a escolha de músicas consagradas, pois o impacto das pessoas seria muito maior ao ouvir o que já conhecem - os mesmos arranjos -, mas tirados de instrumentos de brinquedos, nota por nota. John Ulhoa é o responsável pela produção do álbum, além de ser o guitarrista da banda. No entanto, é visível nos making of disponíveis no site do Pato Fu que o mérito do produto final é fruto também da criatividade dos demais integrantes. "O mais complicado foi a captação de som, além da afinação. Dá pra ver (nos making of) claramente como foi difícil, mas muito divertido", conta Fernanda.

Foto: Divulgação

O segundo CD do Adriana Partimpim Dois conta com regravações grandes nomes da música nacional, como Caetano Veloso, Erasmo Carlos e Roberto Carlos

De gente grande para gente pequena

Puxando pela memória, é possível lembrar de outros artistas famosos que fugiram do seu público-alvo original para realizar um trabalho com cunho infantil, mas nem sempre restrito. A precursora foi Adriana Calcanhoto, com os dois álbuns Partimpim, em que dá uma cara mais lúdica a músicas conhecidas e inclui algumas inéditas. O CD Pequeno Cidadão foi outro projeto feito para e com os pequenos. Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra, Taciana Barros e Antonio Pinto trouxeram seus filhos para o universo da música e fizeram um belíssimo trabalho com quatorze canções autorais e vários shows.

Os mestres da levada baiana Ivete Sangalo e Saulo Fernandes encantaram a todos com o álbum A Casa Amarela, em que gravaram composições próprias recheadas de bom humor e com temáticas de bichos, cotidiano infantil e até mesmo sobre fazer xixi na cama. Jair Oliveira e Tânia Khalill montaram um espetáculo, escreveram um livro e gravaram um CD, todos intitulados Grandes Pequeninos, cuja principal inspiração foi a filha Isabela. No projeto, eles abordaram o universo mágico dos bebês e dos pais novatos, as obrigações e as alegrias desse convívio.

 Já o diferencial de Música de Brinquedo é que não foi um álbum feito diretamente para as crianças, mas muitas vão gostar pelo simples fato de se identificarem com as vozes fofinhas e as afinações imperfeitas. "Fizemos um disco pra gente mesmo, somos o nosso primeiro público. Não é um projeto especial, é um álbum de carreira do Pato Fu, que foi feito com orgulho", relata Fernanda. A vocalista revela que há muito tempo a banda planeja um disco nesses moldes e a primeira inspiração veio em 1996, quando ouviram um disco da turma do Snoopy cantando Beatles. O segundo incentivo surgiu com o nascimento de Nina, filha de Fernanda com John Ulhoa, em 2003. O evento aumentou a quantidade de instrumentos de mentirinha na casa deles, levando à concretização da ideia de gravar esse CD. "Acho que a Nina não pensava seriamente no que fazia. Estava brincando de gravar. Depois que viu tudo pronto, ficou muito feliz e conta para todo mundo agora", confessa Takai.

Foto: Divulgação

O espetáculo Grandes Pequeninos foi encabeçado pelo casal Tânia Khalill e Jair Oliveira, inspirados na sua filha Isabela

Turnê divertida

Mais do que tudo, os integrantes do Pato Fu parecem estar se divertindo muito com esse novo álbum. O show de estreia aconteceu nos dias 7 e 8 de agosto, no Teatro Nelson Rodrigues, no Rio de Janeiro. Mais parecia uma festa do que um espetáculo de música. Diferente do Pequeno Cidadão, que trazia para o palco as crianças em suas apresentações, Música de Brinquedo vai ganhar dois bonecos criados pelo grupo teatral Giramundo, que 'susbstituirão' os vocais infantis: Nina, Mariana e Matheus. "Os bonecos são monstrinhos, terão vozes de monstros mesmo. É tudo ao vivo e são os marionetistas quem vão cantar", informa Fernanda.

Para quem já ficou encantado só de ler sobre o novo álbum do Pato Fu, a dica é ficar atento aos próximos shows. Os espetáculos acontecerão em Belo Horizonte, nos dias 4 e 5 de setembro, no Teatro Dom Silvério. No final do mês, dias 17, 18 e 19, o Pato Fu se apresentará em São Paulo, no Sesc Vila Mariana. Quem ainda não ouviu nada sobre o Música de Brinquedo, pode aproveitar a prévia no vídeo abixo.




Atualizado em 1 Dez 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Dia das Crianças no Rio de Janeiro 2016

Confira as opções de diversão na Cidade Maravilhosa para a data

Mais de 15 passeios em SP para curtir com crianças neste fim de semana

Opções de teatro, musicais e passeios gratuitos para ir em família e se divertir junto com os pequenos!

Beatles para crianças: 4 motivos para assistir à série Beat Bugs com seu filho

Primeira temporada da série infantil já está em cartaz na Netflix

Raposo Shopping oferece oficina gratuita para crianças que gostam de cozinhar

Atividade ensina aos pequenos receitas do programa "Tem Criança na Cozinha", do canal Gloob

4 motivos para levar as crianças para assistir ao espetáculo "Galinha Pintadinha em ovo de novo"

Peça fica em cartaz até dia 28 de agosto, no Teatro Net

Rede de cinemas oferece ingressos gratuitos para pais acompanhados dos filhos

Pais que forem ao cinema com os filhos no Dia dos Pais não pagam o ingresso nos cinemas Playarte