Guia da Semana

A Paixão de Cristo

Peça cristã relata as últimas horas de vida de Jesus Cristo

Este evento terminou

A Paixão de Cristo

Data Sáb 01 Jan 2000
2 de abril de 2010.

Preço(s) R$ 30,00 (com desconto de 20% para quem compra pelos telefones 3337-0933 ou 9106; 30% de desconto para clientes ZH e acompanhantes).

Horário(s) 20h.

Peças de teatro: Drama

Avenida Ipiranga, 5311, 90160-000

Telefone (51) 3014-2001

Este conteúdo ainda não foi avaliado pelo Guia da Semana. Você já esteve aqui? Deixe um comentário nos diga o que você achou.

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Teatro da AMRIGS

Teatro da AMRIGS

O teatro complementa o complexo da AMRIGS, difundindo cultura e lazer

Bourbon Shopping Ipiranga

Bourbon Shopping Ipiranga

208m

McDonald´s - BIP Cold Kiosk

McDonald´s - BIP Cold Kiosk

208m

Nanking Jardim Botânico

Nanking Jardim Botânico

279m

Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica

Museu de Ciências Naturais da Fundação Zoobotânica

295m

Jardim Botânico

Jardim Botânico

295m

Notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP