Guia da Semana

Farsa

Marcos Breda, Cláudia Ohana e grande elenco encerram a temporada de Farsa

Este evento terminou

Farsa

Data Sáb 01 Jan 2000
18 e 19 de Dezembro de 2009.

Horário(s) Sexta e Sábado, 21h.

Praça da Matriz
Praça Marechal Deodoro, s/n°, 90010-300

Telefone (51) 3227-5100

Em ritmo frenético, com números musicais coreografados e cantados ao vivo pelos atores, o espetáculo traz textos de grandes autores da literatura, tais como Miguel de Cervantes, Anton Tchekov, Molière e Martins Pena, mostrando um dos mais antigos, leves e divertidos gêneros da história do Teatro: a farsa. Nascido na Grécia Antiga no século V a.C., e consolidado na França do século XV, ele permanece, como se verá, esbanjando vitalidade.

Farsa já foi assistido por 50 mil pessoas em mais de 150 apresentações realizadas em 29 cidades desde a sua estreia nacional em agosto de 2007 no Theatro São Pedro, em Porto Alegre; concorreu a oito premiações em diversas categorias, incluindo as de Melhor Espetáculo e Melhor Diretor (Luiz Arthur Nunes); e representou o Brasil ano passado no XXX Festival Internacional de Teatro de Manizales (Colômbia) e na edição de Bogotá do II Festival VivAmérica.

O espanhol Miguel de Cervantes (1547-1616) comparece com Os Faladores, em torno da volúpia verbal de dois incorrigíveis falastrões. O russo Anton Tchékov (1860-1904), com O Urso, sobre as desavenças e o enlace entre um rude fazendeiro e uma bela e suspirosa viúva. O francês Molière (França, 1622-1673), com O Médico Saltador, que narra em ritmo frenético as peripécias de um criado que se faz passar por médico para promover a união do patrão com a sua amada. Por fim, mas não por último, o nosso Martins Pena (1815-1848) prova que sua dramaturgia nada deixa a dever aos consagrados companheiros de ofício do Velho Mundo com a rocambolesca Os Ciúmes de um Pedestre, sobre as artimanhas de um fogoso vizinho e de um jovem enamorado para encontrar a mulher e a filha do temido capitão-do-mato, que, em suas andanças atrás de escravos fugidos, as mantém trancafiadas a sete chaves.

Farsa é o terceiro da série de cinco espetáculos envolvida no projeto de pesquisa e encenação, em um período de dez anos, de diferentes vertentes da dramaturgia cômica universal, desenvolvido pelo ator Marcos Breda em parceria com a Caravana Produções Culturais, com a colaboração de Luiz Arthur Nunes.  Antes dele, subiram à cena o clássico da commedia dell´arte Arlequim Servidor de Dois Patrões, de 2002, que permanaceu dois anos em repertório, e o melodrama A Maldição do Vale Negro, de 2004.

Ficha Técnica:
Direção: Luís Artur Nunes
Elenco: Marcos Breda, Mario Borges, Claudia Ohana, Gabriel Wainer, Iris Bustamante, Carmen Frenzel e Kadu Fávero.
Cenografia: Hélio Eichbauer
Figurinos: Coca Serpa
Iluminação: Paulo César Medeiros
Música: Alexandre Elias
Visagismo: Rose Verçosa

Classificação Etária: Livre

Duração: 1h30

Ingressos:
Platéia: R$ 50,00
Camarote Central e cadeira extra: R$ 40,00
Camarote Lateral: R$ 30,00
Galeria Central: R$ 10,00
Galeria Lateral: R$ 10,00  

Descontos:
50% para sócios AATSP na estreia; 20% para titular e acompanhante do Clube do Assinante ZH.  

Não será permitida a entrada com equipamentos fotográficos e filmadoras, sem prévia autorização.

Foto:
Divulgação / hagah.

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Café Theatro São Pedro

Café Theatro São Pedro

Palácio Piratini

Palácio Piratini

Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz)

Praça Marechal Deodoro (Praça da Matriz)

Catedral Metropolitana Nossa Sra. Madre de Deus (Matriz)

Catedral Metropolitana Nossa Sra. Madre de Deus (Matriz)

4m

Memorial do Ministério Público

Memorial do Ministério Público

47m

Palácio Farroupilha

Palácio Farroupilha

55m

Notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças