Guia da Semana

Pessoas - Diário do Desassossego

Espetáculo de dança contemporânea, coreografado e dirigido por Ivan Motta

Este evento terminou

Pessoas - Diário do Desassossego

Data Sáb 01 Jan 2000
27, 28 e 29 de outubro de 2009.

Preço(s) R$ 20,00.

Horário(s) Terça. quarta e quinta, 21h.

Avenida Erico Verissimo, 307, 90160-180

Telefone (51)3221-6622

Segunda parte da trilogia inspirada em Fernando Pessoa e seus heterônimos, Pessoas - Diário do Desassossego é um  manual de sobrevivência para o sonhador. Com uma obra fragmentária e hesitante, o espetáculo busca explorar as contradições e as fragilidades da alma, onde o sonho vale mais que o mundo real.

Ficha Técnica:
Direção e Coreografia: Ivan Motta
Elenco:
Didi Pedone
Cristiano Carvalho
Giuli Lacorte
Beto Volkamnn
Mariano Neto
Rossana Scorza
Letícia Paranhos
Produção geral - Companhia H
Assistente de produção - Luka Ibarra
Projeto Gráfico - Agência de Arte
Iluminação - Taylor Araújo
Figurinos - Atelier Alfa

Foto: Divulgação/hagah.

Compartilhe

Comentários

Explore ao redor

Notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP