Guia da Semana

Rayuela

Este evento terminou

Rayuela

Data Sáb 01 Jan 2000
Até 16 de janeiro de 2010.

Horário(s) De segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 18h.

Praça Montevidéo, 10, Centro 00000-000
Ana Alegria apresenta a exposição Rayuela (signos, cercas e a passagem do tempo). As obras representam uma síntese dos mais de 30 anos de trabalho da artista, em um percurso que visa as reinvenções dos elementos que compõe sua arte. O título da mostra, Rayuela, é uma referência à obra de mesmo nome do escritor argentino Julio Cortázar (conhecida no Brasil como Jogo da Amarelinha). Cortazariana irremediável, Ana Alegria emprega signos, símbolos e cores dos quais se apropriou, inventou ou reinventou com o passar do tempo, e lança um novo olhar sobre suas relações, reinventando significados.Foto: Divulgação/ hagah.

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Ichiban

Ichiban

Aspargus

Aspargus

Gazebo

Gazebo

Fritz

Fritz

Sushi Brasil

Sushi Brasil

Confraria do Camarão

Confraria do Camarão

Notícias recomendadas

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP