Guia da Semana

Zé Nogueira

Saxofonista participa do projeto Circular BR

Este evento terminou

Zé Nogueira

Data 21 Out 2009-27 Out 2009
27 de outubro de 2009.

Preço(s) R$ 10,00.

Horário(s) Terça, 21h.

Rua Dom Pedro II, 861, 00000-000

Telefone (51) 3363-1111

O quarteto do saxofonista Zé Nogueira recebe o violonista e compositor Guinga.

O Circular BR é uma iniciativa na área de Música Popular Instrumental Brasileira, onde cada atração apresenta seu trabalho autoral, moderno, mas sempre com fortes influências musicais de sua região de origem, no Brasil.

Sob a batuta do coordenador geral (e também músico) Marcelo Guima, serão apresentados 24 shows em 06 cidades do Brasil. Quatro grupos receberão convidados especiais no palco e mostrarão a diversidade que a música instrumental ganha quando nela são aplicados elementos regionais.


Zé Nogueira
Carioca, Zé Nogueira iniciou sua carreira profissional na década de 70. O saxofonista cursou o Conservatório Brasileiro de Música (RJ), a Escola Nacional de Música da UFRJ e a Berklee College of Music (Boston).

Participou, como instrumentista, de musicais como Gota d´água, Ópera do malandro e O Rei de Ramos, todos de Chico Buarque. Integrou a Orquestra Sinfônica da UFRJ. Atua em shows com artistas como Edu Lobo, Djavan, Chico Buarque, Zezé Mota, Simone, Zizi Possi, Marcos Ariel, Victor Biglione, Rique Pantoja, Zé Renato, Verônica Sabino, Leila Pinheiro, Toninho Horta, Flavio Venturini, Cristóvão Bastos e Luciana Rabello.

Participou dos festivais de Varadero, Cuba; Montreux, Suíça; Kool Jazz Festival, Nova York; Pentax, Tóquio; Jazz a Juan, França. Produziu, em parceria com Victor Biglione, a trilha sonora do filmes Faca de dois gumes, de Murilo Salles, e, em parceria com Cristóvão Bastos, a trilha sonora do filme Mauá - O Imperador e o Rei, de Sérgio Rezende.

Liderando um quinteto formado por Jorge Helder (baixo), Jota Moraes (vibrafone), Jurim Moreira (bateria) e Ricardo Silveira (guitarra), lançou o CD instrumental Carta de Pedra - A Música de Guinga (2008), com 12 composições de Guinga.

No Circular BR 2009, Zé Nogueira toca ao lado de Jurim Moreira (bateria), Jorge Helder (contrabaixo acústico) e Lula Galvão (guitarra).


Guinga
Carioca, alterna o trabalho de compositor e violonista com o de dentista, sua profissão original e que continua exercendo.

Suas primeiras composições gravadas foram Conversa com o Coração e Maldição de Ravel, ambas em parceria com Paulo César Pinheiro e lançadas em 1973. Em 1979, Elis Regina gravou no disco Elis, Essa Mulher sua música Bolero de Satã. Nas décadas de 70 e 80, participou de gravações como violonista e, em 1989, fez o primeiro show, com Paulo César Pinheiro e Ithamara Koorax.

Em seu primeiro disco, Simples e Absurdo, lançado em 1991, contou com participações ilustres como Chico Buarque e Leny Andrade. Seus três CDs seguintes, Delírio Carioca, de 1993, Cheio de Dedos, de 1996, e Suíte Leopoldina, de 1999, alternam faixas instrumentais e cantadas. Suíte Leopoldina foi considerado pelos jornais O Globo e Jornal do Brasil o melhor CD de MPB do ano.


Pontos de Venda
- Bellenzier Pneus, de segunda à sexta, das 12 às 18hs e sábados das 9 às 12h.
- Telentrega Branco Produções - Fone 32314142 (somente para Porto Alegre, taxa de R$ 15,00 por entrega).

Foto: Divulgação





Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Atelier do Mar

Atelier do Mar

365m

Box 21

Box 21

526m No São João, o Box 21 é um misto de restaurante e bar ideal para curtir com os amigos ou com a família

Galeteria Casa do Marquês

Galeteria Casa do Marquês

600m Galeto ao Primo Canto e rodízio de massas caseiras atraem clientela para a Galeteria Casa do Marquês

Sakura

Sakura

622m

Fuial

Fuial

667m

Bristol Casa do Mocotó

Bristol Casa do Mocotó

668m

Notícias recomendadas

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA

6 motivos para visitar a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano em SP (e nem perceber que está na capital)

Local une arte, cultura, lazer, arquitetura e natureza, fazendo com que o visitante esqueça que está em SP

13 grafites em SP que todo mundo que ama arte deveria ver pessoalmente

Confira obras espalhadas pela cidade que merecem sua atenção

Na Semana da Criança, uma selfie vale um passaporte nos museus de SP; entenda

Para participar, é só postar foto com uma criança no Facebook com a hashtag #MuseusSP e apresentar na bilheteria da Pinacoteca, Casa das Rosas ou do Museu da Imigração

Unibes Cultural oferece programação especial e gratuita para o mês das crianças

Evento acontece até dia 31 de outubro e comemora o Mês das Crianças