Guia da Semana

Semana dos Realizadores

Evento acontece em SP pela primeira vez e exibe mais de 40 filmes de jovens cineastas

Este evento terminou

Semana dos Realizadores

Data 05 Dez 2012-23 Dez 2012
05 a 23 de dezembro de 2012

Preço(s) R$ 4,00 (inteira) R$ 2,00 (meia)

Horário(s) Quarta a Domingo, das 9h às 20h.

(próximo às estações Sé e São Bento do Metrô)
Rua Álvares Penteado, 112, Centro 01012-000

Telefone (11) 3113-3651

A Semana dos Realizadores: Voos do Cinema Brasileiro Contemporâneo acontece pela primeira vez em São Paulo, entre 05 e 23 de dezembro, e ocupa o Centro Cultural Banco do Brasil

>> Confira a programação do circuito alternativo de cinema 

Na programação, filmes que foram destaque nas edições anteriores - que aconteceram no Rio de Janeiro desde 2009-, em uma seleção com mais de 40 títulos entre longas, médias e curtas-metragens. Ainda acontecem debates e um curso de quatro aulas ministrado pelos críticos e pesquisadores de cinema Luiz Carlos Oliveira Jr. e Francis Vogner dos Reis. 

Confira a programação:

Quarta, 5 de dezembro
15h - Desassossego (filme das maravilhas), de Helvécio Marins Jr, Clarissa Campolina, Carolina Durão, Andrea Capella, Ivo Lopes Araújo, Marco Dutra, Juliana Rojas, Marina Meliande, Caetano Gotardo,Raphael Mesquita, Leonardo Levis, Gustavo Bragança, Felipe Bragança, Karim Aïnouz
17h - Debate 1
‘Afinal, o que é um ‘realizador’?”  Cinema de autor, cinema independente, cinema de grupo: fronteiras e expansões do papel do artista no audiovisual.
Convidados Debate 1: Marco Dutra , Marcelo Lordello, Gabriel Mascaro
Mediador: Cássio Starling Carlos
19h – Doméstica, de Gabriel Mascaro   

Quinta, 6 de dezembro
15h - Um Lugar ao Sol, de Gabriel Mascaro
17h - Avenida Brasília Formosa, de Gabriel Mascaro
19h - Eles Voltam, de Marcelo Lordello

Sexta, 7 de dezembro
15h - Base para unhas Fracas, de Alexandre Vogler
O Céu sobre os ombros, de Sérgio Borges
17h - Não me deixe em casa, de Daniel Aragão
A fuga da mulher-gorila, de Felipe Bragança e Marina Meliande
19h - Esse amor que nos consome, de Allan Ribeiro

Sábado, 8 de dezembro
15h - Curso I
17h -O mundo é belo, de Luiz Pretti
Estrada para Ythaca, de Guto Parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes, Ricardo Pretti
19h - Borboletas indômitas, de Daniel Chaia
Corpo Presente, de Marcelo Toledo e Paolo Gregori 

Domingo, 9 de dezembro
15h - Sweet Karoline, de Anna Bárbara Ramos
Vou rifar meu coração, de Ana Rieper
17h - Em busca de um lugar comum, de Felippe Schultz Mussel
19h – Doméstica, de Gabriel Mascaro

Quarta, 12 de dezembro
15h - Aterro do Flamengo, de Alessandra Bergamaschi 
Número Zero, de Cláudia Nunes
17h - Debate II
O que pode ser hoje um cinema político? As possibilidades de intervenção no mundo pelas escolhas estéticas e de produção.
Convidados Debate 2: Adirley Queiroz, Ivo Lopes Araújo, Inácio Araújo
Mediador: Cléber Eduardo
19h -A cidade é uma só?, de Adirley Queirós

Quinta, 13 de dezembro
15h - Esse amor que nos consome, de Allan Ribeiro
17h - Eles voltam, de Marcelo Lordello
19h - Balada do Provisório, de Felipe Rodrigues

Sexta, 14 de dezembro
15h - A falta que me faz, de Marília Rocha
17h -Praça Walt Disney, de Sergio Oliveira e Renata Pinheiro
Estradeiros, de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira
19h – HU, de Joana Csekö e Pedro Urano   

Sábado, 15 de dezembro
15h - Curso II
17h – Otto, de Cao Guimarães
19h - As Hiper Mulheres, de Carlos Fausto, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro 

Domingo, 16 de dezembro
15h - O Gerente, de Paulo Cezar Saraceni
17h - Rua Aperana, 52, de Julio Bressane 
19h - Na carne e na alma, de Alberto Salvá 

Quarta, 19 de dezembro
15h - Praça Walt Disney, de Sergio Oliveira e Renata Pinheiro
Estradeiros, de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira
17h - O Menino Japonês, de Caetano Gotardo
Ovos de dinossauro na sala de estar, de Rafael Urban
Dona Sônia pediu uma arma para seu vizinho Alcides, de Gabriel Martins
Náufragos, de Matheus Rocha e Gabriela Amaral Almeida
19h – Incêndio, de Karen Akerman e Miiguel Seabra
Chantal Akerman de cá, de Leonardo Luiz Ferreira e Gustavo Beck 

Quinta, 20 de dezembro
15h - Sweet Karolinem, de Anna Bárbara Ramos
Vou rifar meu coração, de Ana Rieper
17h - Em busca de um lugar comum, de Felippe Schultz Mussel
19h - Morro do céu, de Gustavo Spolidoro

Sexta, 21 de dezembro
15h - Avenida Brasília Formosa, de Gabriel Mascaro
17h – Rua Aperana 52, de Julio Bressane
19h - Nego Fugido, de Cláudio Marques e Marilia Hughes
Testemunha 4, de Marcelo Grabowski 

Sábado, 22 de dezembro
15h – Fantasmas, de André Novais Oliveira
Pacific, de Marcelo Pedroso
17h - A Balada Provisório, de Felipe Rodrigues
19h - A noite dos chupacabras, de Rodrigo Aragão

Domingo, 23 de dezembro
15h - A cidade é uma só?, de Adirley Queirós
17h - O homem que não dormia, de Edgard Navarro 
19h - Um lugar ao Sol, de Gabriel Mascaro  

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Cafezal Cafés Especiais

Cafezal Cafés Especiais

1m A casa é um local aconchegante e agradável

Bolsa Oficial de Café - Santos

Bolsa Oficial de Café - Santos

78m

Espaço Cultural BM&FBOVESPA

Espaço Cultural BM&FBOVESPA

139m

Bolsa de Valores de São Paulo - Bovespa

Bolsa de Valores de São Paulo - Bovespa

139m

Espaço Bovespa

Espaço Bovespa

139m

Braços Abertos na Virada Cultural 2014

Braços Abertos na Virada Cultural 2014

141m Coletivos de artes e festas agitam balada no centro de São Paulo

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA