Guia da Semana

Tão Longe, Tão Perto – O Cinema Canadense

CCBB destaca variedade de filmes canadenses e aponta semelhanças com o Brasil

Este evento terminou

Tão Longe, Tão Perto – O Cinema Canadense

Data 16 Abr 2014-04 Mai 2014
De 16 de abril a 4 de maio

Preço(s) R$ 2,00 (meia/exibição em DVD) e R$ 4 (inteira)

Horário(s) Conforme programação

(próximo às estações Sé e São Bento do Metrô)
Rua Álvares Penteado, 112, Centro 01012-000

Telefone (11) 3113-3651

O cinema brasileiro costuma ser ocupado por filmes norte-americanos, nacionais, à vezes franceses ou alemães. Mas dificilmente nos lembramos de que o Canadá também tem uma indústria audiovisual muito rica e diversificada – que, aliás, tem muito a ver com o Brasil.

De 16 de abril a 4 de maio, o Centro Cultural Banco do Brasil apresenta a mostra “Tão Longe, Tão Perto – O Cinema Canadense”, com uma seleção de 15 filmes produzidos no país, alguns bastante conhecidos por aqui, como “Cosmópolis”, de David Cronenberg.

Entre os destaques, está também o premiado “C.R.A.Z.Y.”, de Jean-Marc Vallée (diretor de “Clube de Compras Dallas”, vencedor de três Oscars em 2014), além do drama “O Que Traz Boas Novas”, de Philippe Falardeau, e “Eu Matei Minha Mãe”, primeiro longa-metragem de Xavier Dolan (de “Tom na Fazenda” e “Laurence Anyways”).

Segundo o curador da mostra, Marcos Ribeiro de Moraes, o cinema canadense é marcado pela diversidade étnica e cultural do país, debruçando-se sobre dilemas cotidianos, sociais ou de gênero, como o brasileiro.

As sessões serão complementadas por uma palestra/debate com Moraes e com o diretor do MIS e dono do Cine Belas Artes, André Sturm, no dia 26.

Confira a programação:

 

Quarta-feira, 16 de abril

16h30 – Na Companhia de Estranhos (Cynthia Scott, 101 min, 35mm)

19h – Waydowntown (Gary Burns, 87 min, Beta Digital)

 

Quinta-feira, 17 de abril

16h30 – Os Dois Lados da Felicidade (Mina Shum, 87 min, 35mm)

19h – Incêndios (Denis Villeneuve, 139 min, 35mm)

 

Sexta-feira, 18 de abril

16h30 – O Que Traz as Boas Novas (Philippe Falardeau, 94 min, 35mm)

19h – Entre o Amor e a Paixão (Sarah Polley, 116 min, 35mm)

 

Sábado, 19 de abril

14h30 – Ouvi as Sereias Cantando (Patricia Rozema, 81 min, 35mm)

16h30 – C.R.A.Z.Y (Jean-Marc Vallée, 127 min, 35mm)

19h – O Vendedor (Sébastien Pilote, 107 min, DVD)

 

Domingo, 20 de abril

14h30 – Leolo (Jean-Claude Lauzon, 105 min, 35mm)

16h30 – Jésus de Montreal (Denys Arcand, 118 min, 35mm)

19h – A Última Noite (Don McKellar, 95 min, 35mm)

 

Quarta-feira, 23 de abril

16h30 – Paciente Zero (John Greyson, 100 min, 35mm)

19h – Eu Matei a Minha Mãe (Xavier Dolan, 96 min, DVD)

 

 Quinta-feira, 24 de abril

16h30 – Cosmópolis (David Cronenberg, 109 min, 35mm)

19h – Waydowntown (Gary Burns, 87 min, Beta Digital)

 

Sexta-feira, 25 de abril

16h30 – Ouvi as Sereias Cantando (Patricia Rozema, 81 min, 35mm)

19h – Jésus de Montreal (Denys Arcand, 118 min, 35mm)

 

Sábado, 26 de abril

14h30 – Waydowntown (Gary Burns, 87 min, Beta Digital)

16h30 – Palestra - Tão longe, tão perto: lições do cinema canadense. Com Marcos Ribeiro de Moraes e André Sturm

19h – Incêndios (Denis Villeneuve, 139 min, 35mm)

Domingo, 27 de abril

Dia de Tela para Todos

 

Quarta-feira, 30 de abril

16h30 – A Última Noite (Don McKellar, 95 min, 35mm)

19h – C.R.A.Z.Y (Jean-Marc Vallée, 127 min, 35mm)

 

 Quinta-feira, 1º de maio

14h30 – Leolo (Jean-Claude Lauzon, 105 min, 35mm)

16h30 – Jésus de Montreal (Denys Arcand, 118 min, 35mm)

19h – A Última Noite (Don McKellar, 95 min, 35mm)

 

 Sexta-feira, 2 de maio

16h30 – O Vendedor (Sébastien Pilote, 107 min, DVD)

19h – Paciente Zero (John Greyson, 100 min, 35mm)

 

 Sábado, 3 de maio

14h30 – Na Companhia de Estranhos (Cynthia Scott, 101 min, 35mm)

16h30 – Eu Matei a Minha Mãe (Xavier Dolan, 96 min, DVD)

19h – Cosmópolis (David Cronenberg, 109 min, 35mm)

 

Domingo, 4 de maio

14h30 – Os Dois Lados da Felicidade (Mina Shum, 87 min, 35mm)

16h30 – Entre o Amor e a Paixão (Sarah Polley, 116 min, 35mm)

19h – O Que Traz as Boas Novas (Philippe Falardeau, 94 min, 35mm)

Por Juliana Varella
Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Cafezal Cafés Especiais

Cafezal Cafés Especiais

1m A casa é um local aconchegante e agradável

Bolsa Oficial de Café - Santos

Bolsa Oficial de Café - Santos

78m

Espaço Cultural BM&FBOVESPA

Espaço Cultural BM&FBOVESPA

139m

Bolsa de Valores de São Paulo - Bovespa

Bolsa de Valores de São Paulo - Bovespa

139m

Espaço Bovespa

Espaço Bovespa

139m

Braços Abertos na Virada Cultural 2014

Braços Abertos na Virada Cultural 2014

141m Coletivos de artes e festas agitam balada no centro de São Paulo

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA