Guia da Semana

Um Mundo Sem Molduras

Mostra traz 54 obras que ultrapassam limites entre elementos opostos

Este evento terminou

Um Mundo Sem Molduras

Data 26 Mar 2009-17 Mai 2009
26 de março a 17 de maio de 2009.

Preço(s) Grátis.

Horário(s) Terça a sexta, 10h às 18h; sábado e domingo, 10h às 16h.

Exposição: Fotografia

Rua da Praça do Relógio, 160, Oeste 13525-000

Telefone (11) 3091-3039

O Museu de Arte Contemporânea da USP apresenta a exposição Um Mundo Sem Molduras, com curadoria de Kátia Canton, a partir de 26 de março. São 54 obras de 24 artistas que têm como tema a junção de elementos opostos como inspiração. Os trabalhos abordam paralelos entre sonho e realidade, sanidade e loucura, vida e morte, arte e não arte, natureza e ofício.Os artistas que possuem itens expostos são Adriana Guivo (foto), Adriana Peliano, Alex Fleming, Alex Vallauri, Ana Cecília Kesselring, Angella Conte, Ângelo Venosa, Carlos Bevilacqua, Cia. Ueinzz, Cildo Meireles, Farnese de Andrade, Fulvio Colangelo, Janaina Tschape, Josely Carvalho, Leonilson, Maria Bonomi, Nair Kremer, Nelson Leirner, Nina Moraes, Patrícia Carmo, Regina Silveira, Renata Padovan, Sandra Tucci, Valeska Soares.Foto: Divulgação

Compartilhe

Mapa do local

Powered by ParkMe

Comentários

Explore ao redor

Notícias recomendadas

Obras do MASP agora podem ser vistas em plataforma on-line gratuita

Museu integra a partir de hoje o acervo do Google Arts & Culture

Museu do Café, em Santos, inaugura exposição gratuita sobre propaganda da bebida

A partir de 28 de dezembro, os visitantes poderão conhecer as estratégias das marcas de café de 1900 a 1959

Especial férias: MASP abre ao público em todas as segundas-feiras de Janeiro

Programação de férias disponibiliza cinco dias a mais para visitar o Museu

5 motivos para assistir ao documentário "O começo da vida" na Netflix

O filme mostra a importância dos primeiros anos de vida sob a ótica dos quatro cantos do mundo

5 hotéis ao redor do mundo que são verdadeiras obras de arte

Confira locais com acomodações incríveis, mas que têm obras como protagonistas

Evolução dos emojis ganha instalação no Museu de Arte Moderna de NY

Os primeiros emoctions, criados em 1999, também entram para a coleção MoMA