Guia da Semana

13 atores que morreram durante as filmagens

Acidentes, causas naturais e overdose. Veja atores que morreram e deixaram projetos pela metade

Quando chega a hora não tem jeito e não adianta querer escapar. Pode soar mórbido, mas é assim mesmo, todo mundo sabe. Às vezes, no cinema e na televisão, acontece de algum astro morrer bem no meio de algum trabalho e, além de deixar o elenco em choque, colocam diretores e produtores em apuros.

Relembre 13 atores que morreram durante as filmagens: 

Domingos Montagner

A morte de Domingos Montagner chocou o Brasil. O ator, que estava no ar como o Santo, de "Velho Chico", morreu afogado em um rio da região de Canindé de São Francisco, na divisa entre Alagoas e Sergipe. Após gravar algumas cenas da novela, Montagner foi tomar um banho de rio com Camila Pitanga, colega de elenco. Ao notar que o ator não voltava à superfície, Camila acionou a produção e as buscas começaram em seguida. Ele permaneceu desaparecido por horas e o corpo foi encontrado preso às pedras, a 18 metros de profundidade.

 

Umberto Magnani 

Outro integrante do elenco de "Velho Chico" a falecer durante a produção da novela foi Umberto Magnani. Aos 75 anos, ele sofreu um acidente vascular encefálico, após passar mal enquanto se preparava para gravar cenas do folhetim. Seu personagem, Padre Romão, foi substituído pelo ator Carlos Vereza. 

 

Paul Walker

Uma das grandes estrelas de "Velozes e Furiosos", Paul Walker morreu no final de 2013, enquanto as filmagens do sétimo longa da franquia ainda estavam pela metade. Aos 40 anos, o ator sofreu um acidente de carro, devido a falhas mecânicas no veículo. Seus irmãos Cody e Caleb Walker ajudaram a finalizar as cenas incompletas. 

 

Cory Monteith

No auge da carreira o ator canadense foi encontrado morto em um quarto de hotel em Vancouver, no Canadá, depois de consumir heroína e álcool. Cory vivia o adolescente Finn Hudson no seriado musical Glee e tinha acabado de gravar dois filmes, “All the Wrong Reasons” e “McCanick”, que foram lançados logo após a sua morte. Seu problema com drogas vinha desde os 12 anos de idade e meses antes a sua morte, Cory se internou em uma clinica de reabilitação.

 

Heath Ledger 

Na época, o ator tinha acabado de interpretar o Coringa no em “Batman: O Cavaleiro das Trevas”, 2008. Mal saiu de um filme e engatou em outro: enquanto gravava as filmagens de “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus”, Ledger morreu devido a uma intoxicação por remédios. Como o diretor Terry Gilliam não tinha gravado nem um terço do filme, a solução foi mudar o roteiro do longa. O personagem de Ledger mudava de identidade várias vezes. Johnny Depp, Colin Farrell e Jude Law foram os atores convidados para alternarem o papel.

 

Oliver Reed

Há três dias de terminar suas filmagens no filme “Gladiador”, o ator Oliver Reed, que estava interpretando o personagem Próximo, morreu aos 61 anos depois de passar uma tarde inteira enchendo a cara de uísque em um pub na ilha de Malta, onde o longa estava sendo gravado. O diretor Ridley Scott passou um sufoco, teve que desembolsar US$ 3 milhões para recriar o ator digitalmente. Sorte que o filme rendeu mais de US$ 450 milhões de dólares.

 

River Phoenix 

O ator começou a trabalhar cedo e, aos 16 anos, atuou em "Conta Comigo", filme que alavancou sua carreira. Em 1993, durante as filmagens de "Dark Blood", Phoenix desmaiou na porta de uma boate, foi socorrido e morreu uma hora depois no hospital. No início, houve suspeitas de envenenamento ou que alguém tivesse posto drogas na bebida do ator. Mas, no fim das contas, foi constatada a morte por overdose. "Dark Blood" não foi terminado e permanece engavetado até hoje.

 

Bruce Lee 

O ator Bruce Lee morreu devido a um edema cerebral causado por um remédio composto por analgésico e relaxante muscular. Tudo aconteceu durante as gravações dos longas “Operação Dragão” e “Jogo da Morte”. Lee foi passar texto na casa de uma amiga que lhe deu um remédio após o ator dizer que estava com dor de cabeça e ele  teria tido uma reação alérgica a esse medicamento. Os produtores utilizaram sósias e material de arquivo para terminar os filmes.

 

Brandon Lee 

Tudo bem que foi uma das maiores cagadas do cinema, mas tal pai, tal filho. Durante a gravação do filme “O Corvo”, o personagem do ator Brandon Lee leva um tiro em cena. O problema que ao invés de estar carregada de festim, a arma estava com bala de verdade. Alguns dizem que foi assassinato e a bala de verdade tinha sido colocada lá de propósito, mas até hoje essa teoria não foi comprovada. Um detalhe sinistro é que o ator River Phoenix, que morreu durante as filmagens de Dark Blood, disputou o papel com Lee.

 

Marilyn Monroe 

Muitas conspirações rondam a morte de Marilyn. A atriz morreu em 5 de agosto de 1962, quando ainda rolavam as filmagens de "Something's Got to Give", co-estrelado por Dean Martin e Cyd Charisse. Na época, foi declarada morte por overdose de barbitúricos e, consequentemente, o caso foi considerado suicídio. No entanto, a atriz estava envolvida com o presidente dos EUA, John F. Kennedy e teria tido um suposto caso com Bob Kennedy, irmão de John, o que fez alguns levantarem a hipótese de um crime passional, enquanto outros afirmavam que era "queima de arquivo".

 

John Candy 

Candy morreu durante as gravações do filme "Dois Contra o Oeste", de ataque-cardíaco fulminante em seu quarto de hotel. Mesmo assim, o diretor Peter Markle finalizou o filme usando um dublê gordinho para algumas cenas que ainda não haviam sido gravadas pelo ator. Logo em seguida, foi lançado o filme "Jamaica Abaixo de Zero", o maior sucesso da carreira de John.

 

Jean Harlow

Jean Harlow é outra cuja a historia da morte é permeada por mistérios. Morreu de insuficiência renal, quando tinha 26 anos e era protagonista do filme "Saratoga". Cinco anos antes de sua morte, seu marido, Paul Bern, havia se suicidado com um tiro na cabeça. Dizem que os problemas renais da atriz foram consequência das surras que levou do marido.

 

Roy Kinnear 

Nas filmagens de "O Retorno dos Três Mosqueteiros", na Espanha, Kinnear caiu do cavalo, literalmente. O tombo não tirou sua vida mas lhe rendeu uma pélvis fraturada. O ator foi levado a um hospital em Madri e, no dia seguinte à sua internação, morreu de infarto. Não se sabe se foi muita falta de sorte ou se algo de errado aconteceu no hospital. Tanto que a família do ator abriu um inquérito para investigar o tratamento que ele recebeu enquanto ficou internado.

 

Atualizado em 19 Set 2016.

Por Juliana Andrade
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Transmissão do Critics' Choice Awards 2016 na TV e internet

A premiação reúne os maiores talentos do cinema e da TV

Confira a programação especial de fim de ano da Rede Globo

A emissora carioca preparou muitas novidades para o mês de dezembro

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro