Guia da Semana

30 curiosidades sobre The Big Bang Theory

Confira peculiaridades que você nem imaginava sobre a série!

The Big Bang Theory é uma daquelas séries que a gente não se cansa de ver. No formato de sitcom (situation comedypesar da queda na audiência, os fãs fiéis da série ainda continuam firmes e fortes neses quase 10 anos de TBBT

A série dos amigos nerds é muito mais do que um bom programa. Com uma tema que foge do comum (gente bonita e popular), a série conquistou uma audiência absurda, incontáveis prêmios para os criadores e para os atores, além de salários milionários.

Se você ama The Big Bang Theory e sempre quis saber o que rola por trás dos bastidores, confira 30 curiosidades sobre The Big Bang Theory.

1) O primeiro piloto da série foi recusado pela rede de TV norte-americana CBS, mas os executivos viram potencial na história e pediram revisões aos criadores.

2) Penny e Leornard também namoraram de verdade longe das câmeras. Kaley Cuoco (Penny) namorou Johnny Galecki (Leonard) por dois anos enquanto eles trabalhavam juntos no elenco da série. Eles procuraram manter o relacionamento em absoluto sigilo, mas as coisas não deram muito certo para ela: “Eu não queria estar sempre me escondendo. Nós não podíamos fazer nada. Assim não era tão divertido como gostaríamos que fosse.” 

3) Os atores tiveram que aprender a tocar instrumentos musicais. Mayim Bialik, que interpreta Amy na série, teve que aprender a tocar harpa porque é o instrumento que sua personagem toca. Jim Parson também teve que aprender a tocar o teremim - instrumento musical eletrônico - por causa de seu personagem, Sheldon.

4) A atriz Mayim (Amy) é citada por Raj em um conversa com Leonard e Howard antes da atriz entrar para a série, no episódio The Bat Jar Conjetcture, ele diz: “Vocês sabem quem parece que é muito inteligente? É a garota que interpretava a Blossom. Ela tem um Phd em Neurociência ou algo parecido…”.

5) A verdadeira voz de Bernadette não é estridente. Melissa Rauch, que interpreta Bernadette na série, na verdade não fala com aquela voz tão estridente, basta conferir em entrevista da atriz. Para criar a voz característica da personagem ela se baseou na voz de sua mãe verdadeira.

6) Assim como Sheldon Cooper, o ator Jim Parsons - que o interpreta - também é do Texas.

7) A origem do “bazinga”: A origem da famosa palavra dita por Sheldon diz respeito a uma piada que o escritor, Stephen Engel, costumava contar na sala dos roteiristas. Logo a piada pegou entre o elenco e a equipe. A palavra estreou quase por acidente, pois foi inserida no roteiro um pouco antes de uma gravação, segundo Jim Parsons.

8) As fórmulas são reais. Os quadros brancos do apartamento de Leonard e Sheldon geralmente são cobertos com números e equações. Os produtores do programa contrataram o professor de Física David Saltzberg, da Universidade da Califórnia, para ajudar com a parte científica.

9) “Soft Kitty” é uma música real. A canção que Penny canta para Sheldon quando ele está doente existe. O produtor executivo Bill Prady disse que a música é real, e chegou aos seus ouvidos através de sua filha. A música foi viral em todo o mundo e tem inspirado produtos como camisetas e bichos de pelúcia.

10) Há apenas um lance de escadas no cenário que levam até os apartamentos de Penny, Leonard e Sheldon. As cenas em que os atores tiveram que subir ou descer três lances de escada tiveram que ser filmadas separadamente, porque os atores e o cenário precisaram ser recolocados após cada take. Que trabalho, não?

11) Penny quase foi interpretada por outra atriz. Quem viu o episódio piloto sabe que não existia Penny, mas sim Katie, interpretada por Amanda Walsh. Katie é mais sensual e atrevida do que Penny, e a audiência que assistiu ao teste não gostou muito da da atriz inicial porque ela passava a impressão exagerada de “protetora” dos outros personagens.

12) As palmadas de Amy: em um episódio, Sheldon, interpretado por Jim Parsons, pune Amy Farah Fowler, interpretada por Mayim Bialik, com palmadas no bumbum por ela ter fingido estar doente para que ele passasse pomada nela. As palmadas não estavam no roteiro original. O próprio Parsons disse que era uma das coisas mais difíceis foi tentar não rir com a cena. Bialik disse que seu bumbum ficou vermelho até o final da gravação daquele dia, mas ela estava disposta a repetir a cena.

13) Cena de primeira entre Leonard e Penny. Os fãs esperaram ansiosamente pela cena em que Penny revela seu amor por Leonard. A maioria das cenas para qualquer grande produção costumam levar várias tomadas para ficarem boas. Esta, no entanto, levou apenas um. A conexão entre os atores é clara, e a equipe diz ter sido surpreendido com a cena.

14) A música de abertura da série chama-se “The History of Everything” e é da banda canadense Barenaked Ladies.

15) Penny é a única personagem do núcleo principal da série que não tem sobrenome – ou, pelo menos, não teve o sobrenome mencionado até hoje.

16) As cores das camisetas de Sheldon mostram seu humor: raiva (vermelho), cobiça (laranja), medo (amarelo), coragem (verde), esperança (azul) e amor (roxo).

17) Originalmente, John Galecki estava escalado para interpretar Sheldon, mas se sentiu mais a vontade com o papel de Leonard. 

18) Pode não parecer, mas Jim Parsons (Sheldon) tem 42 anos e John Galecki (Leonard) tem 40.



19) Simon Helberg, que interpreta Howard, é faixa preta de caratê desde os 10 anos de idade.

20) Kaley Cuoco foi jogadora amadora de tênis até os 16 anos. 



21) Melissa Rauch, que interpreta Bernadette, tem apenas 1,50m

22) Nayyar (Raj) é casado com a Miss Índia 2006, Neha Kapur.

23) Jim Parsons é assumidamente gay, e está junto com seu companheiro, Todd Spiewak, desde 2002.

24) Dos quatro personagens masculinos, apenas Raj tem contato com o pai.

25) Quem interpretava a mãe de Howard - ou melhor, a voz dela - era a atriz Carol Ann Susi, que faleceu em 2014. Ela participou de séries como Um Amor de Família, Seinfeld, CSI: NY e That´s 70 Show.

26) O primeiro nome da intérprete de Amy, Maiym, é um anagrama para I´m Amy (Eu Sou Amy). 

27) Algumas das coisas que Raj gosta do universo feminino são: Grey’s Anatomy, The Good Wife, Sex and the City, Comer Rezar Amar, O Diário de Bridget Jones  e a série Crepúsculo. 



28) O novo contrato de Jim Parsons, Johnny Galecki e Kaley Cuoco dá ao trio um dos maiores salários da TV americana atualmente. Os valores não estão claros mas, estima-se que cada um deles deve receber em torno de um milhão de dólares por episódio. Um grande salto salarial tendo em vista que, nas últimas três temporadas, eles recebiam cerca de 350 mil dólares por episódio. 

29) Todos os nomes de episódios, são referências a assuntos científicos.

30) Jim Parsons (Sheldon) nunca viu nenhum episódio de Jornada nas Estrelas nem de Dr. Who

Atualizado em 20 Ago 2015.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia

Band vai exibir episódio de "Os Simpsons" que previu vitória de Donald Trump

Programa vai ao ar nesta quarta-feira, às 22h10