Guia da Semana

6 motivos para assistir a série House Of Cards

Premiada em várias categorias, a série política conquistou até o presidente Obama

Sem sombra de dúvidas, House Of Cards é uma das séries mais incríveis de todos os tempos. Criada por Beau Willimon para o site Netflix, tem como protagonista Kevin Spacey interpretando Frank Underwood, um impiedoso e ambicioso congressista que almeja um alto cargo público em Washington.

Surpreendente, a série de drama político conquistou fãs logo na primeira temporada, fazendo com que até quem não goste e não entenda absolutamente nada de política fique extasiado a cada episódio.

Premiada em diversas categorias, aborda questões extremamente interessantes de uma forma impecável. Para que você saiba mais, listamos os motivos pelos quais você não pode deixar de assistí-la. Confira:  

1- História

House Of Cards se passa em Washington e gira em torno de Frank Underwood, um importante congressista americano que recebe muito mal a notícia de que não será Secretário do Estado do governo de Garret Walker, presidente eleito dos Estados Unidos. Insatisfeito e revoltado, estabelece como objetivo derrubar Michael Kern, quem o substitui, assim como toda a base do novo governo, a quem ajudou a eleger e virou as costas para ele. Para isso, conta com a ajuda de Zoe Barnes, uma aprendiz de jornalista motivada a crescer rapidamente em sua carreira.


2- Você dentro de cada episódio

O protagonista conversa com a câmera durante os episódios. Ao acontecer algo que ele já havia previsto, por exemplo, ele olha para a câmera no meio de uma conversa com outro personagem e faz uma cara de "eu não disse?!", ou explica um cenário que está para acontecer, que o telespectador ainda não entendeu completamente. Isso dá um ritmo para a série completamente diferente, deixando-a muito mais envolvente.

3- Personagens

Zoe Barnes, Claire Underwood, Peter Russo, Linda Vasquez, Stamper e todos os outros personagens são perfeitamente interpretados em cada detalhe. A escolha dos atores e atrizes para cada papel foi absolutamente certeira, deixando os fãs da série ainda mais envolvidos com cada um deles.  

4- Show de atuação de Kevin Spacey

A atuação do ator Kevin Spacey na série está um show a parte, parece que ele nasceu para esse papel. Desde o primeiro eposódio envolve quem o assiste em qualquer coisa que faça... Seja falando com a câmera, movimentando-se ou compartilhando a cena com outro personagem. O que nos faz querer assistir cada vez mais.

5- Jogo de poder 

Um ponto forte de House Of Cards é o jogo de poder. Seja no âmbito da política, da mídia ou até entre as relações pessoais, como entre o protagonista Frank Underwood e sua esposa Claire.

Os episódios nos mostram que os interesses existem por toda a parte, fazendo-nos refletir a respeito dos acontecimentos reais dentro do mundo político, repensando o próprio jornalismo e reavaliando nossos pontos de vista. 

6- Diálogos 

Todos os personagens são extremamente inteligentes e a história sugere que tudo que é dito é pensado com antecedência, pois sempre nos mostram as consequências. Os diálogos são instigantes e revelam grandes sacadas que, combinadas aos outros elementos, fazem da série o grande sucesso que é. 

 

Atualizado em 11 Mar 2015.

Por Nathália Tourais
Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia

Band vai exibir episódio de "Os Simpsons" que previu vitória de Donald Trump

Programa vai ao ar nesta quarta-feira, às 22h10