Guia da Semana

Casa da floresta

Da Amazônia para o mundo, o couro vegetal, as fibras naturais e as madeiras certificadas dão o tom em decorações sustentáveis e aconchegantes

A seiva, que no passado foi fonte de riqueza e motivo de derramamento de sangue, hoje gera beleza, sustentabilidade e preservação da natureza. Junto com fibras naturais de plantas e cipós, sementes e madeiras certificadas, o látex serve de material e inspiração para acessórios e peças do mobiliário, que colocam a Floresta Amazônica no centro das tendências de decoração.

A partir das duas últimas décadas do século 19, a seringueira se espalhou por toda mata graças aos interesses da indústria automobilística. A borracha colocou Xapuri no noticiário nacional no momento do boom, quando todos pagavam caro pela extração do leite da seringueira, e também no período da decadência, quando, em nome do lucro, latifundiários resolveram expulsar à bala os trabalhadores da floresta.

O tempo passou, e frutos e raízes da mata voltaram a despertar interesse dos empresários. Até a gigante francesa Hermès entrou nessa, e está instalando uma unidade produtiva na floresta. Mas, dessa vez, exploração econômica conjuga com preservação e inovação. A borracha não serve apenas para fazer as rodas de veículos, mas também para decorar e embelezar ambientes. É o couro vegetal.

Foto: Bruno Cesar Dias

Feito de látex, o couro vegetal confere rusticidade e requinte como acessório e transforma-se em fonte de renda para seringueiros e artesãos

O processo de extração e fabrico é quase idêntico ao industrial. No entanto, ao invés de fortes elementos químicos para aumentar a resistência, o couro vegetal leva somente corantes naturais e resina para adensar o brilho. Assim como outros produtos, ele possui mil e uma utilidades e depende somente da sua espessura e tamanho para confeccionar de singelos porta-copos a cachepós, de revestimentos para ambientes a roupas.

Ganham todos. Os ambientes decorados, a natureza preservada e as comunidades produtoras, que se reúnem em cooperativas e fazem utensílios, acessórios e objetos decorativos do couro vegetal, do coco da castanheira, de sementes e outros materiais. Localizada no Parque da Maternidade, em Rio Branco, a Casa do Artesão reúne 160 profissionais que expõem e vivem da venda de seu artesanato, como Cesarina Pereira. A acriana trabalha no ramo de convites personalizados, até que conheceu num evento da cooperativa o índio artesão. "Me apaixonei pelo trabalho com sementes. Elas vêm da natureza e a partir delas faço de tudo, de joias da floresta a caixas, acessórios e objetos para o lar", comenta a artesã. As peças vão de descansos de copos a bolsas e necessaires e variam de R$ 5 a R$ 70.

Luxo selvagem

Foto: Jaqueson Queiroga

Ambiente do Hotel Seringal Cachoeira, em Xapuri, utiliza produtos locais, como cabaças, junco, madeiras e barro

Saindo do extrativismo sustentável e indo para a indústria moveleira, muita coisa boa, de qualidade e com alto padrão de requinte vem tomando as principais feiras do setor, como a da Abimad, ocorrida em fevereiro último.

A Companhia das Fibras, uma das empresas participantes da feira, fabrica tapetes e demais utensílios têxteis com cizal, juta, rami, algodão, palha de bananeira e couros. "São produtos extremamente sofisticados, mas que não exigem altos custos de conservação como a maioria pensa", comenta Fernando Borges, diretor de marketing da empresa.

Já Geraldo Queiroz, diretor-geral da Amazônia Móveis, há mais de 20 anos no setor e com mais de dois mil itens no catálogo feitos com junco, rottim, bambu e outros, destaca a sintonia do atual momento de consciência de consumo com o uso desses produtos. "O uso de fibras e madeiras certificadas promove uma decoração voltada para a preservação, e isso passa para o ambiente uma energia positiva, deixando-o quente e aconchegante e com a força da brasilidade", destaca o empresário. Um verdadeiro recanto da floresta em salas e demais cômodos das casas nas cidades.

Serviço:

Amazônia Fibras Naturais
Rua Luís Seraphico Júnior, 1.089 - São Paulo
Tel: (11) 5641-6880

Brentwood
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 2068
Tel: (11) 3081-0370

Shopping D&D, Loja 217
Tel. (11) 5507-3172

Shopping Lar Center, Loja 223
Tel. (11) 2221-2923

Casa do Artesão - Parque da Maternidade
R.Coronel João Donato, 27, Ipase, Rio Branco
Tel: (68) 3223-1878

Companhia das Fibras
Tel: (11) 2305-7564 / 3773-9953

Dpot
Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1.250, São Paulo
Tel: (11) 3082-9513

D&D Shopping, piso térreo
Tel: (11) 3043-9159

Marché Art de Vie

Al. Gabriel Monteiro da Silva 1606, São Paulo
tel: (11) 3853-9765

R. Itápolis, 219, São Paulo
Tel: (11) 3660-2888

Schuster
Tel: (55) 3541-1399


Atualizado em 21 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Transmissão do Miss São Paulo BE Emotion 2017 na TV e Internet

O evento acontece neste sábado (25), às 22h, no Palácio de Convenções do Anhembi

Transmissão do Kids’ Choice Awards 2017 na TV

A premiação será transmitida no canal Nickelodeon no dia 16, a partir das 20h30

Transmissão da luta de Vitor Belfort e Kelvin Gastelum na TV e Internet

Ana Maria Braga faz homenagem aos 20 anos de Louro José

"Meu filho, meu companheiro", escreveu a apresentadora no Instagram

"A Grande Família" ganhará retrospectiva especial na Globo

Episódios irão ao ar entre março e abril

Transmissão ao vivo do Lollapalooza 2017 na TV e Internet

Festival de música acontece nos dias 25 e 26 de março, no Autódromo de Interlagos