Guia da Semana

Culinária brasileira

Mistura de culturas e influências formam uma das cozinhas mais miscigenadas do mundo



Dos escravos, o quindim, a feijoada e o cuscuz; dos indígenas, a paçoca, o tacacá e a canjica; dos portugueses, a carne salgada e as batatas; dos italianos, as massas e a polenta. Com inúmeras variações e sabores, a culinária tupiniquim é tão miscigenada quanto o nosso povo. 

"A cozinha do Brasil é basicamente formada pelas influências indígenas, portuguesas e africanas, além das gastronomias presentes em algumas metrópoles de cidades influenciadas pelos imigrantes", afirma o chef Maurício Ganzarolli, do restaurante Bananeira.

Fugindo do arroz-com-feijão do dia-a-dia, Ganzarolli sugere uma receita indígena, com toques africanos, típica do nordeste do País.

 
Pescada Cambucu em folha de bananeira

Ingredientes:

800g filé de pescada cambucu - 4 peças de 200g cada (Limpo e sem pele)
4 folhas de bananeira 30x40
Sal
Pimenta branca moída na hora
50ml de vinho branco seco
1 colher (sopa) de azeite

Molho

100g de tomate maduro em cubos, sem pele e sementes
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 colher (sopa) de azeite-de-dendê
1 colher (chá) de cebola finamente picada
1 colher (café) de alho finamente picado
100ml de caldo de peixe suave
100ml de leite de coco
1/4 de colher (café) de pimenta dedo-de-moça sem sementes picada
algumas folhas de alfavaca

Acompanhamento

200g arroz branco
1 colher (sopa) de manteiga de garrafa
1 colher (chá) de cebola, finamente picada
1/2 banana-da-terra, cortada em cubinhos
1 colher (café) de cheiro-verde, finamente picado
50g de castanha-de-caju crua, sapecada em frigideira bem quente

Preparo:

Lave as folhas de bananeira em solução clorada. Depois de enxaguá-las, passe cada uma sobre a chama direta do fogão por 30 segundos. Tempere o peixe com sal, pimenta branca, azeite de oliva e vinho branco. Embrulhe os filés nas folhas de bananeira e leve ao forno pré-aquecido a 180°C por cerca de 10 minutos. 

Enquanto isso, em uma frigideira, aqueça azeite de oliva e dendê para o molho, doure a cebola e o alho, a pimenta dedo-de-moça, junte os tomates, caldo de peixe, o leite de coco e a alfavaca. Deixe apurar por dois minutos. Em outra frigideira, aqueça a manteiga de garrafa, refogue a cebola, junte a banana e o arroz, acrescente as castanhas e o cheiro-verde.

Montagem:

Em uma caçarola ou travessa de cerâmica, abra as folhas de bananeira e sirva o peixe acompanhado do molho e do arroz com banana-da-terra e castanhas.

Rendimento: 6 porções


Foto: divulgação/ restaurante Bananeira

Atualizado em 6 Set 2011.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro

Globo planeja exibir versões censuradas de suas séries na internet

Diretor de mídias digitais da emissora já avalia a ideia

Band vai exibir episódio de "Os Simpsons" que previu vitória de Donald Trump

Programa vai ao ar nesta quarta-feira, às 22h10