Guia da Semana

Edredom do amor

Grande parte do sucesso do Big Brother Brasil é protagonizado por casais que permanecem, ou não, juntos durante e após o programa. Confira os mais marcantes!

O BBB 11 está pegando fogo. Entre brigas, provas de resistência que levam horas, telefonemas misteriosos e quartos de isolamento, uma máxima do programa são os casos amorosos. Nesta edição, o assunto não é diferente.

Já no segundo dia de confinamento, Maria e Maurício foram os primeiros a protagonizar beijos e amassos em frente às câmeras da casa e hoje, com a volta do brother ao confinamento, a história ainda rende. Em seguida, Talula e Rodrigo, Diogo e Michelly e por fim, Rodrigão e Adriana - que, mesmo entrando depois, se encantou pelo galã. Até quem não garantiu um par de meia não ficou para trás no quesito pegação.

Durantes as animadas festas, as sisters criaram uma moda. As cobaias foram Cristiano e Wesley, que, vendados, receberam doce de leite no corpo e tinham que adivinhar qual das participantes retirava - com a boca - o doce deles. Para refrescar sua memória, separamos os casos de amor mais polêmicos em cada uma das edições do programa. Escolha qual foi o seu preferido!

Corações espiados

BBB 1: O primeiro casal da história do Big Brother Brasil, em 2001, foi formado pela modelo Vanessa Pascale e pelo cabeleireiro franco-angolano Sérgio Campos. Na época, ele correu o risco de se ver fora da casa devido a problemas de documentação de imigração, o que gerou uma grande comoção para a modelo. Com modos respeitosos, o casal conquistou o público. O relacionamento continuou por algum tempo longe das câmeras, mas não durou muito.

BBB 2: Duas duplas fizeram os ânimos da casa esquentarem. Jefferson e Tarciana foram os primeiros a protagonizarem cenas de sexo (claro, embaixo do edredom). O casal transou mais de uma vez no quarto do líder e gerou polêmica por não utilizarem preservativo em algumas delas. O relacionamento não teve continuidade fora da casa. Outro par lembrado até hoje é Thyrso e Manu. A insistência do chefe de cozinha para com a estudante de marketing foi responsável por brigas e desafetos que, em seguida, se transformaram em beijos e abraços, e envolveram os espectadores. O par foi separado em um Paredão antes da final. Eles continuaram juntos fora da casa, porém a relação não foi muito longe.

BBB 3: O vencedor do programa, além de R$ 500 mil, conquistou também o coração de uma das mulheres mais disputadas hoje do país. Dhomini e Sabrina Sato se envolveram no reality e, mesmo com ele tendo um compromisso fora da casa, foi difícil resistir aos encantos da morena. Após a "traição" ao vivo para milhões de expectadores, a namorada de Dhomini esteve a sua espera do lado de fora da casa. Ao deixar o confinamento, Sabrina disse ter se apaixonado pelo mineiro, mas logo os dois estavam separados.

BBB 4: O lutador Marcelo Dourado e a modelo Juliana trocaram carícias na quarta edição. Anos mais tarde, na 10ª edição, Dourado retornou ao programa e levou a bolada de R$ 1,5 milhão. Na primeira vez em que esteve na casa, o bad-boy estava em dúvida, pois havia deixado um relacionamento fora do confinamento. Porém, Juliana soube conquistá-lo. Depois de beijos e abraços, a sister ficou enciumada devido uma relação próxima de Dourado com outra participante e os dois protagonizaram algumas discussões polêmicas. Logo, o romance terminou antes mesmo que o brother fosse eliminado.

BBB 5: Uma das BBBs que mais fez (e ainda faz) sucesso, mesmo após os quinze minutos de fama, Grazi Massafera também viveu seu momento in love no programa. Ela e Alan Passos cativaram o público com simpatia e, ao mesmo tempo, com a timidez do seu relacionamento. Confinado, o casal viveu momentos de alegria e por pouco os dois não chegaram à grande final da edição. A relação continuou fora da casa e ambos chegaram a morar juntos por um ano, até que anunciaram o fim da relação, em 2007.

BBB 6: A sexta edição teve beijo de sobra na telinha e inclusive troca de casais. Os modelos Mariana e Daniel Saullo se conheciam antes de entrar no BBB. Mesmo com uma clima em alta, o galã ficou com outra sister, Roberta. Depois disso, Mariana se rendeu aos encantos de outro brother, Rafael, O casal roubou a cena e caiu nas graças do público. Ao saírem da casa, ambos fizeram juras de amor, porém o romance não teve duração. Hoje, Mariana está casada com Daniel Saullo.

BBB 7: Foi uma das edições que mais rendeu casais. Houve romances entre Bruna e Caubói, o grande vilão do jogo, Flávia e Fernando, que se casaram, e Analy e Alan Pierre, que se conheceram mais após o programa e tiveram o primeiro filho de pais BBBs. Mas a polêmica maior girou em torno do vencedor. Além do prêmio, Diego Alemão arrebatou logo dois corações.

Foto: Kiko Cabral/TV Globo/Divulgação

Fani, Alemão e Íris viveram um triângulo amoroso no BBB 7

Ao lado de Íris e Fani, o garanhão fez parte de um triângulo amoroso. Fani era mais despachada e, com o estereotipo de mulherão fatal, beijou Alemão em duas festas. Já Íris seguia a linha da moça do interior mais tímida e fisgou o coração do loiro. O beijo só aconteceu na final do programa que sagrou o jovem campeão. Depois de pouco tempo, o casal não estava mais junto.

BBB 8: Apesar de ter enchido a tela da TV de possíveis casais e beijos sem graça, a oitava edição do programa teve apenas um casal que rendeu assunto. Natália Casassola e Fernando Mesquita viveram uma relação caliente, porém tumultuada. Entre brigas e crises de ciúmes por parte dele, os dois protagonizaram cenas empolgadas de romance e chegaram a apelar para o famoso edredom. O casal permaneceu junto até a saída do rapaz. A gaúcha logo entrou na onda dos demais participantes e demonstrou ter ficado animada com a saída do brother..

BBB 9: Desde o primeiro dia na casa, Max e Francine trocaram olhares, e não deu outra. A nona edição inaugurou o temido lado B, também chamado de chepa, onde os participantes ficam fora da casa e têm o cardápio reduzido. E como diz o ditado, "amar na alegria e na tristeza", assim foi com eles. Ao se juntar com o restante do grupo, Max, que foi o grande vencedor do reality, partiu para cima da gaúcha, que resistiu à suas investidas, até que ele roubou um beijo. O romance se tornou o centro das atenções dos demais participantes e foi motivo de brigas, devido ao ciúme de Francine, com relação às sisters Priscila e Maíra. A relação se estendeu após o confinamento, porém Max e Fran terminaram meses depois.

BBB 10: A penúltima edição uniu dois casais pra lá de polêmicos. Tessália e Michel foram responsáveis por uma relação rápida e intensa. Apesar das negativas de ambos, os próprios participantes da edição afirmam que eles fizeram sexo embaixo do edredom. Com o fim do programa, voltaram a se encontrar e assumiram uma relação, que não durou muito. Do outro lado, apesar das investidas de Eliéser, Cacau relutou em se render ao rapaz. Até que, embriagados, deram o primeiro beijo. O namoro continuou e gerou cenas de briga, pois Eliéser reclamava do jeito da musa. Inclusive, o paranaense chegou a sugerir que Cacau agenciava garotas de programa. Com o fim do reality, o relacionamento resistiu por sete meses, mas, mesmo com uma torcida dos fãs, eles se separaram.

Atualizado em 10 Abr 2012.

Compartilhe

Comentários

Outras notícias recomendadas

Transmissão do Critics' Choice Awards 2016 na TV e internet

A premiação reúne os maiores talentos do cinema e da TV

Confira a programação especial de fim de ano da Rede Globo

A emissora carioca preparou muitas novidades para o mês de dezembro

Renato Aragão confirma volta de "Os Trapalhões"

Ator revelou a novidade durante painel na CCXP

Globo não exibe homenagem à Chapecoense e recebe crítica dos internautas

Emissora seguiu com a programação normal, com a novela "A Lei do Amor" e a sessão "Cinema Especial"

Saiba tudo sobre A Cara do Pai, nova série de comédia da Rede Globo

Série cômica tem estreia prevista para 11 de dezembro

Conheça todos os indicados ao prêmio Melhores do Ano 2016, do Domingão do Faustão

A premiação acontece no dia 11 de dezembro